VIVERIncorporadora e construtora presente em todas as regiões do país e com foco de atuação no mercado residencial, particularmente nos segmentos de média e baixa renda

VIVR

R$ 1.67 -0.01 (-0.00%)

Principais Acionistas

NomeOrd.Pref.
Paladin Prime Residential Investors Brazil Llc25.06%0%
Alexandre Basso1.76%0%
Jorceno Basso Representações Ltda.1.66%0%
Outros71.52%0%

Contatos

Endereço

R Fidencio Ramos. 213 - Ed. Atrium Viii - Cj. São Paulo SP


Relacionamento com Investidores

Diretor: Eduardo Ramos Canonico
Email: [email protected]
Site: http://www.viver.com.vc


Escriturador

ITAU CORRETORA ACOES, email: [email protected]

Cotação

Ativo Realizável

Passivo Exigível

Destaques Financeiros

Receita e Lucro

2018201720162015201420132012
Receita Líquida850280-179540000
Resultado Bruto-322480-763560000
EBIT-1906560-3496260000
Resultado Financeiro-1050260-1029310000
Lucro Líquido-1985330-3485970000
D&A3767039720000
EBITDA-818630-2427230000
Margem Bruta-0.379263301500682104.2528684415729080000
Margem EBITDA-0.9627769675871478013.5191600757491360000
Margem Líquida-2.334913205061862019.4161189707029070000

Distribuição de Lucro

2018201720162015201420132012
Lucro por Ação-46.190617115746310-98.985150000
Total de Dividendos0000000
Payout0000000
Dividend Yield0000000

Dívida

2018201720162015201420132012
Patrimônio Líquido461120-5094940000
Dívida C.P.7186305777920000
Dívida C.P. em Real005777920000
Dívida C.P. Estrangeira0000000
Dívida L.P.00377560000
Dívida L.P. em Real00377560000
Dívida L.P. Estrangeira0000000
Caixa78100330810000
Dívida Bruta7186306155480000
Dívida Líquida6405305824670000

Fluxo de Caixa

2018201720162015201420132012
Caixa Operacional-443670862170000
Caixa de Investimento5160139350000
Caixa de Financiamento361160-898090000

Indicadores Fundamentalistas

LPALucro por Ação-46.19061711574631P/LPreço/Lucro
VIVR3
-0.036371023054101836
VPAValor Patrimonial por Ação10.728401507262237P/VPPreço/Valor Patrimonial
VIVR3
0.15659369188063846
ROEReturn On Equity-430.5451943095073P/EBITPreço/Ebit
VIVR3
-0.03787370090634441
LCLiquidez Corrente1.0341208782078823PSRPrice Sales Ratio
VIVR3
0.0849231820106318
DBPLDívida Bruta/Patrimônio Líquido1.5584446564885497P/ATIVOSPreço/Ativos Totais
VIVR3
0.011145967732972752
GAGiro do Ativo0.13124764603824376P/CGPreço/Capital de Giro
VIVR3
0.5023548295533602
C5ACrescimento da Receita Líquida (5 anos)0P/ACLPreço/Ativo Circulante Líquido
VIVR3
0.01984960146023124

Balanço Anual

ContaDescrição20182017
1Ativo Total647844
2Passivo Total647844
6.01Caixa Líquido Atividades Operacionais-44367
6.01.01Caixa Gerado nas Operações-23664
6.01.01.01Lucro líquido antes do IRCS-190656
6.01.01.02Depreciação e amortização3767
6.01.01.04Provisões para perdas4577
6.01.01.05Provisões para demandas judiciais24419
6.01.01.06Provisões para garantia de obras366
6.01.01.07Custo na alienação de imobilizado1
6.01.01.08Impostos diferidos-1801
6.01.01.09Encargos financeiros sobre financiamentos111955
6.01.01.10Parcela capitalizada dos encargos financeiros30337
6.01.01.11Resultado de equivalência patrimonial-7946
6.01.01.12Baixa de ágio em investimento0
6.01.01.13Participação de não controladores1317
6.01.02Variações nos Ativos e Passivos130488
6.01.02.01Aplicações financeiras0
6.01.02.02Contas a receber72430
6.01.02.03Imóveis a comercializar96454
6.01.02.04Impostos e contribuições a compensar-283
6.01.02.05Créditos diversos758
6.01.02.06Créditos com partes relacionadas-13620
6.01.02.07Créditos com contas correntes com parceiros-21543
6.01.02.08Despesas antecipadas-19
6.01.02.09Ativos não circulantes mantidos para venda0
6.01.02.10Obrigações trabalhistas e tributárias-7821
6.01.02.11Fornecedores142
6.01.02.12Contas a pagar3201
6.01.02.13Credores por imóveis compromissados-9786
6.01.02.14Coobrigação na cessão de recebíveis0
6.01.02.15Partes relacionadas33
6.01.02.16Adiantamento de clientes10542
6.01.02.17Provisões0
6.01.03Outros-151191
6.01.03.01Imposto de renda e contribuição social pagos-993
6.01.03.02Pagamento de juros sobre operações financeiras eoperações com investidores-150198
6.02Caixa Líquido Atividades de Investimento516
6.02.01Titulos e Valores Mobiliários0
6.02.02Capital em controladas líquido10
6.02.03Ágio0
6.02.04Lucros distribuídos525
6.02.05Ativos não circulantes mantidos para venda0
6.02.06Imobilizado-19
6.02.07Intangivel0
6.03Caixa Líquido Atividades de Financiamento36116
6.03.01Captações de operações financeiras eoperações com investidores líquidas0
6.03.02Pagamento empréstimos e financiamento-282158
6.03.03Captação de Partes relacionadas12800
6.03.04Perda nas mudanças de percentuais de participação de controladas0
6.03.05Aumento de capital de não controladores em controlada0
6.03.06Aumento de capital309292
6.03.07Pagamento de partes relacionadas-3818
6.03.08Previsão de aumento de capital de acordo com plano de recuperação judicial0
6.04Variação Cambial s/ Caixa e Equivalentes0
6.05Aumento (Redução) de Caixa e Equivalentes-7735
6.05.01Saldo Inicial de Caixa e Equivalentes15545
6.05.02Saldo Final de Caixa e Equivalentes7810
2.01Passivo Circulante421267
2.01.01Obrigações Sociais e Trabalhistas904
2.01.01.01Obrigações Sociais0
2.01.01.02Obrigações Trabalhistas904
2.01.02Fornecedores10644
2.01.02.01Fornecedores Nacionais10644
2.01.02.02Fornecedores Estrangeiros0
2.01.03Obrigações Fiscais24047
2.01.03.01Obrigações Fiscais Federais24047
2.01.03.01.01Imposto de Renda e Contribuição Social a Pagar919
2.01.03.01.02Parcelamentos Tributários4173
2.01.03.01.03Outras Obrigações Fiscais18955
2.01.03.02Obrigações Fiscais Estaduais0
2.01.03.03Obrigações Fiscais Municipais0
2.01.04Empréstimos e Financiamentos268367
2.01.04.01Empréstimos e Financiamentos71863
2.01.04.01.01Em Moeda Nacional71863
2.01.04.01.02Em Moeda Estrangeira0
2.01.04.02Debêntures196504
2.01.04.03Financiamento por Arrendamento Financeiro0
2.01.05Outras Obrigações114100
2.01.05.01Passivos com Partes Relacionadas20798
2.01.05.01.01Débitos com Coligadas0
2.01.05.01.03Débitos com Controladores0
2.01.05.01.04Débitos com Outras Partes Relacionadas20798
2.01.05.02Outros93302
2.01.05.02.01Dividendos e JCP a Pagar0
2.01.05.02.02Dividendo Mínimo Obrigatório a Pagar0
2.01.05.02.03Obrigações por Pagamentos Baseados em Ações0
2.01.05.02.04Credores por Imóveis Compromissados75
2.01.05.02.05Coobrigação na Cessão de Recebíveis6794
2.01.05.02.06Adiantamentos de Clientes12684
2.01.05.02.07Certificados de Recebíveis Imobiliários0
2.01.05.02.08Obrigações com Investidores0
2.01.05.02.09Outras Obrigações73749
2.01.06Provisões3205
2.01.06.01Provisões Fiscais Previdenciárias Trabalhistas e Cíveis0
2.01.06.01.01Provisões Fiscais0
2.01.06.01.02Provisões Previdenciárias e Trabalhistas0
2.01.06.01.03Provisões para Benefícios a Empregados0
2.01.06.01.04Provisões Cíveis0
2.01.06.02Outras Provisões3205
2.01.06.02.01Provisões para Garantias2975
2.01.06.02.02Provisões para Reestruturação0
2.01.06.02.03Provisões para Passivos Ambientais e de Desativação0
2.01.06.02.04Provisões para Perda em Investimentos230
2.01.07Passivos sobre Ativos Não-Correntes a Venda e Descontinuados0
2.01.07.01Passivos sobre Ativos Não-Correntes a Venda0
2.01.07.02Passivos sobre Ativos de Operações Descontinuadas0
2.02Passivo Não Circulante180465
2.02.01Empréstimos e Financiamentos0
2.02.01.01Empréstimos e Financiamentos0
2.02.01.01.01Em Moeda Nacional0
2.02.01.01.02Em Moeda Estrangeira0
2.02.01.02Debêntures0
2.02.01.03Financiamento por Arrendamento Financeiro0
2.02.02Outras Obrigações24677
2.02.02.01Passivos com Partes Relacionadas6567
2.02.02.01.01Débitos com Coligadas0
2.02.02.01.03Débitos com Controladores0
2.02.02.01.04Débitos com Outras Partes Relacionadas6567
2.02.02.02Outros18110
2.02.02.02.01Obrigações por Pagamentos Baseados em Ações0
2.02.02.02.02Adiantamento para Futuro Aumento de Capital0
2.02.02.02.03Credores por imóveis compromissados0
2.02.02.02.04Coobrigação na cessão de recebíveis2368
2.02.02.02.05Adiantamentos de clientes13156
2.02.02.02.06Certificados de Recebíveis Imobiliários0
2.02.02.02.07Obrigações com investidores0
2.02.02.02.08Outras Obrigações2586
2.02.03Tributos Diferidos4864
2.02.03.01Imposto de Renda e Contribuição Social Diferidos4864
2.02.04Provisões150924
2.02.04.01Provisões Fiscais Previdenciárias Trabalhistas e Cíveis27640
2.02.04.01.01Provisões Fiscais0
2.02.04.01.02Provisões Previdenciárias e Trabalhistas0
2.02.04.01.03Provisões para Benefícios a Empregados0
2.02.04.01.04Provisões Cíveis0
2.02.04.01.05Parcelamentos Tributários27484
2.02.04.01.06Obrigações Tributárias156
2.02.04.02Outras Provisões123284
2.02.04.02.01Provisões para Garantias607
2.02.04.02.02Provisões para Reestruturação0
2.02.04.02.03Provisões para Passivos Ambientais e de Desativação0
2.02.04.02.04Provisões para demandas judiciais122677
2.02.05Passivos sobre Ativos Não-Correntes a Venda e Descontinuados0
2.02.05.01Passivos sobre Ativos Não-Correntes a Venda0
2.02.05.02Passivos sobre Ativos de Operações Descontinuadas0
2.02.06Lucros e Receitas a Apropriar0
2.02.06.01Lucros a Apropriar0
2.02.06.02Receitas a Apropriar0
2.02.06.03Subvenções de Investimento a Apropriar0
2.03Patrimônio Líquido Consolidado46112
2.03.01Capital Social Realizado2155132
2.03.01.01Capital Social2192987
2.03.01.02Gastos na Emissão de Ações-37855
2.03.02Reservas de Capital0
2.03.02.01Ágio na Emissão de Ações0
2.03.02.02Reserva Especial de Ágio na Incorporação0
2.03.02.03Alienação de Bônus de Subscrição0
2.03.02.04Opções Outorgadas0
2.03.02.05Ações em Tesouraria0
2.03.02.06Adiantamento para Futuro Aumento de Capital0
2.03.03Reservas de Reavaliação0
2.03.04Reservas de Lucros0
2.03.04.01Reserva Legal0
2.03.04.02Reserva Estatutária0
2.03.04.03Reserva para Contingências0
2.03.04.04Reserva de Lucros a Realizar0
2.03.04.05Reserva de Retenção de Lucros0
2.03.04.06Reserva Especial para Dividendos Não Distribuídos0
2.03.04.07Reserva de Incentivos Fiscais0
2.03.04.08Dividendo Adicional Proposto0
2.03.04.09Ações em Tesouraria0
2.03.05Lucros/Prejuízos Acumulados-2109020
2.03.06Ajustes de Avaliação Patrimonial0
2.03.07Ajustes Acumulados de Conversão0
2.03.08Outros Resultados Abrangentes0
2.03.09Participação dos Acionistas Não Controladores0
1.01Ativo Circulante435641
1.01.01Caixa e Equivalentes de Caixa7810
1.01.02Aplicações Financeiras0
1.01.02.01Aplicações Financeiras Avaliadas a Valor Justo através do Resultado0
1.01.02.01.01Títulos para Negociação0
1.01.02.01.02Títulos Designados a Valor Justo0
1.01.02.02Aplicações Financeiras Avaliadas a Valor Justo através de Outros Resultados Abrangentes0
1.01.02.03Aplicações Financeiras Avaliadas ao Custo Amortizado0
1.01.03Contas a Receber245194
1.01.03.01Clientes245194
1.01.03.02Outras Contas a Receber0
1.01.04Estoques172381
1.01.04.01Imóveis a comercializar172381
1.01.05Ativos Biológicos0
1.01.06Tributos a Recuperar3822
1.01.06.01Tributos Correntes a Recuperar3822
1.01.07Despesas Antecipadas213
1.01.07.01Despesas com vendas a apropriar0
1.01.07.02Outras Despesas a apropriar213
1.01.08Outros Ativos Circulantes6221
1.01.08.01Ativos Não-Correntes a Venda0
1.01.08.02Ativos de Operações Descontinuadas0
1.01.08.03Outros6221
1.01.08.03.01Créditos Diversos6221
1.02Ativo Não Circulante212203
1.02.01Ativo Realizável a Longo Prazo187111
1.02.01.01Aplicações Financeiras Avaliadas a Valor Justo através do Resultado0
1.02.01.01.01Títulos Designados a Valor Justo0
1.02.01.02Aplicações Financeiras Avaliadas a Valor Justo através de Outros Resultados Abrangentes0
1.02.01.03Aplicações Financeiras Avaliadas ao Custo Amortizado0
1.02.01.04Contas a Receber10371
1.02.01.04.01Clientes10371
1.02.01.04.02Outras Contas a Receber0
1.02.01.05Estoques120214
1.02.01.05.01Imóveis a comercializar120214
1.02.01.06Ativos Biológicos0
1.02.01.07Tributos Diferidos0
1.02.01.07.01Imposto de Renda e Contribuição Social Diferidos0
1.02.01.08Despesas Antecipadas1288
1.02.01.09Créditos com Partes Relacionadas18136
1.02.01.09.01Créditos com Coligadas0
1.02.01.09.03Créditos com Controladores0
1.02.01.09.04Créditos com Outras Partes Relacionadas18136
1.02.01.10Outros Ativos Não Circulantes37102
1.02.01.10.01Ativos Não-Correntes a Venda0
1.02.01.10.02Ativos de Operações Descontinuadas0
1.02.01.10.03Contas correntes com parceiros nos empreendimentos31703
1.02.01.10.04Impostos e contribuições a compensar5399
1.02.02Investimentos15969
1.02.02.01Participações Societárias15969
1.02.02.01.01Participações em Coligadas15969
1.02.02.01.04Participações em Controladas em Conjunto0
1.02.02.01.05Outros Investimentos0
1.02.02.02Propriedades para Investimento0
1.02.03Imobilizado4374
1.02.03.01Imobilizado em Operação4374
1.02.03.02Direito de Uso em Arrendamento0
1.02.03.03Imobilizado em Andamento0
1.02.04Intangível4749
1.02.04.01Intangíveis4749
1.02.04.01.01Contrato de Concessão0
1.02.04.01.02Software/Outros4749
1.02.04.02Goodwill0
3.01Receita de Venda de Bens e/ou Serviços85028
3.02Custo dos Bens e/ou Serviços Vendidos-117276
3.03Resultado Bruto-32248
3.04Despesas/Receitas Operacionais-53382
3.04.01Despesas com Vendas-2856
3.04.02Despesas Gerais e Administrativas-25422
3.04.03Perdas pela Não Recuperabilidade de Ativos0
3.04.04Outras Receitas Operacionais0
3.04.05Outras Despesas Operacionais-33050
3.04.06Resultado de Equivalência Patrimonial7946
3.05Resultado Antes do Resultado Financeiro e dos Tributos-85630
3.06Resultado Financeiro-105026
3.06.01Receitas Financeiras16660
3.06.02Despesas Financeiras-121686
3.07Resultado Antes dos Tributos sobre o Lucro-190656
3.08Imposto de Renda e Contribuição Social sobre o Lucro-7877
3.08.01Corrente-10269
3.08.02Diferido2392
3.09Resultado Líquido das Operações Continuadas-198533
3.10Resultado Líquido de Operações Descontinuadas0
3.10.01Lucro/Prejuízo Líquido das Operações Descontinuadas0
3.10.02Ganhos/Perdas Líquidas sobre Ativos de Operações Descontinuadas0
3.11Lucro/Prejuízo Consolidado do Período-198533
3.11.01Atribuído a Sócios da Empresa Controladora-197216
3.11.02Atribuído a Sócios Não Controladores-1317
3.99Lucro por Ação - (Reais / Ação)0
3.99.01Lucro Básico por Ação0
3.99.01.01ON-97710
3.99.02Lucro Diluído por Ação0
3.99.02.01ON-97710

Últimos proventos

AçãoProventoAprovaçãoData-comPagamentoValor

Histórico de Proventos (0)

AçãoProventoAprovaçãoData-comCotaçãoValorYield

Bonificação, Desdobramento e Grupamento

AçãoTipoAprovaçãoData-comFator
VIVR3
Grupamento
Fri Apr 12 2019 00:00:00 GMT-0300 (Brasilia Standard Time)Fri Apr 12 2019 00:00:00 GMT-0300 (Brasilia Standard Time)10 para 1
VIVR3
Grupamento
Fri Apr 29 2016 00:00:00 GMT-0300 (Brasilia Standard Time)Fri Apr 29 2016 00:00:00 GMT-0300 (Brasilia Standard Time)100 para 1

DOCS - 7019878v2 / 06051 - 105032 VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL) CNPJ/MF No. 67.571.414/0001 - 41 NIRE 35.300.338.421 (Companhia Aberta) FATO RELEVANTE VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. - em Recuperação Judicial , (“Companhia” ou “Viver”) , e m atendimento às disposições do artigo 157, § 4º da Lei 6.404/76 e da Instrução CVM nº 358/2002, e de acordo com a deliberação do Conselho de Administração em reunião realizada em 11 /0 4/ 2019, comunica aos seus acionistas e ao mer cado em geral que na data de 17/05/2019 será realizado o leilão público extrajudicial com o intuito de alienar 21 (vinte e uma) unidades imobiliárias dos empreendimentos “Mirante do Sol” em Nova Lima – MG” e “The Spot” em Ribeirão Preto – SP, considerando um lance inicial mínimo de R$ 2.400.0 0 0,00 (dois milhões e quatrocentos mil reais) para o conjunto das unidades. Conforme aprovado, o leilão será realizado em consideração a os custos relacionados à manutenç ã o em estoque de unidades prontas (tais como despesas de manutenç ã o, condomínio e impostos), bem como à necessidade de aumento de caixa da Companhia . São Paulo, 07 de maio de 2019 . VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (em Recuperação Judicial) Por: Ricardo Piccinini da Carvalhinha Diretor de Relações com Investidores Relações com Investidores: Telefone: (11) 3046 - 3 281 Email: [email protected] Site: http://ri.viverinc.com.br DOCS - 7019878v2 / 06051 - 105032 VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. – EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL (UNDER JUDICIAL REORGANIZATION) CNPJ/MF No. 67.571.414/0001 - 41 NIRE No. 35.300.338.421 (Publicly held Company) MATERIAL FACT VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. - under judicial reorganization (“Viver” ou “Company”), pursuant to Article 157, §4º of Federal Law No. 6.404/76 (Corporation Law) and the Normative Instruction No. 358/2002 issued by CVM (the Brazilian Securities and Exchange Commission ), and pursuant to th e resolution of the Board of Director meeting held on April 11 th , 201 9 , informs its shareholders and the market in general t hat on May 17 th , 2019 , a public auction will be held in order to sell 21 (twenty one) real estate units of the "Mirante do Sol" developments in Nova Lima - MG and "The Spot" in Ribeirão Preto - SP , considering a minimum initial bid of two million and four hundred thousand Bra zilian R eais ( BRL 2,400 ,000 ) for all units. As approved, the auction will take into consideration the costs related to the maintenance of stock of ready - made units (such as maintenance expenses, condominium expenses and taxes), as well as to the Company's need s for cash. São Paulo, May 7 th , 2019. VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (under reorganization) By: Ricardo Piccinini da Carvalhinha Investors Relation officer Inverstors Relation: Phone : (11) 3046 - 3281 Email: [email protected] webs ite: http://ri.viverinc.com.br



Página 1 de 6 VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL) CNPJ/MF Nº 67.571.414/0001-41 NIRE 35.300.338.42 (Companhia Aberta) ATA DA ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA REALIZADA EM 29 DE ABRIL DE 2019 1. DATA, HORA E LOCAL : Realizada às 10:00 horas do dia 29 de abril de 20 19, no endereço da sede social da Viver Incorporadora e Construtora S.A. (“Companhia”), na Cidade de São Paulo, Estado de São Paulo, na Rua Fidêncio Ramos, nº 213, Edifício Atrium VIII, Conjunto 52, Jardim Paulista, CEP 0455 1-010. 2. CONVOCAÇÃO : Edital de convocação publicado no “Diário Oficial do Estado de São Paulo”, nas edições dos dias 11, 12 e 13 de abril de 2019, páginas 58, 78 e 40 respectivamente, e no jornal “DCI”, nas edições dos dias 12, 13 e 16 de abril de 2019, páginas B-17, B-5 e B-3 respectivamente. 3. PRESENÇA : (i) Acionistas representando 41,54% do capital vo tante e total, perfazendo assim o quórum legal para instalação da AGO conforme assinaturas constantes do Livro de Presença de Acionistas; (ii) Sr. Ricardo Piccinni Cavalinha, membro da Diretoria da Companhia; e (iii) Sr. Alexa ndre Machado Navarro Stotz, membro do Conselho Fiscal da Companhia. 4. MESA : Presidente: Sr. Ricardo Piccinni Cavalinha. Secre tário: Wilson de Moraes Maiello Junior. 5. ORDEM DO DIA : Na pauta da Assembleia Geral Ordinária: (i) Examinar, discutir e aprovar, o relatório da administração e as demonstrações financeiras, inclusive o parecer dos auditores independentes, re lativos ao exercício social encerrado em 31 de dezembro de 2018; (ii) Fixar a r emuneração anual global dos administradores da Companhia; (iii) Definir o númer o de membros que comporão o Conselho de Administração no próximo mandato; (iv) Eleger os membros do Conselho de Administração; (v) Nomear o Presidente e o Vice-Presidente do Conselho de Administração; (vi) Definir o número de membros que comporão o Conselho Fiscal no próximo mandato; e (vii) Eleger os membros do Co nselho Fiscal da Companhia. Página 2 de 6 6. DELIBERAÇÕES: Dando inicio aos trabalhos, a Secretária da Mesa es clareceu que a ata da Assembleia seria lavrada em forma de s umário dos fatos ocorridos, contendo apenas a transcrição das deliberações toma das, conforme faculta o artigo 130, §1º da Lei no 6.404, de 15 de dezembro de 1976 , conforme alterada (“Lei das S.A.”). Informou que a Companhia não recebeu boleti ns de voto à distância de seus acionistas e que o mapa de votação, divulgado em 26 .4.2019, encontrava-se disponível sobre a mesa. Os acionistas presentes, a bstendo-se de votar os legalmente impedidos, recebidas as manifestações de voto dos acionistas que as apresentaram, apreciaram as matérias constantes da ordem do dia e tomaram as seguintes deliberações: 6.1. Por unanimidade de votos, aprovar integralmente e s em ressalvas o relatório da administração e as demonstrações financeiras, ac ompanhadas do parecer dos Auditores Independentes, referentes ao exercício so cial encerrado em 31 de dezembro de 2018, publicada no jornal “DCI” na ediç ão de 23 de abril de 2019, páginas B-7 a B-11, que foram também disponibilizad as para exame na sede e no site da Companhia e no site da Comissão de Valores Mobiliários e da B3, nos termos do artigo 19 da Lei nº 13.043/14, e encontravam-se sobre a Mesa. 6.1.1. Registra-se que não foi deliberada a destinação dos resultados do exercício social findo em 31 de dezembro de 2018, posto que f oi apurado prejuízo em tal exercício. 6.2. Por unanimidade de votos, aprovar o limite de remun eração global anual dos Administradores da Companhia, incluindo os membros do Conselho Fiscal, para o período compreendido entre a presente Assembleia Ge ral Ordinária e a Assembleia Geral Ordinária a ser realizada no ano de 2020, em até R$ 4.000.000,00 (quatro milhões de reais), incluídos todos ...



DOCS - 7019878v2 / 06051-105032 VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL) CNPJ/MF No. 67.571.414/0001-41 NIRE 35.300.338.421 (Companhia Aberta) AVISO AOS ACIONISTAS VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. - em Recuper ação Judicial , (“Companhia” ou “Viver”) comunica aos seus acionist as e ao mercado em geral que a Assembleia Geral Extraordinária convocada para a presente data para deliberar sobre a proposta de grupamento da totalidade das ações de sua emissão n ão foi instalada posto que o quórum mínimo legal de 2/3 (dois terços), previsto no arti go 135 da Lei das S.A para a instalação em primeira convocação, não foi atingido. De acordo co m as diretrizes legais, a administração da Companhia promoverá oportunamente a publicação do e dital de segunda convocação da Assembleia Geral Extraordinária para tratar da orde m do dia. A Companhia esclarece que, em segunda convocação, a referida Assembleia Geral Ext raordinária será instalada com a presença de qualquer número de acionistas. São Paulo, 03 de abril de 2019. VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (em Recuperação Judicial) Por: Ricardo Piccinini da Carvalhinha Diretor de Relações com Investidores Relações com Investidores: Telefone: (11) 3046-3015 Email: [email protected] Site: ri.viverinc.com.br



DOCS - 7019878v2 / 06051 - 105032 VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL) CNPJ/MF No. 67.571.414/0001 - 41 NIRE 35.300.338.421 (Companhia Aberta) FATO RELEVANTE VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. - em Recuperação Judicial , (“Companhia” ou “Viver”) , e m atendimento às disposições do artigo 157, § 4º da Lei 6.404/76 e da Instrução CVM nº 358/2002, em continuidade ao Fato Relevante divulgado em 19/11/2018 e de acordo com a deliberação do Conselho de Administração em reunião real izada em 08/03/2019, comunica aos seus acionistas e ao mercado em geral que na presente data foi convocada Assembleia Geral Extraordinária (“AGE”) a ser realiz ada, em primeira convocação, no dia 03/04/2019, na qual a Companhia submeterá aos seus acionistas a proposta de grupamento da totalidade das ações de sua emissão, nos seguintes termos: A administração propõe que seja aprovado o grupamento da totalidade das 463.170.359 (quatrocentos e sessenta e três milhões, cento e setenta mil e trezentas e cinquenta e nove) ações ordinárias, nominativas e sem valo r nominal, na proporção de 10 (dez) ações ordinárias para 1 (uma) ação ordinária, sem modificação do valor do capital soci al . Se aprovado o grupamento de ações, o capital social da Companhia passará a ser de R$ 2.228.182.695,43 (dois bilhões, duzentos e vinte e oito milhões, cento e oitenta e dois mil, seiscentos e noventa e cinco reais e quarenta e três centavos) representa do por 46.317.035 (quarenta e seis milhões, trezentas e dezessete mil e trinta e cinco) ações ordinárias, nominativas e sem valor nominal. Eventuais frações de ações de titularidade de acionistas da Companhia como resultado do grupamento de ações serão completadas por frações de ações a serem doadas, direta ou indiretamente, pela acionista Paladin Prime Residential Investors (Brazil) LLC, de forma que cada acionista da Companhia receba a fração necessária para garantir a titularidade do próximo número inteiro de ações após a aplicação do fator de grupamento aprovado. Se aprovado o grupamento, as ações passarão a ser negociadas grupadas no pró ximo dia útil seguinte à realização da AGE. Simultaneamente e em decorrência do Grupamento, o preço de emissão das ações a serem capitalizadas com a conversão dos créditos habilitados nos termos do Plano de Recuperação Judicial será ajustado na mesma prop orção estabelecida para o grupamento de ações ora proposto, passando a ser de R$ 19,80 (dezenove reais e oitenta centavos) por ação. DOCS - 7019878v2 / 06051 - 105032 Objetiva ‐ se, com a operação de grupamento de ações, conferir um melhor patamar para a cotação das ações de emissão da Comp anhia, em linha com as regras de registro de emissores da B3. C aso o grupamento de ações seja aprovado pela Assembleia Geral Extraordinária, a administração p ropõe a consequente alteração do “caput” dos artigos 5º e 6º do Estatuto Social, de modo a reflet ir o novo número de ações em que se divide o capital social da Companhia, considerando os aumentos de capital realizados dentro do limite do capital autorizado e o grupamento de ações. São Paulo, 19 de março de 2019 . VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (em Recuperação Judicial) Por: Ricardo Piccinini da Carvalhinha Diretor de Relações com Investidores Relações com Investidores: Telefone: (11) 3046 - 3 281 Email: [email protected] Site: http://ri.viverinc.com.br DOCS - 7019878v2 / 06051 - 105032 VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. – EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL (UNDER JUDICIAL REORGANIZATION) CNPJ/MF No. 67.571.414/0001 -...



DOCS - 7019878v2 / 06051-105032 VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL) CNPJ/MF No. 67.571.414/0001-41 NIRE 35.300.338.421 (Companhia Aberta) FATO RELEVANTE VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. - em Recuper ação Judicial , (“Companhia” ou “Viver”), em atendimento às disposi ções do artigo 157, § 4º da Lei 6.404/76 e da Instrução CVM nº 358/2002, em continuidade ao Fato Relevante divulgado em 19/11/2018 e de acordo com a deliberação do Conselho de Admini stração em reunião realizada em 08/03/2019, comunica aos seus acionistas e ao merca do em geral que na presente data foi convocada Assembleia Geral Extraordinária (“AGE”) a ser realizada, em primeira convocação, no dia 03/04/2019, na qual a Companhia submeterá aos s eus acionistas a proposta de grupamento da totalidade das ações de sua emissão, nos seguint es termos: A administração propõe que seja aprovado o grupamen to da totalidade das 463.170.359 (quatrocentos e sessenta e três milhões, cento e se tenta mil e trezentas e cinquenta e nove) ações ordinárias, nominativas e sem valor nominal, na proporção de 10 (dez) ações ordinárias para 1 (uma) ação ordinária, sem modificação do val or do capital social. Se aprovado o grupamento de ações, o capital social da Companhia passará a ser de R$ 2.228.182.695,43 (dois bilhões, duzentos e vinte e oito milhões, cento e oitenta e dois mil, seiscentos e noventa e cinco reais e quarenta e trê s centavos) representado por 46.317.035 (quarenta e seis milhões, trezentas e dezessete mil e trinta e cinco) ações ordinárias, nominativas e sem valor nominal. Eventuais frações de ações de titularidade de acion istas da Companhia como resultado do grupamento de ações serão completadas por frações d e ações a serem doadas, direta ou indiretamente, pela acionista Paladin Prime Residen tial Investors (Brazil) LLC, de forma que cada acionista da Companhia receba a fração necessária p ara garantir a titularidade do próximo número inteiro de ações após a aplicação do fator d e grupamento aprovado. Se aprovado o grupamento, as ações passarão a ser n egociadas grupadas no próximo dia útil seguinte à realização da AGE. Simultaneamente e em decorrência do Grupamento, o p reço de emissão das ações a serem capitalizadas com a conversão dos créditos habilita dos nos termos do Plano de Recuperação Judicial será ajustado na mesma proporção estabelec ida para o grupamento de ações ora proposto, passando a ser de R$ 19,80 (dezenove reai s e oitenta centavos) por ação. DOCS - 7019878v2 / 06051-105032 Objetiva ‐ se, com a operação de grupamento de ações, conferir um melhor patamar para a cotação das ações de emissão da Companhia, em linha com as regras de registro de emissores da B3. Caso o grupamento de ações seja aprovado pela Assem bleia Geral Extraordinária, a administração propõe a consequente alteração do “ca put” dos artigos 5º e 6º do Estatuto Social, de modo a refletir o novo número de ações em que se divide o capital social da Companhia, considerando os aumentos de capital realizados dent ro do limite do capital autorizado e o grupamento de ações. São Paulo, 19 de março de 2019. VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (em Recuperação Judicial) Por: Ricardo Piccinini da Carvalhinha Diretor de Relações com Investidores Relações com Investidores: Telefone: (11) 3046-3281 Email: [email protected] Site: http://ri.viverinc.com.br



VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL) CNPJ/MF nº 67.571.414/0001-41 NIRE 35.300.338.421 (Companhia Aberta – Novo Mercado) AVISO AOS ACIONISTAS DISPONIBILIZAÇÃO DAS AÇÕES VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (“Companhia”) em continuidade aos avisos publicados em 13 de dezembro de 2018, 24 de janeiro de 2019, 07 de fevereiro de 2019 e 08 de março de 2019 (“Fato Relevante de Homo logação”), vem retificar a informação divulgada no Fato Relevante de Homologação de que a s 17.775.438 novas ações ordinárias, nominativas, escriturais e sem valor nominal decorr entes do aumento de capital homologado em 08 de março de 2019 somente serão creditadas aos subscritores e credores da Companhia em 15 de março de 2019 e não em 13 de março de 2019 , como constou no referido Fato Relevante Homologação. A lista completa dos credores pagos e respectiva qu antidade de ações recebidas também estará disponível a partir de 20 de março de 2019 n o website da Companhia no seguinte endereço: http://ri.viverinc.com.br na seção Recuperação Judicial/Aumento de Capital p ara capitalização de créditos. Para fins de depósito das ações junto à B3 para neg ociação, é necessário a atualização do cadastro junto ao escriturador (Itaú Unibanco S.A.) , pelos seguintes canais de atendimento: 3003-9285 (capitais e regiões metropolitanas) 0800 7209285 (demais localidades) O horário de atendimento é em dias úteis das 9h às 18h. Para atendimento pessoal, procurar as agências espe cializadas nas seguintes capitais: Rio de Janeiro: Av. Almirante Barroso, 52- 2º andar - Centro São Paulo: R. Boa Vista, 176 – 1º Subsolo - Centro O Departamento de Relações com Investidores da Comp anhia permanece à disposição dos acionistas para esclarecer quaisquer questões relac ionadas ao objeto deste aviso através do telefone (55 11) 3046-3288 ou do e-mail [email protected] . São Paulo, 13 de março de 2019. Ricardo Piccinini da Carvalhinha Diretor de Relações com Investidores.



VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL) CNPJ/MF nº 67.571.414/0001-41 NIRE 35.300.338.421 (Companhia Aberta – Novo Mercado) FATO RELEVANTE HOMOLOGAÇÃO DO AUMENTO DE CAPITAL VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (“Companhia”) em continuidade ao aviso publicado em 13 de dezembro de 2018 e 24 de janeiro de 2019 , em cumprimento ao disposto no artigo 2º da Instrução CVM n.º 358/02, vem comunicar aos senhores acionistas e ao mercado em geral a Homologação do “Aumento de Capit al”, conforme segue. 1. Aprovação do Aumento de Capital. O Conselho de Administração da Companhia aprovou em 13 de dezembro de 2018 um aumento de cap ital social, dentro do limite do capital autorizado, de no mínimo R$ 99.000 (“Subscrição Mín ima”), e no máximo, R$ 314.628.341,94 (“Subscrição Máxima”), mediante a emissão de no mínimo 50.000 e no máximo 158.903.203 ações ordinárias, todas nominati vas e sem valor nominal, ao preço de emissão de R$ 1,98 por ação, em cumprimento ao Plan o de Recuperação Judicial da Companhia. 2. Prazo para Exercício do Direito de Preferência e Sobras. Foi concedido prazo para exercício do direito de preferência e sobras de 30 (trinta) dias contados de 19 de dezembro de 2018, inclusive, e encerrando-se em 17 de janeir o de 2019, inclusive. O direito de subscrição de sobras e de pedido de sobras adiciona is foi concedido entre o dia 28 de janeiro de 2019, inclusive, e o dia 01 de fevereiro de 2019 , inclusive . 3. Subscrições e Integralizações. Durante o prazo para exercício do direito de prefer ência foram subscritas 85.454 novas ações ordinárias pelo preço de emissão de R$ 1,98 cada, com valor total de R$ 169.198,92 , integralizado em moeda corrente nacional, durante o período de sobras foram subscritas 468 ações ordinárias, in tegralizadas pelo montante de R$ 926,64 e durante o período de sobras adicionais não foram subscritas quaisquer ações, correspondente a 0,0541% aproximadamente das ações disponíveis para subscrição no âmbito do Aumento de Capital. Conforme previsto no âmbito do Plano de Recuperação Judicial da Companhia, 17.689.516 ações ordinárias foram int egralizadas via capitalização dos créditos habilitados e elegíveis, pelo preço de emi ssão de R$ 1,98 cada, correspondente a 11,13% aproximadamente das ações disponíveis para s ubscrição no âmbito do Aumento de Capital. Deste modo, foram subscritas e integraliza das 17.775.438 ações ordinárias, nominativas e sem valor nominal, pelo preço de emis são de R$ 1,98 cada, totalizando um montante de R$ 35.195.367,24, tendo sido, portanto, atingida a Subscrição Mínima. 4. Subscrições Condicionadas : Não houve pedidos de subscrição condicionada ao A umento de Capital efetivamente subscrito, total ou proporc ional. 5. Cancelamento de ações não subscritas: As 141.127.765 ações ordinárias, nominativas, escriturais e sem valor nominal, que não foram subs critas, foram canceladas. 6. Não realização do leilão de ações: Visto a quantidade de ações subscritas supera as 50.000 ações ordinárias, nominativas, escriturais e sem va lor nominal, cuja subscrição era necessária para a homologação do Aumento de Capital parcialmente subscrito, não foi realizada a venda em bolsa de valores prevista no a rtigo 171, § 7º, alínea “a” da Lei da S.A. 2 7. Homologação do Aumento de Capital. A reunião do conselho de administração da Companhia realizada em 08 de março de 2019 delibero u homologar o Aumento de Capital aprovado em 13 de dezembro de 2018, o qual, parcial mente subscrito, totalizou um aumento no montante de R$ 35.195.367,24, com a consequente emissão de 17.775.438 ações ordinárias, todas nominativas, escriturais e sem va lor nominal, pelo preço de emissão de R$ 1,98 por ação, fixado nos termos do artigo 170, § 1 ...



VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL) CNPJ/MF nº 67.571.414/0001-41 NIRE 35.300.338.421 (Companhia Aberta – Novo Mercado) AVISO AOS ACIONISTAS CAPITALIZAÇÃO DE CRÉDITOS E HOMOLOGAÇÃO DO AUMENTO DE CAPITAL VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (“Companhia”) em continuidade aos avisos publicados em 13 de dezembro de 2018 (“Aviso ”) e em 24 de janeiro de 2019 (“Aviso Sobras”), vem comunicar aos senhores acionistas e a o mercado em geral que, no âmbito do aumento de capital social cuja emissão foi aprovada nos limites do capital autorizado, em deliberação tomada na reunião do Conselho de Admini stração realizada em 13 de dezembro de 2018 (“Aumento de Capital”), encerrou-se o perío do de subscrição de Sobras e Sobras Adicionais. 1. Integralização de Sobras, Sobras Adicionais e Capitali zação de Créditos. Com base nas informações fornecidas pelo Itaú, durante o per íodo de subscrição de Sobras foram subscritas 468 ações, somando um montante de R$ 926 ,64, e não houve subscrição de Sobras Adicionais. Assim, somando-se as ações subscritas d urante o período de preferência, do aumento de capital proposto de 158.903.203 ações, foram subscritas 85.922 novas aç ões ordinárias, pelo preço de emissão de R$ 1,98 cada, com valor total subscrito e já integralizado de R$ 170.125,56. O saldo de 158.817.281 ações não subscritas foram disponibilizadas para pagamento dos credores da Companhia que estejam ele gíveis e habilitados até 13 de fevereiro de 2019, via capitalização dos respectivos créditos, nos ter mos do Plano de Recuperação Judicial. 2. Reunião do Conselho. O montante exato do Aumento de Capital será divulga do na data da reunião do Conselho de Administração, agendada p ara o dia 08 de março de 2019, oportunidade na qual será deliberada sua homologaçã o e publicado novo aviso. 2. Crédito das Ações. Até que se realize a homologação do Aumento de Cap ital, não será possível a negociação de recibos de subscrição. As ações emitidas serão creditadas no 3º dia útil após a homologação, parcial ou total, do Aumen to de Capital pelo Conselho de Administração. 3. Pedidos de Esclarecimentos. O Departamento de Relações com Investidores da Companhia permanece à disposição dos acionistas par a esclarecer quaisquer questões relacionadas ao objeto deste aviso através do telef one (55 11) 3046-3288 ou do e-mail [email protected] . Maiores informações sobre o aumento de capital, t ambém podem ser obtidas no site da CVM ( www.cvm.gov.br ), da B3 S.A. – Brasil, Bolsa, Balcão ( www.bmfbovespa.com.br ) e da Companhia ( http://ri.viverinc.com.br ). São Paulo, 07 de fevereiro de 2019. Ricardo Piccinini da Carvalhinha Diretor de Relações com Investidores



VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL) CNPJ/MF No. 67.571.414/0001-41 NIRE No. 35.300.338.421 (Companhia Aberta) FATO RELEVANTE Viver Incorporadora e Construtora S.A. - em recuper ação judicial (“Viver” ou “Companhia”), em cumprimento ao disposto no artigo 2º da Instruçã o CVM n.º 358/02, informa aos seus acionistas e ao mercado em geral que em reunião do Conselho de Administração realizada na presente data, foram nomeados para assumir seus cargos o Sr. Ricar do Piccinini da Carvalhinha para o cargo de Diretor Presidente da Companhia, cumulativamente ao cargo de Diretor Vice-Presidente Financeiro e de Relações com Investidores, e o Sr. Ricardo dos Santos, atualmente Diretor Pres idente interino da Companhia, para o cargo de Diretor Vice-Presidente Comercial da Companhia. O Sr. Rogério Valhe, que ocupa interinamente os cargos de Diretor Vice-P residente Financeiro e de Relações com Investidores, foi destituído do cargo, voltando a o cupar suas funções anteriores. São Paulo, 01 de fevereiro de 2019. VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL) Rogério Valhe Diretor de Relações com Investidores Relações com Investidores: Telefone: (11) 3046-3154 Email: [email protected] Site: http://ri.viverinc.com.br VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. – EM RECUPER AÇÃO JUDICIAL (UNDER JUDICIAL REORGANIZATION) CNPJ/MF No. 67.571.414/0001-41 NIRE No. 35.300.338.421 (Publicly held Company) MATERIAL FACT Viver Incorporadora e Construtora S.A. - Em Recuperação Judicial (“Viver” ou “Company”), pursuant to section 2 of Instruction CVM No. 358/02 , hereby informs its shareholders and the market that the Board of Directors on the date here of, appointed Mr. Ricardo Piccinini da Carvalhinha to the position of Chief Executive Offi cer of the Company, cumulatively to the position of Chief Financial Officer and Investor Re lations Officer, and Mr. Ricardo dos Santos, currently Acting Chief Executive Officer of Company , for the position of Commercial Vice- President of the Company. Mr. Rogério Valhe, who te mporarily holds the positions of Chief Financial and Investor Relations Officer, was remov ed from office and resumed his previous functions. São Paulo, February 01, 2019.



VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL) CNPJ/MF nº 67.571.414/0001 - 41 NIRE 35.300.338.421 (Companhia Aberta – Novo Mercado) AVISO AOS ACIONISTAS ENCERRAMENTO DO PRAZO PARA EXERCÍCIO DO DIREITO DE PREFERÊNCIA E PROCEDIMENTOS PARA SUBSCRIÇÃO DE SOBRAS VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (“ Companhia ”) em continuidade ao aviso publicado em 13 de dezembro de 2018 (“ Aviso ”), vem comunicar aos senhor es acionistas e ao mercado em geral que, em 17 de janeiro de 2018 , encerrou - se o período de exercício do direito de preferência para subscrição de novas ações emitidas pela Companhia no âmbito do aumento de seu capital social (“ Período de Subscrição ”), cuja emissão foi aprovada nos limites do capital autorizado, em deliberação tomada na reunião d o Conselho de Administração realizada em 13 de dezembro de 2018 (“ Aumento de Capital ”). 1. Valor Subscrito e Integralizado. Com base nas informações fornecidas pela Itaú Corretora de Valores S.A., instituição escrituradora das ações de emissão da Companhia (“ Itaú Corretora ”), durante o Período de Subscrição , do aumento de capital proposto de 158.903.203 ações , foram subscritas 85.454 novas ações ordinárias, pelo preço de emissão de R$ 1,98 cada, com valor total subscrito e já integralizado de R$ 169.198,92 . 2. Rateio de Sobras. F oram apuradas 158.817.749 ações ordinárias não subscritas (“ Sobras ”) , conforme abaixo detalhado: Número Máximo de Ações disponíveis para subscrição 158.903.203 Ações subscritas com reserva de sobras 85.348 Ações subscritas sem reserva de sobras 106 Total de Sobras 158.817.749 O s subscritores que tiverem manifestado interesse nas Sobras terão o direito de subscrever 1.860,82566668229 novas ações para cada ação por eles subscrita. O subscritor que, no ato de subscrição das ações durante o período do exercício do direito de preferência, não pedi u reserva de sobras, não terá direito de subscrever sobras de ações não subscritas. O percentual de direitos de sobras que cada subscritor que pediu reserva de sobras poderá subscrever foi calculado pela multiplicação por 100 do resultado da seguinte divisão : (1) o 2 número de sobras pela (2) soma das ações efetivamente subscritas durante o Período de Subscrição por todos os subscritores que pediram reserva de sobras, conforme segue: Total de Sobras 158.817.749 Ações subscritas por subscritores que p ediram sobras 85.348 Percentual de direito de subscrição de sobras 186.082,566668229 % As frações de ações decorrentes do exercício do direito de subscrição das sobras serão desconsideradas. É vedada a cessão do direito de subscrição de sobras. 3. Sobras Adicionais. No ato da subscrição das sobras a que fizer jus, o subscritor poderá solicitar um número adicional de sobras de ações não subscritas, sujeito à disponibilidade de sobras. Desse modo, a quantidade de ações subscritas durante o período de subscrição de sobras poderá ser, inclusive, superior à quantidade de sobras a que cada subscritor fará jus, até o limite de sobras disponíveis. Os pedidos de subscrição de sobras adicionais serão atendidos apenas se, depois da subscrição proporcional de sobras, ainda remanescerem sobras de ações não subscritas, que serão rateadas somente entre os subscritores que optarem pela aquisição de sobras adicionais, sendo certo que não será aberto novo prazo para manifestação do subscritor neste sentido. A prop orção de sobras adicionais que cada subscritor poderá subscrever será calculada pela multiplicação (1) do número de ações efetivamente subscritas pelo subscritor em questão durante o prazo do exercício do direito de pre...


VIVER (VIVR)

VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL) CNPJ/MF No. 67.571.414/0001-41 NIRE No. 35.300.338.421 (Companhia Aberta) FATO RELEVANTE Viver Incorporadora e Construtora S.A. - em recuper ação judicial (“Viver” ou “Companhia”), em cumprimento ao disposto no artigo 2º da Instruçã o CVM n.º 358/02, informa aos seus acionistas e ao mercado em geral que em reunião do Conselho de Administração realizada na presente data, em razão da renúncia realizada pelo Sr. Eduardo Ram os Canônico, conforme fato relevante publicado em 17 de dezembro de 2018, foram nomeados interinamente, para assumir seus cargos a partir de 1º de janeiro de 2019, o Sr. Ricardo do Santos, atual Vice-Presidente Comercial para cumular o cargo de Diretor Presidente e o Sr. Rogério do Va lhe para cumular os cargos de Diretor Vice- Presidente Financeiro e de Relações com Investidore s . São Paulo, 21 de dezembro de 2018. VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL) Eduardo Ramos Canônico Diretor de Relações com Investidores Relações com Investidores: Telefone: (11) 3046-3288 Email: [email protected] Site: http://ri.viverinc.com.br VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. – EM RECUPER AÇÃO JUDICIAL (UNDER JUDICIAL REORGANIZATION) CNPJ/MF No. 67.571.414/0001-41 NIRE No. 35.300.338.421 (Publicly held Company) MATERIAL FACT Viver Incorporadora e Construtora S.A. - em recuperação judicial (“Viver” ou “Company”), pursuant to section 2 of Instruction CVM No. 358/02 , hereby informs its shareholders and the market that the Board of Directors on the date here of, due to the resignation made by Mr. Eduardo Ramos Canônico, as material fact published on December 17, 2018, appointed Mr. Ricardo do Santos, current Commercial Vice Presiden t to fill the position of interim Chief Executive Officer and Mr. Rogério do Valhe to fill the positions of interim Chief Financial Officer and interim Investor Relations Officer effective as of January 1, 2019. São Paulo, December 21, 2018.


VIVER (VIVR)

VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL) CNPJ/MF No. 67.571.414/0001-41 NIRE No. 35.300.338.421 (Companhia Aberta) FATO RELEVANTE Viver Incorporadora e Construtora S.A. - em recuper ação judicial (“Viver” ou “Companhia”), em cumprimento ao disposto no artigo 2º da Instruçã o CVM n.º 358/02, informa aos seus acionistas e ao mercado em geral que o Sr. Eduardo Ramos Canônico apresentou em 13 de dezembro de 2018 sua renúncia ao cargo de Diretor P residente, Diretor Vice-Presidente Financeiro e de Diretor de Relações com Investidores da Companhi a, assim como ao cargo de administrador das empresas subsidiárias da Companhia, com efeitos a p artir de 01 de janeiro de 2019, para se dedicar a outros projetos pessoais, após ter trabal hado intensamente nos últimos dez anos pela Viver, seja como empregado ou como administrador, e nfrentando os mais diversos desafios, especialmente o seu complexo processo de restrutura ção, deixando a Companhia em situação estável, e pronta para retomar do seu crescimento. Em breve a Companhia divulgará novo fato relevante para indicação dos novos diretores e equipe que assumirá a administração da Companhia. Os Membros do Conselho de Administração manifestara m a seguinte nota: "Desde já a Companhia agradece imensamente ao Sr. Eduardo Canônico por to da dedicação durante todos estes anos, especialmente durante o árduo processo da recuperaç ão judicial, reconhecendo o imenso valor do seu trabalho e empenho, de modo que reconhecemos qu e cumpriu brilhantemente seu papel." A Companhia manterá seus acionistas e o mercado inf ormados a respeito dos assuntos tratados neste Fato Relevante e permanece à disposição para quaisquer esclarecimentos adicionais que se façam necessários. São Paulo, 17 de dezembro de 2018. VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL) Eduardo Ramos Canônico Diretor de Relações com Investidores Relações com Investidores: Telefone: (11) 3046-3288 Email: [email protected] Site: http://ri.viverinc.com.br VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. – EM RECUPER AÇÃO JUDICIAL (UNDER JUDICIAL REORGANIZATION) CNPJ/MF No. 67.571.414/0001-41 NIRE No. 35.300.338.421 (Publicly held Company) MATERIAL FACT Viver Incorporadora e Construtora S.A. - em recuperação judicial (“Viver” ou “Company”), pursuant to section 2 of Instruction CVM No. 358/02 , hereby informs its shareholders and the market in general that Mr. Eduardo Ramos Canonico p resented his resignation as Chief Executive Officer, Chief Financial Officer and Investor Relat ions Officer of the Company, as well as the positio n of administrator of the Company's subsidiaries, eff ective January 1, of 2019, to dedicate himself to other personal projects, after having worked intens ively in the last ten years for Viver, either as an employee or as an administrator, facing the most di verse challenges, especially its complex restructuring process, leaving the Company in a sta ble situation, and ready to resume its growth. Soon, the Company will disclose a new material fact for the designation of the new officers and staff that will assume the Company's management. The Board of Directors Members stated the following note: "The Company wishes to thank Mr. Eduardo Canonico immensely for all his dedication d uring this year, especially during the arduous process of judicial recovery, recognizing the immen se value of his work and commitment, so that we recognize that you have fulfilled your role bril liantly." The Company will keep its shareholders and the mark et informed of other relevant matters related to this Material Fact. The Company is available in case of any additional clarification. São Paulo, D...


VIVER (VIVR)

VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL) CNPJ/MF nº 67.571.414/0001-41 NIRE 35.300.338.421 (Companhia Aberta – Novo Mercado) VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (UNDER JUDICIAL REORGANIZATION) CORPORATE TAXPAYER REGISTER ( CNPJ ) No. 67.571.414/0001-41 COMPANY REGISTER NUMBER ( NIRE ) 35.300.338.421 (Publicly Traded Company - New Market) AVISO AOS ACIONISTAS NOTICE TO THE SHAREHOLDERS VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (“Companhia”) vem comunicar aos senhores acionistas, nos termos das Instruções da Comissão de Valores Mobiliários (“CVM”) nºs 358, de 3 de janeiro de 2002 (“Instrução CVM 358”) e 480, de 7 de dezembro de 2009 (“Instrução CVM 480”), conforme alteradas, que em Reunião do Conselho de Administração realizada em 13 de dezembro de 2018, foi aprovado o aumento do capital social da Companhia, dentro do limite do capital autorizado, para subscrição privada (“Aumento de Capital”). VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (“Company”) hereby informs the shareholders, pursuant to the Instructions of the Securities and Exchange Commission of Brazil (“CVM”) No. 358, as of January 3, 2002 (“CVM Instruction 358”) and 480 dated as of December 7, 2009 (“CVM Instruction 480”), as amended, that the Company’s capital stock increase was approved during the Meeting of the Board of Directors held on December 13, 2018, within the authorized capital limit, for private subscription (“Capital Increase”). Em conformidade com o artigo 30, inciso XXXII, da Instrução CVM 480, a Companhia divulga abaixo o Anexo 30-XXXII da Instrução CVM 480, contendo informações e detalhes a respeito do Aumento de Capital e do procedimento para exercício do direito de preferência e a subscrição das ações ordinárias então emitidas: Pursuant to Article 30, item XXXII of CVM Instruction 480, the Company hereby discloses the Schedule 30-XXXII of CVM Instruction 480, containing information and details regarding the Capital Increase and the procedure for exercising the preemption right and the subscription of the issued common shares: I - Do aumento de capital em decorrência do exercício do direito de subscrição e da conversão de títulos de dívida (créditos elegíveis e habilitados no quadro geral de credores da companhia do âmbito da Recuperação Judicial) em ações I - Capital increase as a result of the exercise of subscription right and the conversion of debt instruments (eligible and authorized credits within the list of creditors of the Company under the scope of the Judicial Reorganization) into shares 1. O emissor deve divulgar ao mercado o valor do aumento e do novo capital social, e se o aumento será realizado mediante: (a) conversão de debêntures ou outros títulos de dívida em ações; (b) exercício de direito de subscrição ou de bônus de subscrição; (c) capitalização de lucros ou reservas; ou (d) subscrição de novas ações. O valor do Aumento de Capital será de no mínimo R$ 99.000 (“Subscrição Mínima”), e no máximo, R$ 314.628.341,94 (“Subscrição Máxima”), mediante a emissão de no mínimo 50.000 e no 1. The issuer must disclose to the market the amount of the increase and the new capital stock, and whether the increase will be made through: (a) conversion of debentures or other debt instruments into shares; (b) exercise of subscription right or subscription bonus; (c) capitalization of profits or reserves; or (d) subscription of new shares. The amount of the Capital Increase will be at least BRL 99,000 (“Minimum Subscription”), ...


VIVER (VIVR)

VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL) CNPJ/MF No. 67.571.414/0001-41 NIRE No. 35.300.338.421 (Companhia Aberta) FATO RELEVANTE Viver Incorporadora e Construtora S.A. - em recuper ação judicial (“Viver” ou “Companhia”), em cumprimento ao disposto no artigo 2º da Instruçã o CVM n.º 358/02, informa aos seus acionistas e ao mercado em geral que, nesta data, o Conselho d e Administração aprovou o Aumento de Capital autorizado para subscrição privada, permitida a cap italização de créditos detidos por credores contra a Companhia. O aumento de capital destina-se a dar estrito cumpr imento às disposições do Plano de Recuperação Judicial aprovado pelos credores da Companhia e hom ologado pelo Juízo competente, bem como a reforçar a estrutura de capital e o balanço da Comp anhia, visando ao desenvolvimento, ampliação e manutenção de seus negócios, dentro de uma estrutur a de capital mais sólida, com a consequente reestruturação de parte expressiva dos créditos do grupo da Companhia (o “Plano de Recuperação Judicial”), sendo assegurado o direito de preferênc ia dos acionistas da Companhia na subscrição de novas ações. O Capital Social será aumentado, dentro do limite d o capital autorizado, no valor de no mínimo R$99.000 e no máximo R$ 314.628.341,94, mediante a emissão de no mínimo 50.000 e no máximo 158.903.203 ações ordinárias, todas nominativas e s em valor nominal, ao preço de emissão de R$ 1,98 por ação, que conferirão os mesmos direitos at ribuídos às ações da Companhia atualmente existentes. O preço de emissão foi fixado nos termo s do art. 170, §1º, inciso III da Lei nº 6.404/76, sem diluição injustificada da participação dos atua is acionistas da Companhia, com base na cotação de fechamento dos últimos 30 (trinta) pregões reali zados no ambiente B3 antes da apresentação da primeira versão do Plano de Recuperação Judicial (e m 06/02/2017). Todas as informações relacionadas ao Aumento de Cap ital aprovado, bem como os termos e condições para exercício do direito de preferência aos acioni stas da Companhia e para a conversão dos créditos detidos pelos credores, estão devidamente especific adas e detalhadas na Ata de Reunião Extraordinária do Conselho de Administração e no re spectivo Aviso aos Acionistas. A Companhia manterá seus acionistas e o mercado inf ormados a respeito dos assuntos tratados neste Fato Relevante e permanece à disposição para quaisq uer esclarecimentos adicionais que se façam necessários. São Paulo, 13 de dezembro de 2018. VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL) Eduardo Ramos Canônico Diretor de Relações com Investidores Relações com Investidores: Telefone: (11) 3046-3288 Email: [email protected] Site: http://ri.viverinc.com.br VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. – EM RECUPER AÇÃO JUDICIAL (UNDER JUDICIAL REORGANIZATION) CNPJ/MF No. 67.571.414/0001-41 NIRE No. 35.300.338.421 (Publicly held Company) MATERIAL FACT Viver Incorporadora e Construtora S.A. - em recuper ação judicial (“Viver” ou “Company”), pursuant to section 2 of Instruction CVM No. 358/02 , hereby informs its shareholders and the market in general that the Board of Directors, on the date hereof, has approved a Capital Increase for a private subscription, and the capitalization of cre dits from Viver ́s creditors. The capital increase is intended to comply strictly with the provisions of the Judicial Reorganization Plan approved by the Company’s creditors and ratifi ed by the Court of competent jurisdiction, as well as to strengthen its capital structure and balance, aiming at the development, expansion and maintenance of its businesses, within a more solid capital structure, with the consequent restructurin g of a significant part of the group’s credits (the “ Judicial Reorganization Plan”), being assured t...


VIVER (VIVR)

VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL) CNPJ/MF nº 67.571.414/0001-41 NIRE 35.300.338.421 (Companhia Aberta – Novo Mercado) VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (UNDER JUDICIAL REORGANIZATION) CORPORATE TAXPAYER REGISTER ( CNPJ ) No. 67.571.414/0001-41 COMPANY REGISTER NUMBER ( NIRE ) 35.300.338.421 (Publicly Traded Company - New Market) AVISO AOS ACIONISTAS NOTICE TO THE SHAREHOLDERS VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (“Companhia”) vem comunicar aos senhores acionistas, nos termos das Instruções da Comissão de Valores Mobiliários (“CVM”) nºs 358, de 3 de janeiro de 2002 (“Instrução CVM 358”) e 480, de 7 de dezembro de 2009 (“Instrução CVM 480”), conforme alteradas, que em Reunião do Conselho de Administração realizada em 13 de dezembro de 2018, foi aprovado o aumento do capital social da Companhia, dentro do limite do capital autorizado, para subscrição privada (“Aumento de Capital”). VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (“Company”) hereby informs the shareholders, pursuant to the Instructions of the Securities and Exchange Commission of Brazil (“CVM”) No. 358, as of January 3, 2002 (“CVM Instruction 358”) and 480 dated as of December 7, 2009 (“CVM Instruction 480”), as amended, that the Company’s capital stock increase was approved during the Meeting of the Board of Directors held on December 13, 2018, within the authorized capital limit, for private subscription (“Capital Increase”). Em conformidade com o artigo 30, inciso XXXII, da Instrução CVM 480, a Companhia divulga abaixo o Anexo 30-XXXII da Instrução CVM 480, contendo informações e detalhes a respeito do Aumento de Capital e do procedimento para exercício do direito de preferência e a subscrição das ações ordinárias então emitidas: Pursuant to Article 30, item XXXII of CVM Instruction 480, the Company hereby discloses the Schedule 30-XXXII of CVM Instruction 480, containing information and details regarding the Capital Increase and the procedure for exercising the preemption right and the subscription of the issued common shares: I - Do aumento de capital em decorrência do exercício do direito de subscrição e da conversão de títulos de dívida (créditos elegíveis e habilitados no quadro geral de credores da companhia do âmbito da Recuperação Judicial) em ações I - Capital increase as a result of the exercise of subscription right and the conversion of debt instruments (eligible and authorized credits within the list of creditors of the Company under the scope of the Judicial Reorganization) into shares 1. O emissor deve divulgar ao mercado o valor do aumento e do novo capital social, e se o aumento será realizado mediante: (a) conversão de debêntures ou outros títulos de dívida em ações; (b) exercício de direito de subscrição ou de bônus de subscrição; (c) capitalização de lucros ou reservas; ou (d) subscrição de novas ações. O valor do Aumento de Capital será de no mínimo R$ 99.000 (“Subscrição Mínima”), e no máximo, R$ 314.628.341,94 (“Subscrição Máxima”), mediante a emissão de no mínimo 50.000 e no 1. The issuer must disclose to the market the amount of the increase and the new capital stock, and whether the increase will be made through: (a) conversion of debentures or other debt instruments into shares; (b) exercise of subscription right or subscription bonus; (c) capitalization of profits or reserves; or (d) subscription of new shares. The amount of the Capital Increase will be at least BRL 99,000 (“Minimum Subscription”), ...


VIVER (VIVR)

VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL) CNPJ/MF No. 67.571.414/0001 - 41 NIRE No. 35.300.338.421 (Companhia Aberta) FATO RELEVANTE VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. - em Recuperação Judicial , (“Companhia” ou “Viver”) comunica aos seus acionistas e ao mercado em geral que recebeu, em 14 de novembro d e 2018, o Ofício 1.900 /2018 - SAE (“Ofício”), enviado pela Superintendência de Acompanhamento de Empresas e Ofertas de Valores Mobil iários e Renda Variável da B3, informando deferimento do pedido realizado pela Companhia para prorrogação do prazo para enquadramento da cotação das ações de sua emissão até dia 30/04/2019. Em cumprimento ao disposto no Ofício, a Companhia informa que: (i) A Companhia foi notificada por meio dos Ofícios nº 1.446/2018 e 1.838/2018 – SAE, respectivamente de 12/06/2018 e 30/10/2018 de que, no período de 29/05/2018 a 11/07/2018, as ações de sua emissão permaneceram cotadas abaixo de R$ 1,00 (um real) por unidade, o que configura o descumprimento dos itens 5.1.2 (vi) e 5.2 do Manual do Emissor e 5.2(f) do Regulamento para Listagem de Emissores e Admissão à Negociação de Valores Mobiliários da B3, sendo determinado que a Companhia tomasse as medidas cabíveis para enquadrar a cotação de suas ações acima de referido valor. (ii) Em 13/11/2018 a Companhia apresentou à B3 pedido de prorrogação do prazo concedido para enquadramento da cotação das ações de sua emissão , prazo este que originalmente exp irava em 14/01/2019. (iii) O pedido de prorrogação de prazo teve por fundamento evitar quais quer prejuízo s aos acionistas e credores da Companhia , tendo em vista que : (a) nos termos do Plano de Recuperação Judicial, a Companhia deverá realizar ao menos 3 tranches de conversão de créditos dos credores habilitados em até 12 meses da Data de Verificação das Condições Precedentes ; até o momento, 2 tranches já foram realizadas e os procedimentos para realização da 3ª tranche estão previstos para terem início na primeira quinzena de dezembro de 2018; T emendo que o procedimento para enquadramento da cotação das ações pudesse comprometer a realização da 3ª tranche dentro do prazo, foi solicitada prorrogação do prazo; e (b) ainda nos termos do Plano de Recuperação J udicial, foi determinado que o preço de emissão das novas ações da Companhia em função da conversão dos créditos será de R$ 1,98 (um r eal em noventa e oito centavos); neste contexto, caso o grupamento de ações viesse a ser realizado antes da conclusão da 3 ª tranche de conversão de créditos, seria necessário que a Companhia alterasse o preço de emissão de ações previamente fixado no âmbito do Plano, de forma a adequá - lo ao novo número de ações da Companhia após o grupamento, o que poderia causar confusão ent re seus acionistas e credores. (iv) Em 14/11/2018 a B3 encaminhou o Ofício à Companhia informando o deferimento do pedido de prorrogação do prazo para enquadramento da cotação das ações de emissão da Companhia, novo prazo este que se encerrará em 30/04/2019. (v) Ainda nos termos do Ofício, a Companhia informa o novo cronograma que será adotado para enquadrar a cotação dos valores mobiliários de sua emissão: 1. Por ocasião da Reunião do Conselho de Administração (“ RCA ”) a ser realizada para a homologação do aumento da capital relativo à 3ª tranche de conversão de créditos, prevista para ser realizada ao longo do primeiro trimestre de 2019 , a Companhia compromete - se a deliberar simultaneamente a proposta, a ser submetida à apreciação da assembleia geral extraordinária , de grupamento da totalidade das ações ordinárias em cumprimento ao Ofício, adequando o valor unitário, ...


VIVER (VIVR)

VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL) CNPJ/MF nº 67.571.414/0001 - 41 NIRE 35.300.338.421 (Companhia Aberta – Novo Mercado) AVISO AOS ACIONISTAS DISPONIBILIZAÇÃO DAS AÇÕES VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (“ Companhia ”) em continuidade aos avisos publicados em 01 de agosto de 2018, 12 de setembro de 2018, 18 de setembro de 2018 , 25 de setembro de 2018 e 03 de outubro de 2018 , vem comunicar a os senhores acionistas e ao mercado em geral que as 152.584.772 ações ordinárias, nominativas, escriturais e sem valor nominal decorrentes do aumento de capital homologado em 12 de novembro de 2018 já foram devidamente creditadas aos subscritores e credores da Companhia, dando integral cumprimento às obrigações até aqui exigíveis que decorrem d o Plano de Recuperação Judicial homologado nos autos da Recuperação Judicial do Grupo Viver . A lista comple ta dos credores pagos e respectiva quantidade de ações recebidas também est ará disponível em até 3 dias úteis no website da Companhia no seguinte endereço: http://ri.viverinc.com.br na seção Recuperação Judicial/Au mento de Capital para capitalização de créditos. Para fins de depósito das ações junto à B3 para negociação, é necessário a atualização do cadastro junto ao escriturador (Itaú Unibanco S.A.) , pelos seguintes canais de atendimento: 3003 - 9285 (capitais e regiões metropolitanas) 0800 7209285 (demais localidades) O horário de atendimento é em dias úteis das 9h às 18h. Para atendimento pessoal, procurar as agências especializadas nas seguintes capitais: Rio de Janeiro: Av. Almirante Barroso, 52 - 2º andar - Centro São Paulo: R. Boa Vista, 176 – 1º Subsolo - Centro O Departamento de Relações com Investidores da Companhia permanece à disposição dos acionistas para esclarecer quaisquer questões relacionadas ao objeto deste aviso através do telefone (55 11) 3046 - 3288 ou do e - mail [email protected] . São Paulo, 19 de novembro de 2018. Eduardo Ramos Canonico Diretor de Relações com Investidores.


VIVER (VIVR)

VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL) CNPJ/MF nº 67.571.414/0001 - 41 NIRE 35.300.338.421 (Companhia Aberta – Novo Mercado) FATO RELEVANTE HOMOLOGAÇÃO DO AUMENTO DE CAPITAL VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (“ Companhia ”) em continuidade ao aviso publicado em 01 de agosto de 2018, 12 de setembro de 2018, 18 de setembro de 2018 e em 25 de setembro de 2018, em cumprimento ao disposto no artigo 2º da Instrução CVM n.º 358/02, vem comunicar aos senhores acionistas e ao mercado em geral a Homologação do “ Aumento de Capital ” , conforme segue . 1. Aprovação do Aumento de Capital . O Conselho de Administração da Companhia aprovou em 1º de agosto de 2018 um aumento de capital social, dentro do limite do capital autorizado, no valor mínimo de R$ 2.131.192,80 (“ Subscrição Mínima ”), e no máximo de R$ 616.746.190,50 (“ Subscrição Máxima ”), mediante a emissão de no mínimo 1.076.360 e no máximo 311.487.975 ações ordinárias, todas nominativas e sem valor nominal, ao preço de emissão de R$ 1,98 por ação, em cumprimento ao Plano de Recuperação Judicial da Companhia. 2. Prazo para Exercício do Direito de Preferência e Sobras. Foi concedido prazo par a exercício do direito de preferência e sobras entre os dias 07 de agosto de 2018 , inclusive, e 05 de setembro de 2018 , inclusive . O direito de subscrição de sobras e de pedido de sobras adicionais foi concedido entre o dia 13 de setembro de 2018, inclusive, e o dia 19 de setembro de 2018, inclusive. 3. Subscrições e Integralizações. Durante o prazo para exercício do direito de preferência foram subscritas 4.708 novas ações ordinárias pelo preço de emissão de R$ 1,98 cada, com valor total de R$ 9.321,84 , integralizado em moeda corrente nacional, durante o período de sobras foram subscritas 498 ações ordinárias, integralizadas pelo montante de R$ 986,04 e durante o período de sobras adicionais não foram subscritas quaisquer ações, correspon dente a 0,0 0 2% aproximadamente das ações disponíveis para subscrição no âmbito do Aumento de Capital. Conforme previsto no âmbito do Plano de Recuperação Judicial da Companhia , 152.579.566 ações ordinárias foram integralizadas via capitalização d os créditos habilitados e elegíveis , pelo preço de emissão de R$ 1,98 cada, correspondente a 48, 98 % aproximadamente das ações disponíveis para subscrição no âmbito do Aumento de Capital. Deste modo, foram subscritas e integralizadas 152.584.772 ações ordinár ias, nominativas e sem valor nominal , pelo preço de emissão de R$ 1,98 cada, totalizando um montante de R$ 302.117.84 8,56 , tendo sido, portanto, atingida a Subscrição Mínima. 4. Subscrições Condicionadas : Não houve pedidos de subscrição condicionada ao A umento de Capital efetivamente subscrito, total ou proporcional . 5. Cancelamento de ações não subscritas: As 158.903.203 ações ordinárias, nominativas, escriturais e sem valor nominal, que não foram subscritas, foram canceladas. 6 . Não realização do leilão de ações: Visto a quantidade de ações subscritas supera as 1.076.360 ações ordinárias, nominativas, escriturais e sem valor nominal, cuja subscrição era necessária para a homologação do Aumento de Capital parcialmente subscrito, não foi realizada a venda em bolsa de valores prevista no artigo 171, § 7º, alínea “a” da Lei da S.A. 2 7 . Homologação do Aumento de Capital . A reunião do conselho de administração da Companhia realizada em 12 de novembro de 2018 deliberou homologar o Aumento de Capital aprovado em 1º de agosto de 2018, o qual, parcialmente subscrito, totalizou um aumento no montante de R$ 302.117.84 8 , 56 , com a consequente emissão de 152.584.772 ações ordinárias, todas nominativas, escrit...



VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL) CNPJ/MF No. 67.571.414/0001-41 NIRE No. 35.300.338.421 (Companhia Aberta) FATO RELEVANTE Viver Incorporadora e Construtora S.A. - em recuperação judicial (“Viver” ou “Companhia”) em cumprimento ao disposto no artigo 2º da Instrução CVM n.º 358/02, informa aos seus acionistas e ao mercado em geral que foi realizada nova liberação de recursos, no valor de R$ 7.000.000,00 decorrente do Contrato de Financiamento na modalidade “debtor- inpossession financing” (“Financiamento DIP”), no valor total de até R$ 7.000.000,00 (sete milhões de reais), celebrado em 31/10/2018, entre a Companhia e a Paladin Prime Residential Investors (Brazil) LLC,. Conforme já informado, o Desembolso do Financiamento DIP tem como objetivo ajudar a Companhia na manutenção de suas atividades e a superar a momentânea crise econômicofinanceira que vem enfrentando e que produziu um estrangulamento em seu capital de giro. A Companhia permanece à disposição para quaisquer esclarecimentos adicionais que se façam necessários. São Paulo, 01 de novembro de 2018. VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (em Recuperação Judicial) Por: Eduardo Ramos Canônico Diretor de Relações com Investidores Relações com Investidores: Telefone: (11) 3046-3281 Email: [email protected] Site: www.viver.com.br/ri VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. – under judicial reorganization CNPJ/MF No. 67.571.414/0001-41 NIRE 35.300.338.421 (Publically held Company) MATERIAL FACT Pursuant to section 2 of Instruction CVM No. 358/02, Viver Incorporadora e Construtora S.A. (“Viver”or “Company”), informs its shareholders and the market that Paladin Prime Residential Investors (Brazil) LLC (“Paladin”) has made available funds amounting to R$ 7.000.000,00 under the debtor-in-possession financing (DIP Financing), entered into by and between the Company and Paladin, on October 31, 2018, in the total amount of up to R$ 7.000.000,00. As previously informed, the Disbursement will be used by the Company in the maintenance of its activities and to overcome the current economic and financial crisis it has been facing, which has resulted in the bottleneck of its working capital. The Company remains available to provide further information and/or clarification that may be required. São Paulo, November 1, 2018. VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. Por: Eduardo Ramos Canonico Diretor de Relações com Investidores



VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL) CNPJ/MF No. 67.571.414/0001-41 NIRE No. 35.300.338.421 (Companhia Aberta) FATO RELEVANTE VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. - em Recuper ação Judicial , (“Companhia” ou “Viver”), em atendimento ao dispost o no Artigo 157, Parágrafo 4º da Lei nº 6.404/76 (“Lei das S.A.”) e na Instrução da Comissã o de Valores Mobiliários n.º 358/2002 e suas alterações (“ICVM 358/02”), comunica aos seus acionistas e ao mercado em geral: (i) Conforme Fato Relevante publicado no dia 25 de julh o de 2018, a Companhia recebeu ofício 1.446/2018-SAE, enviado pela Superintendênci a de Acompanhamento de Empresas e Ofertas de Valores Mobiliários e Renda V ariável da B3, informando que, no período de 29.05.2018 a 11.07.2018, as ações de emissão da Viver permaneceram cotadas abaixo de R$ 1,00 (um real) por unidade, o que configura o descumprimento dos itens 5.1.2 (vi) e 5.2 do Manual do Emissor e 5 .2(f) do Regulamento para Listagem de Emissores e Admissão à Negociação de Va lores Mobiliários da B3. (ii) Em continuidade ao que foi determinado pela B3, a C ompanhia informa que realizará no próximo dia 19/11/2018 Reunião do Conselho de Ad ministração (“RCA”) para aprovar o fator de grupamento das ações de sua emis são, adequando o valor unitário, pelo menos, ao mínimo exigido pelo Regulamento e Ma nual da B3. (iii) Nesta RCA, o Conselho também deliberará sobre a dat a da Assembleia Geral Extraordinária (“AGE”) que deliberará sobre o grupa mento das ações, o tratamento a ser dado para as frações de ações, o formato de com o serão processadas as sobras e a adequação do Estatuto Social da Companhia, reflet indo a modificação imposta, AGE esta que, em qualquer caso, será realizada até o di a 14.01.19 ou até a data da primeira assembleia geral que vier a ser realizada após o recebimento do Ofício, o que ocorrer primeiro; (iv) Os aumentos de capital previstos em cumprimento ao plano de recuperação judicial da Companhia continuarão seu curso normal, até que seja realizada a AGE; (v) Os demais valores mobiliários de emissão da Companh ia lastreados em ações ou que confiram o direito de subscrever ou adquirir ações por ela emitidas serão ajustados, proporcionalmente, ao percentual do grupamento de a ções, a quantidade de ações e/ou preço de exercício ou de conversão de tais val ores mobiliários, de acordo com regras específicas e definidas nos respectivos docu mentos e atos de emissão de cada valor mobiliário. O mesmo procedimento será adotado com relação à conversão dos créditos em ações da Companhia nos termos do Plano de Recuperação Judicial aprovado e homologado no âmbito do processo de Recu peração Judicial da Companhia; (vi) Objetiva ‐ se, com a operação de grupamento de ações, conferir um melhor patamar para a cotação das ações de emissão da Companhia, e m linha com as regras de registro de emissores da B3; (vii) A Companhia manterá seus acionistas e o mercado em geral informado a respeito da proposta de grupamento das ações, como, também, da adequação do Estatuto Social e dos demais valores mobiliários de sua emissão, be m como, dos procedimentos de operacionalização e efetivação do grupamento, data da AGE e do novo formato de negociação das ações pós grupamento. São Paulo, 1 de novembro de 2018. VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (em Recuperação Judicial) Por: Eduardo Ramos Canônico Diretor de Relações com Investidores Relações com Investidores: Telefone: (11) 3046-3288 Email: [email protected] Site: http://ri.viverinc.com.br VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (UNDER REORGANIZATION) CNPJ/MF No. 67.571.414/0001-41 NIRE No. 35.300.338.421 (Publically Held Company) MATERIAL FACT...


VIVER (VIVR)

VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL) CNPJ/MF No. 67.571.414/0001-41 NIRE No. 35.300.338.421 (Companhia Aberta) FATO RELEVANTE Nos termos do artigo 2º da Instrução CVM n.º 358/02 , VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. - em Recuperação Judicial . (“Viver” ou “Companhia”), em conjunto com as suas controladas Inpar Projeto 71 SPE Ltda ( “SPE Beira Mar”), Inpar Projeto Lagoa dos Ingleses SPE Ltda (“SPE Mirante do Sol”), Projeto I mobiliário Residencial Linea SPE 96 Ltda (“SPE Residencial Linea”), Inpar Projeto 44 SPE Ltda (“SP E The Spot”), Projeto Imobiliário Altos do Umarizal SPE 64 Ltda (“SPE Altos do Umarizal”), Pro jeto Imobiliário Barra Bali SPE 99 Ltda. (“SPE Barra Bali”), informam aos seus acionistas e ao mercado em geral que: Em 19 de Outubro de 2018, foi finalizada uma renego ciação com o Fundo de Liquidação Financeira – Fundo de Investimento em Direitos Cred itórios Não Padronizados (“Fundo”), sob gestão da Jive Asset Gestão de Recursos Ltda (“Jive ”), cessionário do crédito detido pelo Banco Bradesco S/A, no âmbito do Patrimônio de Afetação, prevendo a quitação de dívida no montante de cerca de R$ 420,4 milhões. O pagamento deste mon tante de dívida ocorrerá por meio de: (a) dação em pagamento de certos ativos das SPEs, ( b) cessão de créditos, e (c) adesão ao Plano de Recuperação Judicial com a conversão do mo ntante de aproximadamente R$ 297 milhões, equivalentes a cerca de 33,8% do capital s ocial da Companhia (“Participação Pós- Conversão”). A Participação Pós-Conversão somada à participação acionária de 6,3% adquirida do Kirton Bank Banco Múltiplo S.A. (e estimada em 4 ,2% após a diluição do aumento de capital da 2ª Tranche) que será detida por outro veículo ge rido pela Jive implicará em uma participação total dos veículos Jive no capital social da Compan hia de aproximadamente 38,0% após finalização do aumento de capital da 2ª Tranche. Referida dívida foi renegociada por meio do “Instru mento Particular de Renegociação de Dívidas e Outras Avenças” (“Renegociação”). Em razão da Ren egociação, a SPE Mirante do Sol, a SPE Residencial Linea, a SPE The Spot e a SPE Altos do Umarizal darão em pagamento certas unidades imobiliárias de seus respectivos empreendi mentos para o Fundo no valor de cerca de R$ 69,2 milhões, e a SPE Beira Mar cederá determina dos direitos creditórios em favor do Fundo, no valor total de aproximadamente R$ 53,9 milhões. Por fim, em razão da adesão ao Plano de Recuperação Judicial da Companhia, o montante de ap roximadamente R$ 297 milhões de dívida será convertido em ações de emissão da Companhia, r espeitando-se o preço de emissão estabelecido no Plano de Recuperação Judicial de R$ 1,98 (um real e noventa e oito centavos) por ação. Esta Renegociação significará a redução d e aproximadamente 90% de toda dívida bancária excluída da Recuperação Judicial decorrent e da discussão relativa ao Patrimônio de Afetação. A conclusão desta operação, além da quitação previs ta de cerca de R$ 420 milhões em dívidas, sendo grande parte através de conversão em ações, g erará um impacto positivo de mais de R$ 200 milhões no Patrimônio Líquido da Companhia. Est a transação representa mais um importante passo para a retomada do crescimento da Viver. Destacamos ainda que a administração da Companhia c ontinua empenhada em executar todos os atos necessários para concluir com sucesso a ree struturação e a retomada do crescimento da Companhia. A Companhia permanece à disposição para quaisquer e sclarecimentos adicionais que se façam necessários. São Paulo, 19 de outubro de 2018. VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (em Recuperação Judicial) Por: Eduardo Ramos Canonico Diretor de Relações com Investidores ...



VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL) CNPJ/MF nº 67.571.414/0001 - 41 NIRE 35.300.338.421 (Companhia Aberta – Novo Mercado) AVISO AOS ACIONISTAS E X TENSÃO DO PRAZO PARA ALOCAÇÃO DE CRÉDITOS DE CREDORES DA RECUPERAÇÃO JUDICIAL E PARA OPÇÃO PELO COMISSÁRIO VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (“ Companhia ”) em continuidade ao aviso publicado em 01 de agosto de 2018 , 12 de setembro de 2018 , 18 de setembro de 2018 e em 25 de setembro de 2018, vem comunicar aos senhores acionistas e ao mercado em geral que, no âmbito do aumento de capital social cuja emissão foi aprovada nos limites do capital autorizado, em deliberação tomada na reunião d o Co nselho de Administração realizada em 01 de agosto de 2018 (“ Aumento de Capital ”) , que será prorrogado o prazo para capitalização de Créditos dos Credores da Recuperação Judicial. 1 . Prazo para conversão de Créditos de Credores. Com base nas informações fornecidas pelo Itaú, o saldo de 311.482.769 ações não subscritas , foram disponibilizadas para pagamento dos credores da Companhia que estejam elegíveis e habilitados. Com o intuito de otimizar o pagamento de tais Credores, o prazo para integralização via capitalização de Créditos dos Credores que estejam elegíveis e habilitados foi estendido do dia 03 de outubro de 2018 para o dia 1 9 de outubro de 2018 . Após a capitalização dos Créditos dos Credores, eventuais sobras de ações não subscritas serão canceladas. A Companhia disponibilizou nesta data em seu website http://ri.viverinc.com.br , na seção “Comunicados e Avisos aos Acionistas”, clicando em “Aumento de Capital: Boletim de Subscrição / Ficha Cadastral”, o modelo de boletim de subscrição e ficha cadastral que deverão ser preenchidos pelos Credores e entregues à Companhia no endereço de sua sede até o dia 1 9 de outubro de 2018 . Na hipótese de omissão dos Credores, a Companhia ficou mandatada e autorizada, em caráter irrevogável e irretratável, por força do Plano, nos termos do artigo 684 do Código Civil, a representar os Credores na assinatura de todos os do cumentos que sejam necessários para implementar e efetivar a entrega das ações, incluindo, mas sem se limitar, ao boletim de subscrição perante o Banco. 2 . Prazo para adesão ao Comissário. Os credores que forem incluídos no Quadro Geral de Credores até o dia 1 9 de outubro de 2018, terão o prazo de 10 dias corridos , a partir da inclusão de seu crédito, para indicar se desejam utilizar do serviço do Comissário (conforme procedimento detalhado na cláusula 5.11. do “Plano de Recuperação Judicial da Viver Incorporadora e Construtora S.A e Outras”, disponível no website da Companhia ( http://ri.viverinc.com.br ) na seção “Recuperação Judicial”). 3 . Crédito das ações. Até que se realize a homologação do Aumento de Capital, não será possível a negociação de recibos de subscrição. As ações emitidas serão creditadas no 3º dia útil após a homologação, parcial ou total, do Aumento de Capital pelo Conselho de Administração. 2 4 . Pedidos de Esclarecimentos. O Departamento de Relações com Investidores da Companhia permanece à disposição dos acionistas para esclarecer quaisquer questões relacionadas ao objeto deste aviso através do telefone (55 11) 3046 - 3288 ou do e - mail [email protected] . São Paulo, 03 de outubro de 2018. Eduardo Ramos Canonico Diretor de Relações com Investidores.



VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL) CNPJ/MF nº 67.571.414/0001 - 41 NIRE 35.300.338.421 (Companhia Aberta – Novo Mercado) AVISO AOS ACIONISTAS CAPITALIZAÇÃO DE CRÉDITOS E HOMOLOGAÇÃO DO AUMENTO DE CAPITAL VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (“ Companhia ”) em continuidade ao s aviso s publicado s em 01 de agosto de 2018, em 12 de setembro de 2018 e 18 de setembro de 2018, vem comunicar aos senhor es acionistas e ao mercado em geral que, no âmbito do aumento de capital social cuja emissão foi aprovada nos limites do capital autorizado, em deliberação tomada na reunião do Conselho de Administração realizada em 01 de agosto de 2018 (“ Aumento de Capital ”) , encerrou - se o período de subscrição de Sobras e Sobras Adicionais . 1. Integralização de Sobras , Sobras Adicionais e Capitalização de Créditos . Com base nas informações fornecidas pelo Itaú, durante o período de subscrição de Sobras foram subscr itas 498 ações, somando um montante de R$ 986,04, e n ão houve subscrição de Sobras Adicionais . Assim, somando - se as ações subscritas durante o período de preferência, do aumento de capital proposto de 311.487.975 ações, foram subscritas 5.20 6 novas ações ordinárias, pelo preço de emissão de R$ 1,98 cada, com valor total subscrito e já integralizado de R$ 10.307,88. O saldo de 311.482.76 9 ações não subscritas foram disponibilizad a s para pagamento dos c redores da Companhia que estejam elegíveis e habilitados até 03 de outubro de 2018, via capitalização dos respectivos c réditos , nos termos do Plano de Recuperação Judicial . 2. Reunião do Conselho. O montante exato do Aumento de Capital será divulgado na data da reunião do Conselho de Administração, agendada para o dia 25 de outubro de 2018 , oportunidade na qual será deliberada sua homologação e publicado novo aviso. 2 . Crédito das Ações . Até que se realize a homologação do Aumento de Capital, não será possível a negociação de recibos de subscrição. As ações emitidas serão creditadas no 3º dia útil após a homologação , parcial ou total, do Aumento de Capital pelo Conselho de Administração. 3 . Pedidos de Esclarecimentos. O Departamento de Relações com Investidores da Companhia permanece à disposição dos acionistas para esclarecer quaisquer questões relacionadas ao objeto deste aviso através do telefone (55 11) 3046 - 3288 ou do e - mail [email protected] . Maiores informações sobre o aumento de capital, também podem ser obtidas no site da CVM ( www.cvm.gov.br ), da B3 S.A. – Brasil, Bolsa, Balcão ( www.bmfbovespa.com.br ) e da Companhia ( http://ri.viverinc.com.br ). São Paulo, 25 de setembro de 2018. Eduardo Ramos Canonico Diretor de Relações com Investidores.



VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL) CNPJ/MF nº 67.571.414/0001 - 41 NIRE 35.300.338.421 (Companhia Aberta – Novo Mercado) AVISO AOS ACIONISTAS E X TENSÃO DO PRAZO PARA ALOCAÇÃO DE CRÉDITOS DE CREDORES DA RECUPERAÇÃO JUDICIAL E PARA OPÇÃO PELO COMISSÁRIO VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (“ Companhia ”) em continuidade ao aviso publicado em 01 de agosto de 2018 e em 12 de setembro de 2018 , vem comunicar aos senhores acionistas e ao mercado em geral que, no âmbito do aumento de capital social cuja emissão foi aprovada nos limites do capital autorizado, em deliberação tomada na reunião d o Conselho de Administração realizada em 01 de agosto de 2018 (“ Aumento de Capital ”) , que será prorrogado o prazo para capitalização de Créditos dos Credores da Recuperação Judicial. 1. Prazo para subscrição de Sobras e Montante Adicional. Não há qualquer alteração nos prazos e procedimentos para subscrição de sobras e de pedido de sobras adicionais , que deverá ser exercido entre o dia 13 de setembro de 2018, inclusive, e o dia 19 de setembro de 2018 , inclusive , e cuja efetiva integralização , tanto no ambiente do Itaú como no ambiente da Central Depositária de Ativos da B3 , ocorrerá no dia 24 de setembro de 2018 . 2. Prazo para conversão de Créditos de Credores. U ma vez atendidos todos os pedidos adicionais de S obras , eventuais sobras de ações serão alocadas aos Credores da Recuperação Judicial . Com o intuito de otimizar o pagamento de tais Credores, o prazo inicialmente previsto de 18 de setembro de 2018 foi estendido até o dia 03 de outubro de 2018 , para integralização via capitalização de Créditos dos Credores que este jam elegíveis e habilitados até referida data . Após a capitalização dos Créditos dos Credores, eventuais sobras de ações não subscritas serão canceladas. A Companhia disponibilizou nesta data em seu website http://ri.viverinc.com.br , na seção “Comunicados e Avisos aos Acionistas”, clicando em “Aumento de Capital: Boletim de Subscrição / Ficha Cadastral”, o modelo de boletim de subscrição e ficha cadastral que deverão ser preenchidos pelos Credores e entregues à Companhia no endereço de sua sede até o dia 0 3 de outubro de 2018 . Na hipótese de omissão dos Credores, a Companhia ficou mandatada e autorizada, em caráter irrevogável e irretratável, por força do Plano, nos termos do artigo 684 do Código Civil, a re presentar os Credores na assinatura de todos os documentos que sejam necessários para implementar e efetivar a entrega das ações, incluindo, mas sem se limitar, ao boletim de subscrição perante o Banco . 3 . Prazo para adesão ao Comissário. Os credores que forem incluídos no Quadro Geral de Credores até o dia 03 de outubro de 2018, terão o prazo de 10 dias corridos , a partir da inclusão de seu crédito, para indicar se desejam utilizar do serviço do Comissário (conforme procedimento detalhado na cláusul a 5.11. do “Plano de Recuperação Judicial da Viver Incorporadora e Construtora S.A e Outras”, disponível no website da Companhia ( http://ri.viverinc.com.br ) na seção “Recuperação Judicial”). 2 4. Crédito das ações . Até que se realize a homologação do Aumento de Capital, não será possível a negociação de recibos de subscrição. As ações emitidas serão creditadas no 3º dia útil após a homologação , parcial ou total, do Aumento de Capital pelo Conselho de Administração. 5 . Pedidos de Esclarecimentos. O Departamento de Relações com Investidores da Companhia permanece à disposição dos acionistas para esclarecer quaisquer questões relacionadas ao objeto deste aviso através do telefone (55 11) 3046 - 3288 ...



VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL) CNPJ/MF nº 67.571.414/0001 - 41 NIRE 35.300.338.421 (Companhia Aberta – Novo Mercado) AVISO AOS ACIONISTAS ENCERRAMENTO DO PRAZO PARA EXERCÍCIO DO DIREITO DE PREFERÊNCIA E PROCEDIMENTOS PARA SUBSCRIÇÃO DE SOBRAS VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (“ Companhia ”) em continuidade ao aviso publicado em 01 de agosto de 2018 (“ Aviso ”), vem comunicar aos senhores acionistas e ao mercado em geral que, em 05 de setembro de 2018 , encerrou - se o período de exercício do direito de preferência para subscrição de novas ações emitidas pela Companhia no âmbito do aumento de seu capital social (“ Período de Subscrição ”), cuja emissão foi aprovada nos limites do capital autorizado, em deliberação tomada na reunião d o Conselho de Administração realizada em 01 de agosto de 2018 (“ Aumento de Capital ”). 1. Valor Subscrito e Integralizado. Com base nas informações fornecidas pela I taú Corretora de Valores S.A., instituição escrituradora das ações de emissão da Companhia (“ Itaú Corretora ”), durante o Período de Subscrição , do aumento de capital proposto de 311.487.975 ações , foram subscritas 4.708 novas ações ordinárias, pelo preço de emissão de R$ 1,98 cada, com valor total subscrito e já integralizado de R$ 9.321,84 . 2. Rateio de Sobras. F oram apuradas 311.483.267 ações ordinárias não subscritas (“ Sobras ”) , conforme abaixo detalhado: Número Máximo de Ações disponíveis para subscrição 311.487.975 Ações subscritas com reserva de sobras 4.658 Ações subscritas sem reserva de sobras 50 Total de Sobras 311.483.267 O s subscritores que tiverem manifestado interesse nas Sobras terão o direito de subscrever 66.870,6026 191498497 novas ações para cada ação por eles subscrita. O subscritor que, no ato de subscrição das ações durante o período do exercício do direito de preferência, não pediu reserva de sobras, não terá direito de subscrever sobras de ações não subscritas. O percentual de direitos de sobras que cada subscritor que pediu reserva de sobras poderá subscrever foi calculado pela multiplicação por 100 do resultado da seguinte divisão : (1) o 2 número de sobras pela (2) soma das ações efetivamente subscritas durante o Período de Subscrição por todos os subscritores que pediram reserva de sobras, conforme segue: Total de Sobras 311.483.267 Ações subscritas por subscritores que pediram sobras 4.658 Percentual de direito de subscrição de sobras 6.687. 060,26191498497% As frações de ações decorrentes do exercício do direito de subscrição das sobras serão desconsideradas. É vedada a cessão do direito de subscrição de sobras. 3. Sobras Adicionais. No ato da subscrição das sobras a que fizer jus, o subscritor poderá solicitar um número adicional de sobras de ações não subscritas, sujeito à disponibilidade de sobras. Desse modo, a quantidade de ações subscritas durante o período de subscrição de sobra s poderá ser, inclusive, superior à quantidade de sobras a que cada subscritor fará jus, até o limite de sobras disponíveis. Os pedidos de subscrição de sobras adicionais serão atendidos apenas se, depois da subscrição proporcional de sobras, ainda remanes cerem sobras de ações não subscritas, que serão rateadas somente entre os subscritores que optarem pela aquisição de sobras adicionais, sendo certo que não será aberto novo prazo para manifestação do subscritor neste sentido. A proporção de sobras adicio nais que cada subscritor poderá subscrever será calculada pela multiplicação (1) do número de ações efetivamente subscritas pelo subscritor em questão durante o prazo do exercício do ...



VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL) CNPJ/MF nº 67.571.414/0001-41 NIRE 35.300.338.421 (Companhia Aberta – Novo Mercado) VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (UNDER JUDICIAL REORGANIZATION) CORPORATE TAXPAYER REGISTER ( CNPJ ) No. 67.571.414/0001-41 COMPANY REGISTER NUMBER ( NIRE ) 35.300.338.421 (Publicly Traded Company - New Market) AVISO AOS ACIONISTAS NOTICE TO THE SHAREHOLDERS VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (“Companhia”) vem comunicar aos senhores acionistas, nos termos das Instruções da Comissão de Valores Mobiliários (“CVM”) nºs 358, de 3 de janeiro de 2002 (“Instrução CVM 358”) e 480, de 7 de dezembro de 2009 (“Instrução CVM 480”), conforme alteradas, que em Reunião do Conselho de Administração realizada em 01 de agosto de 2018, foi aprovado o aumento do capital social da Companhia, dentro do limite do capital autorizado, para subscrição privada (“Aumento de Capital”). VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (“Company”) hereby informs the shareholders, pursuant to the Instructions of the Securities and Exchange Commission of Brazil (“CVM”) No. 358, as of January 3, 2002 (“CVM Instruction 358”) and 480 dated as of December 7, 2009 (“CVM Instruction 480”), as amended, that the Company’s capital stock increase was approved during the Meeting of the Board of Directors held on August 01, 2018, within the authorized capital limit, for private subscription (“Capital Increase”). Em conformidade com o artigo 30, inciso XXXII, da Instrução CVM 480, a Companhia divulga abaixo o Anexo 30-XXXII da Instrução CVM 480, contendo informações e detalhes a respeito do Aumento de Capital e do procedimento para exercício do direito de preferência e a subscrição das ações ordinárias então emitidas: Pursuant to Article 30, item XXXII of CVM Instruction 480, the Company hereby discloses the Schedule 30-XXXII of CVM Instruction 480, containing information and details regarding the Capital Increase and the procedure for exercising the preemption right and the subscription of the issued common shares: I - Do aumento de capital em decorrência do exercício do direito de subscrição e da conversão de títulos de dívida (créditos elegíveis e habilitados no quadro geral de credores da companhia do âmbito da Recuperação Judicial) em ações I - Capital increase as a result of the exercise of subscription right and the conversion of debt instruments (eligible and authorized credits within the list of creditors of the Company under the scope of the Judicial Reorganization) into shares 1. O emissor deve divulgar ao mercado o valor do aumento e do novo capital social, e se o aumento será realizado mediante: (a) conversão de debêntures ou outros títulos de dívida em ações; (b) exercício de direito de subscrição ou de bônus de subscrição; (c) capitalização de lucros ou reservas; ou (d) subscrição de novas ações. O valor do Aumento de Capital será de no mínimo R$ 2.131.192,80 (“Subscrição Mínima”), e no máximo, R$ 616.746.190,50 (“Subscrição Máxima”), mediante a emissão de no mínimo 1.076.360 e no máximo 311.487.975 ações ordinárias, todas nominativas e sem valor nominal, 1. The issuer must disclose to the market the amount of the increase and the new capital stock, and whether the increase will be made through: (a) conversion of debentures or other debt instruments into shares; (b) exercise of subscription right or subscription bonus; (c) capitalization of profits or reserves; or (d) subscription of new shares. The amount of the Capital Increase will be at least BRL 2,131,192.80 (“Minimum Subscription”), and a maximum of BRL 616,746,190.50 (“Maximum Subscription”), upon the issuance of a minimum of 1,076,360 and ...



VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL) CNPJ/MF nº 67.571.414/0001 - 41 NIRE 35.300.338.421 (Companhia Aberta – Novo Mercado) VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (UNDER JUDICIAL REORGANIZATION) CORPORATE TAXPAYER REGISTER ( CNPJ ) No. 67.571.414/0001 - 41 COMPANY REGISTER NUMBER ( NIRE ) 35.300.338.421 ( Publicly Traded Company - New Market ) AVISO AOS ACIONISTAS NOTICE TO THE SHAREHOLDERS VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. ( “ Companhia ” ) vem comunicar aos senhores acionistas, nos termos das Instruções da Comissão de Valores Mobiliários ( “ CVM ” ) nºs 358, de 3 de janeiro de 2002 ( “ Instrução CVM 358 ” ) e 480, de 7 de dezembro de 2009 ( “ Instrução CVM 480 ” ), conforme alteradas, que em Reunião do Conselho de Administração r ealizada em 01 de agosto de 2018, foi aprovado o aumento do capital social da Companhia, dentro do limite do capital autorizado, para subscrição privada ( “ Aumento de Capital ” ). VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. ( “ Company ” ) hereby informs the shareholders, pursuant to the Instructions of the Securities and Exchange Commission of Brazil ( “ CVM ” ) No. 358, as of January 3, 2002 ( “ CVM Instruction 358 ” ) and 480 dated as of December 7, 2009 ( “ CVM Instruction 480 ” ), as amended, that the Company ’ s capit al stock increase was approved during the Meeting of the Board of Directors held on August 01 , 2018, within the authorized capital limit, for private subscription ( “ Capital Increase ” ). Em conformidade com o artigo 30, inciso XXXII, da Ins trução CVM 480, a Companhia divulga abaixo o Anexo 30 - XXXII da Instrução CVM 480, contendo informações e detalhes a respeito do Aumento de Capital e do procedimento para exercício do direito de preferência e a subscrição das ações ordinárias então emitidas: Pursuant to A rticle 30, item XXXII of CVM Instruction 480, the Company hereby discloses the Schedule 30 - XXXII of CVM Instruction 480, containing information and details regarding the Capital Increase and the procedure for exercising the preemption right and the subscri ption of the issued common shares: I - Do aumento de capital em decorrência do exercício do direito de subscrição e da conversão de títulos de dívida (créditos elegíveis e habilitados no quadro geral de credores da companhia do âmbito da Recuperação Judicial) em ações I - Capital increase a s a result of the exercise of subscription right and the conversion of debt instruments (eligible and authorized credits within the list of creditors of the Company under the scope of the Judicial Reorganization) into shares 1. O emissor deve divulgar ao mercado o valor do aumento e do novo capital social, e se o aumento será realizado mediante: (a) conversão de debêntures ou outros títulos de dívida em ações; (b) exercíc io de direito de subscrição ou de bônus de subscrição; (c) capitalização de lucros ou reservas; ou (d) subscrição de novas ações. O valor do Aumento de Capital será de no mínimo R$ 2.131.192,80 ( “ Subscrição Mínima ” ), e no máximo, R$ 616.746.190,50 ( “ Subscrição Máxima ” ), mediante a emissão de no mínimo 1.076.360 e no máximo 311.487.975 ações ordinárias, todas nominativas e sem valor nominal, 1. The issuer must disclose to the market the amount of the increase and the new capital stock, and whether t he increase will be made through: (a) conversion of debentures or other debt instruments into shares; (b) exercise of subscription right or subscription bonus; (c) ...



VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL) CNPJ/MF No. 67.571.414/0001 - 41 NIRE No. 35.300.338.421 (Companhia Aberta) FATO RELEVANTE Viver Incorporadora e Construtor a S.A. - em recuperação judicial (“ Viver ” ou “ Companhia ”) , em cumprimento ao disposto no artigo 2º da Instrução CVM n.º 358/02, informa aos seus acionistas e ao mercado em geral que , nesta data , o Conselho de Administração aprovou o Aumento de Capital autorizado para subscrição privada, permitida a capitalização de créditos detidos por credores contra a Companhia . O aumento de capital destina - se a dar estrito cumprimento às disposições do Plano de Recuperação Judicial aprovado pelos credores da Companhia e homologado pelo Juízo competente, bem como a reforçar a estrutura de capital e o balanço da Companhia, visando ao desenvolvimento, ampliação e manutenção de seus negócios, dentro de uma estrutu ra de capital mais sólida, com a consequente reestruturação de parte expressiva dos créditos do grupo da Companhia (o “ Plano de Recuperação Judicial ”), sendo assegurado o direito de preferência dos acionistas da Companhia na subscrição de novas ações. O C apital Social será aumentado, dentro do limite do capital autorizado, no valor de no mínimo R$ 2.131.192,80 e no máximo R$ 616.746.190,50 , mediante a emissão de no mínimo 1.076.360 e no máximo 311 . 487.975 ações ordinárias, todas nominativas e sem valor nominal, ao preço de emissão de R$ 1,98 por ação, que conferirão os mesmos direitos atribuídos às ações da Companhia atualmente existentes. O preço de emissão foi fixado nos termos do a rt . 170, §1º, inciso II I da Lei nº 6.404/76, sem diluição injustificada da participação dos atuais acionistas da Companhia, com base na cotação de fechamento dos últimos 30 (trinta) pregões realizados no ambiente B3 antes da apresentação da primei ra versão do Plano de Recuperaçã o Judicial (em 06/02/2017). Todas as informações relacionadas ao Aumento de Capital aprovado, bem como os termos e condições para exercício do direito de preferência aos acionistas da Companhia e para a conversão dos créditos detidos pelos credores, estão devidamente especificadas e detalhadas na Ata de Reunião Extraordinária do Conselho de Administração e no respectivo Aviso aos Acionistas. A Companhia manterá seus acionistas e o mercado informados a respeito dos assuntos tratados neste Fato Relevante e permanece à disposição para quaisquer esclarecimentos adicionais que se façam necessários. São Paulo, 01 de agosto 201 8 . VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL) Eduardo Ramos Canônico Diretor de Relações com Investidores Relações com Investidores: Telefone: (11) 3046 - 3 28 8 Email: [email protected] .com.br Web s ite: ri.viver .com.br VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. – EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL (UNDER JUDICIAL REORGANIZATION) CNPJ/MF No. 67.571.414/0001 - 41 NIRE No. 35.300.338.421 (Publicly held Company) MATERIAL FACT Viver Incorporadora e Construtora S.A. - em recuperação judicial (“ Viver ” ou “ Company ”), pursuant to section 2 of Instruction CVM No. 358/02, hereby informs its shareholders and the market in general that the Board of Directors , on the date hereof, has approved a Capital Increase for a private subscription, and the capitalization of credits from Viver ́s creditors . The capital increase is intended to comply strictly with the provisions of th e Judicial Reorganization Plan approved by the Company’s creditors and ratified by the Court of competent jurisdiction, as well as to strengthen its capital structure and balance, aiming at the development, expansion and maintenance o f its businesses, with in a...



VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL) CNPJ/MF nº 67.571.414/0001 - 41 NIRE 35.300.338.421 (Companhia Aberta – Novo Mercado) VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (UNDER JUDICIAL REORGANIZATION) CORPORATE TAXPAYER REGISTER ( CNPJ ) No. 67.571.414/0001 - 41 COMPANY REGISTER NUMBER ( NIRE ) 35.300.338.421 ( Publicly Traded Company - New Market ) AVISO AOS ACIONISTAS NOTICE TO THE SHAREHOLDERS VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. ( “ Companhia ” ) vem comunicar aos senhores acionistas, nos termos das Instruções da Comissão de Valores Mobiliários ( “ CVM ” ) nºs 358, de 3 de janeiro de 2002 ( “ Instrução CVM 358 ” ) e 480, de 7 de dezembro de 2009 ( “ Instrução CVM 480 ” ), conforme alteradas, que em Reunião do Conselho de Administração r ealizada em 01 de agosto de 2018, foi aprovado o aumento do capital social da Companhia, dentro do limite do capital autorizado, para subscrição privada ( “ Aumento de Capital ” ). VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. ( “ Company ” ) hereby informs the shareholders, pursuant to the Instructions of the Securities and Exchange Commission of Brazil ( “ CVM ” ) No. 358, as of January 3, 2002 ( “ CVM Instruction 358 ” ) and 480 dated as of December 7, 2009 ( “ CVM Instruction 480 ” ), as amended, that the Company ’ s capit al stock increase was approved during the Meeting of the Board of Directors held on August 01 , 2018, within the authorized capital limit, for private subscription ( “ Capital Increase ” ). Em conformidade com o artigo 30, inciso XXXII, da Ins trução CVM 480, a Companhia divulga abaixo o Anexo 30 - XXXII da Instrução CVM 480, contendo informações e detalhes a respeito do Aumento de Capital e do procedimento para exercício do direito de preferência e a subscrição das ações ordinárias então emitidas: Pursuant to A rticle 30, item XXXII of CVM Instruction 480, the Company hereby discloses the Schedule 30 - XXXII of CVM Instruction 480, containing information and details regarding the Capital Increase and the procedure for exercising the preemption right and the subscri ption of the issued common shares: I - Do aumento de capital em decorrência do exercício do direito de subscrição e da conversão de títulos de dívida (créditos elegíveis e habilitados no quadro geral de credores da companhia do âmbito da Recuperação Judicial) em ações I - Capital increase a s a result of the exercise of subscription right and the conversion of debt instruments (eligible and authorized credits within the list of creditors of the Company under the scope of the Judicial Reorganization) into shares 1. O emissor deve divulgar ao mercado o valor do aumento e do novo capital social, e se o aumento será realizado mediante: (a) conversão de debêntures ou outros títulos de dívida em ações; (b) exercíc io de direito de subscrição ou de bônus de subscrição; (c) capitalização de lucros ou reservas; ou (d) subscrição de novas ações. O valor do Aumento de Capital será de no mínimo R$ 2.131.192,80 ( “ Subscrição Mínima ” ), e no máximo, R$ 616.746.190,50 ( “ Subscrição Máxima ” ), mediante a emissão de no mínimo 1.076.360 e no máximo 311.487.975 ações ordinárias, todas nominativas e sem valor nominal, 1. The issuer must disclose to the market the amount of the increase and the new capital stock, and whether t he increase will be made through: (a) conversion of debentures or other debt instruments into shares; (b) exercise of subscription right or subscription bonus; (c) ...



VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL) CNPJ/MF No. 67.571.414/0001 - 41 NIRE No. 35.300.338.421 (Companhia Aberta) FATO RELEVANTE VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. - em Recuperação Judicial , (“Companhia” ou “Viver”) comunica aos seus acionistas e ao mercado em geral que recebeu, em 12 de julho de 2018, o Ofício 1.446/2018 - SAE (“Ofício”), enviado pela Superintendência de Acompanhamento de Empresas e O fertas de Valores Mobiliários e Renda Variável da B3, informando que, no período de 29. 0 5.2018 a 11. 0 7.2018, as ações de emissão da Viver permaneceram cotadas abaixo de R$ 1,00 (um real) por unidade, o que configura o descumprimento dos itens 5.1.2 (vi) e 5.2 do Manual do Emissor e 5.2( f ) do Regulamento para Listagem de Emissores e Admissão à Negociação de Valores Mobiliários da B3. Em cumprimento ao disposto no Ofício, a Companhia informa que: (i) Realizará reunião do Conselho de Administração em data a ser definida (“RCA”) para aprovar o fator de grupamento das ações de sua emissão, adequando o valor unitário, pelo menos, ao mínimo exigido pelo Regulamento e Manual da B3 acima referidos ; (ii) Nesta RCA, o Conselho também deliberará sobre a data da Assembleia G eral Extraordinária (“AGE”) que deliberará sobre o grupamento das ações, o tratamento a ser dado para as frações de ações, o formato de como serão processadas as sobras e a adequação do Estatuto Social da Companhia, refletindo a modificação imposta , AGE esta que, em qualquer caso, será realizada até o dia 14. 0 1.19 ou até a data da primeira assembleia geral que vier a ser realizada após o recebimento do Ofício, o que ocorrer primeiro ; (iii) Os aumentos de capital previstos em cumprimento a o plano de recu peração judicial da Companhia continuarão seu curso normal , até que seja realizada a AGE; (iv) Os demais valores mobiliários de emissão da Companhia lastreados em ações ou que confiram o direito de subscrever ou adquirir ações por ela emitidas serão ajustados, proporcionalmente, ao percentual do grupamento de ações, a quantidade de ações e/ou preço de exercício ou de conversão de tais valores mobiliários, de acordo com regras específicas e definidas nos respectivos documentos e atos de emissão de cada valor mob iliário . O mesmo procedimento será adotado com relação à conversão dos créditos em ações da Companhia nos termos do Plano de Recuperação Judicial aprovado e homologado no âmbito do processo de Recuperação Judicial da Companhia; (v) Objetiva ‐ se, com a operação de grupamento de ações, conferir um melhor patamar para a cotação das ações de emissão da Companhia, em linha com as regras de registro de emissores da B3; (vi) A Companhia manterá seus acionistas e o mercado em geral informado a respeito da proposta de grupamento das ações, como, também, da adequação do Estatuto Social e dos demais valores mobiliários de sua emissão, bem como, dos procedimentos de operacionalização e efetivação do grupamento, data da AGE e do novo formato de negociação das a ções pós grupamento. São Paulo, 2 5 de julho de 2018. VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (em Recuperação Judicial) Por: Eduardo Ramos Canônico Diretor de Relações com Investidores Relações com Investidores: Telefone: (11) 3046 - 3 281 Email: [email protected] Site: www.viver.com.br/ri VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. ( UNDER REORGANIZATION ) CNPJ/MF No. 67.571.414/0001 - 41 NIRE No. 35.300.338.421 ( Publically Held Company ) MATERIAL FACT VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. – under reorganizat...



VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. – Em Recuperação Judicial CNPJ/MF nº 67.571.414/0001 - 41 NIRE 35.300.338.421 Companhia Aberta FATO RELEVANTE Viver Incorporadora e Construtora S.A. - em R ecuperação J udicial (“ Viver ” ou “ Companhia ”) em cumprimento ao disposto no artigo 2º da Instrução CVM n.º 358/02, informa aos seus acionistas e ao mercado em geral que concluiu negociação a fim de flexibilizar e alongar a forma de pagamento do Contrato de Financiame nto na modalidade “debtor - in - possession financing” (“ Financi a mento DIP ”) celebrado em 23 de janeiro de 2017 entre a Companhia e a Paladin Prime Residential Investors (Brazil) LLC, como divulgado no Fato Relevante do dia 07 de fevereiro de 2017, cujo saldo atual é de cerca de R$ 17 , 4 milhões . Os novos termos acordados foram carência adicional de pagamento de juros e de principal até d ezembro de 2018 e a pós o período de carência , o saldo devedor acrescido de juros e eventuais novos desembolsos, deverá ser pag o e m 12 (doze) parcelas, mensais e sucessivas, vencendo - se a primeira parcela no último dia útil de j aneiro de 2019. A Companhia permanece à dispos ição para quaisquer esclarecimentos adicionais que se façam necessários São Paulo, 0 7 de junho de 201 8 . VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. Por: Eduardo Ramos Canonico Diretor de Relações com Investidores VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. – under judicial reorganization CNPJ/MF No. 67.571.414/0001 - 41 NIRE 35.300.338.421 (Publically held Company) MATERIAL FACT Pursuant to section 2 of Instruction CVM No. 358/02, Viver Incorporadora e Construtora S. A. (“Viver”or “Company”), informs its shareholders and the market that it has concluded negotiation to improving flexibility and extend the form of payment of the Loan Agreement under the “ debtor - in - possession financing ” (“ DIP Financing ”) dated on January , 23 th , 2017, by and between the Company and Paladin Prime Residential Investors (Brazil) LLC, as disclosed in the Material Fact released on February , 7 th , 2017, which the current balance of is approximately BRL 17 , 4 million . The new terms arranged were a n additional grace period for payment of interest and principal until December, 2018 , and after the grace period, the outstanding balance plus interest and any additional disbursements shall be paid in 12 ( twelve ) monthly and consecutive installments, the first one due on the last business day of January, 2019 . The Company remains available to provide further information and/or clarification that may be required. São Paulo, June 7, 201 8 . VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. Por: Eduardo Ramos Canonic o Diretor de Relações com Investidores



VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL) CNPJ/MF No. 67.571.414/0001 - 41 NIRE No. 35.300.338.421 (Companhia Aberta) FATO RELEVANTE Viver Incorporadora e Construtor a S.A. - em recuperação judicial (“ Viver ” ou “ Companhia ”) em cumprimento ao disposto no artigo 2º da Instrução CVM n.º 358/02, informa aos seus acionistas e ao mercado em geral que foi realizada nova liberação de recursos, no valor de R$ 1 . 0 00.000,00 (“ Desembolso Adicional ”), decorrente do Contrato de Financiamento na modalidade “debtor - in - possession financing” (“ Financiamento DIP ”) , no valor total de até R$ 20.000.000,00 (vinte milhões de reais), celebrado em 23/01/2017 , entre a Companhia e a Paladin Prime Residential Investo rs (Brazil) LLC , conforme Fato Relevante divulgado pela Companhia em 07/02/2017 . Conforme já informado, o Desembolso Adicional do Financiamento DIP tem como objetivo ajudar a Companhia na manutenção d e sua s atividades e a s uperar a momentânea crise econômico - financeira que vem enfrentando e que produziu um estrangulamento em seu capital de giro . A Companhia permanece à disposição para quaisquer esclarecimentos adicionais que se façam necessários. São Paulo, 0 6 de junho de 201 8 . VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL) Eduardo Ramos Canônico Diretor de Relações com Investidores Relações com Investidores: Telefone: (11) 3046 - 3 28 8 Email: [email protected] r .com.br Site: www.viver.com. br VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. – under judicial reorganization CNPJ/MF No. 67.571.414/0001 - 41 NIRE 35.300.338.421 (Publically held Company) MATERIAL FACT Pursuant to section 2 of Instruction CVM No. 358/02, Viver Incorporadora e Construtora S. A. (“Viver”or “Company”), informs its shareholders and the market that Paladin Prime Residential Investors (Brazil) LLC (“Paladin”) has made available funds amounting to R$ 1 .000 .000,00 ("Additional Disbursement") under the debtor - in - possession financing ( DIP Financing), entered into by and between the Company and Paladin, on January 23, 2017, in the total amount of up to R$ 20.000.000,00, as disclosed in the Material Fact released on 7th February, 2017 . As previously informed, the Additional Disbursement will be used by the Company in the maintenance of its activities and to overcome the current economic and financial crisis it has been facing, which has resulted in the bottleneck of its working capital. The Company remains available to provide further in formation and/or clarification that may be required. São Paulo , June 0 6 , 2018. VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. Por: Eduardo Ramos Canonico Diretor de Relações com Investidores



VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL) CNPJ/MF nº 67.571.414/0001 - 41 NIRE 35.300.338.421 (Companhia Aberta – Novo Mercado) AVISO AOS ACIONISTAS DISPONIBILIZAÇÃO DAS AÇÕES VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (“ Companhia ”) em continuidade aos avisos publicados em 12 de março de 2018 (“ Aviso Aumento de Capital ”), 17 de abril de 2018 (“ Aviso de Sobras ”), 25 de abril de 2018 (“ Aviso Sobras Adicion ais ”) , 15 de maio de 2018 (“ Aviso Capitalização de Créditos ”) , 21 de maio de 2018 (“ Fato Relevante de Homologação ”) e 22 de maio de 2018 (“ Fato Relevante Rerratificação do Aumento de Capital ” ), vem comunicar aos senhores acionistas e ao mercado em geral que as 288.508.781 ações ordinárias, nominativas, escriturais e sem valor nominal decorrentes do aumento de capital homologado em 21 de maio de 2018 já foram devidamente creditadas aos subscritores e credores da Companhia, dando integral cumprimento às obrigações até aqui exigíveis que decorrem d o Plano de Recuperação Judicial homologado nos autos da Recuperaç ão Judicial do Grupo Viver . A lista completa dos credores pagos e respectiva quantidade de ações recebidas também está dis ponível no website da Companhia no seguinte endereço: http://ri.viverinc.com.br na seção Recuperação Judicial/Aumento de Capital para capitalização de créditos. Para fins de depósito das ações junto à B3 para negociação, é necessário a atualização do cadastro junto a o escriturador (Itaú Unibanco S.A.) , pelos seguintes canais de atendimento: 3003 - 9285 (capitais e regiões metropolitanas) 0800 7209285 (demais localidades) O horário de atendimento é em dias úteis das 9h às 18h. Para atendimento pessoal, procurar as agências especializadas nas seguintes capitais: Rio de Janeiro: Av. Almirante Barroso, 52 - 2º andar - Centro São Paulo: R. Boa Vista, 176 – 1º Subsolo - Centro O Departamento de Relações com Investidores da Companhia permanece à disposição dos acionistas para esclarecer quaisquer questões relacionadas ao objeto deste aviso através do telefone (55 11) 3046 - 3288 ou do e - mail [email protected] . São Paulo, 2 5 de maio de 2018. Eduardo Ramos Canonico Diretor de Relações com Investidores.



VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL) CNPJ/MF nº 67.571.414/0001 - 41 NIRE 35.300.338.421 (Companhia Aberta – Novo Mercado) FATO RELEVANTE RERRATIFICAÇÃO DA HOMOLOGAÇÃO DO AUMENTO DE CAPITAL VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (“ Companhia ”) em continuidade ao s aviso s publicado s em 12 de março de 2018 (“ Aviso Aumento de Capital ”) e 17 de abril de 2018 (“ Aviso de Sobras ”) , 25 de abril (“ Aviso Sobras Adicionais ”) , 15 de maio (“ Aviso Capitalização de Créditos ”) e 21 de maio de 2018 (“ Fato Relevante de Homologação ”) , em cumprimento ao disposto no artigo 2º da Instrução CVM n.º 358/02, vem comunicar aos senhores acionistas e ao mercado em ger al a rerratificação das informações divulgadas no Fato Relevante de Homologação, agora considerando as subscrições condicionadas, conforme segue . 1. Aprovação do Aumento de Capital . O Conselho de Administração da Companhia aprovou em 12 de março de 2018 um aumento de capital social, dentro do limite do capital autorizado, no valor mínimo de R$ 178.200.000,00 (“ Subscrição Mínima ”), e no máximo, de R$ 1.187.993.576,88 (“ Subscrição Máxima ”), mediante a emissão de no mínimo 90.000.000 e no máximo 599.996.756 ações ordinárias, todas nominativas e sem valor nominal, ao preço de emissão de R$ 1,98 por ação, em cumprimento ao Plano de Recuperação Judicial da Companhia. 2. Prazo para Exercício do Direito de Preferência e Sobras. Foi concedido prazo para exercício do direito de preferência e sobras entre os dias 16 de março de 2018, inclusive, e 16 de abril de 2018, inclusive . O direito de subscrição de sobras e de pedido de sobras adicionais foi concedido entre o dia 18 de abril d e 2018, inclusive, e o dia 24 de abril de 2018, inclusive. 3. Subscrições e Integralizações. Durante o prazo para exercício do direito de preferência foram subscritas 160.284 novas ações ordinárias pelo preço de emissão de R$ 1,98 cada, com valor total de R$ 317.362,32, integralizado em moeda corrente nacional, durante o período de sobras foram subscritas 100 ações ordinárias, integralizadas pelo montante de R$ 198,00 e durante o período de sobras adicionais não foram subscritas quaisquer ações, correspond ente a 0,027% aproximadamente das ações disponíveis para subscrição no âmbito do Aumento de Capital. Conforme previsto no âmbito do Plano de Recuperação Judicial da Companhia , 288.348.754 ações ordinárias foram integralizadas via capitalização d os créditos habilitados e elegíveis , pelo preço de emissão de R$ 1,98 cada, correspondente a 48,0 6 % aproximadamente das ações disponíveis para subscrição no âmbito do Aumento de Capital. Deste modo, foram subscritas e integralizadas 288.509.138 ações ordinárias, nominativas e sem valor nominal , pelo preço de emissão de R$ 1,98 cada, totalizando um montante de R$ 571.248.093,24 , tendo sido, portanto, atingida a Subscrição Mínima. 4. Subscrições Condicionadas : Considerando a possibilidade de homologação parcial do aumento de capital, 202 ações foram condicionadas à subscrição da totalidade do aumento de capital e 300 ações informaram que gostariam de receber o número de ações proporcionais ao aumento de capital efetivamente subscrito. Assim sendo, foi realizado o s eguinte cálculo: 2 A. Quantidade Máxima do Aumento de Capital 599.996.756 B. Total de Ações subscritas e integralizadas (não condicionadas, condicionadas na totalidade e condicionadas na parcialidade) 288.509.138 C. Quantidade de ações condicionadas pela totalidade do aumento 202 D. (B - C) Quantidade ajustada após o cancelam...



VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL) CNPJ/MF nº 67.571.414/0001 - 41 NIRE 35.300.338.421 (Companhia Aberta – Novo Mercado) FATO RELEVANTE HOMOLOGAÇÃO DO AUMENTO DE CAPITAL VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (“ Companhia ”) em continuidade ao s aviso s publicado s em 12 de março de 2018 (“ Aviso Aumento de Capital ”) e 17 de abril de 2018 (“ Aviso de Sobras ”) , 25 de abril (“ Aviso Sobras Adicionais ”) e 15 de maio (“ Aviso Capitalização de Créditos ”) , em cumprimento ao disposto no artigo 2º da Instrução CVM n.º 358/02, vem comunicar aos senhores acionistas e ao mercado em geral o quanto segue . 1. Aprovação do Aumento de Capital . O Conselho de Administr ação da Companhia aprovou em 12 de março de 2018 um aumento de capital social, dentro do limite do capital autorizado, no valor mínimo de R$ 178.200.000,00 (“ Subscrição Mínima ”), e no máximo, de R$ 1.187.993.576,88 (“ Subscrição Máxima ”), mediante a emissão de no mínimo 90.000.000 e no máximo 599.996.756 ações ordinárias, todas nominativas e sem valor nominal, ao preço de emissão de R$ 1,98 por ação, em cumprimento ao Plano de Recuperação Judicial da Companhia. 2. Prazo para Exercício do Direito de Preferên cia e Sobras. Foi concedido prazo para exercício do direito de preferência e sobras entre os dias 16 de março de 2018, inclusive, e 16 de abril de 2018, inclusive . O direito de subscrição de sobras e de pedido de sobras adicionais foi concedido entre o dia 18 de abril de 2018, inclusive, e o dia 24 de abril de 2018, inclusive. 3. Subscrições e Integralizações. Durante o prazo para exercício do direito de preferência foram subscritas 160.284 novas ações ordinárias, pelo preço de emissão de R$ 1,98 cada, com valor total de R$ 317.362,32, integralizado em moeda corrente nacional, durante o período de sobras foram subscritas 100 ações ordinárias, integralizadas pelo montante de R$ 198,00 e durante o período de sobras adicionais não foram subscritas quaisquer aç ões, correspondente a 0,027% aproximadamente das ações disponíveis para subscrição no âmbito do Aumento de Capital. Conforme previsto no âmbito do Plano de Recuperação Judicial da Companhia , 288.348.754 ações ordinárias foram integralizadas via capitalizaç ão d os créditos habilitados e elegíveis , pelo preço de emissão de R$ 1,98 cada, correspondente a 48,0 6 % aproximadamente das ações disponíveis para subscrição no âmbito do Aumento de Capital. Deste modo, foram subscritas e integralizadas 288.509.138 ações ordinárias, nominativas e sem valor nominal , pelo preço de emissão de R$ 1,98 cada, totalizando um montante de R$ 571.248.093,24 , tendo sido, portanto, atingida a Subscrição Mínima. 4. Cancelamento de ações não subscritas: As 311.487.618 ações ordinária s, nominativas, escriturais e sem valor nominal, que não foram subscritas, foram canceladas. 5. Não realização do leilão de ações: Visto a quantidade de ações subscritas supera as 90.000.000 ações ordinárias, nominativas, escriturais e sem valor nominal, cuja subscrição era necessária para a homologação do Aumento de Capital parcialmente subscrito, não foi realizada a venda em bolsa de valores prevista no artigo 171, § 7º, alínea “a” da Lei da S.A. 6. Homologação do Aumento de Capital . A reunião do conselho de administração da Companhia realizada em 21 de maio de 2018, deliberou homologar o Aumento de Capital aprovado em 12 de março de 2018, o qual, parcialmente subscrito, totalizou um aumento no 2 montante de R$ 571.248.093,24 , com a consequente emissão de 288.509.138 ações ordinárias, todas nominativas, escriturais e sem valor nominal, pelo preço de emissão de R$ 1,98 por ação, fixad o nos termos do artigo 170, § 1º, inciso I...



VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL) CNPJ/MF nº 67.571.414/0001 - 41 NIRE 35.300.338.421 (Companhia Aberta – Novo Mercado) AVISO AOS ACIONISTAS CAPITALIZAÇÃO DE CRÉDITOS E HOMOLOGAÇÃO DO AUMENTO DE CAPITAL VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (“ Companhia ”) em continuidade ao s aviso s publicado s em 12 de março de 2018 (“ Aviso Aumento de Capital ”) e 17 de abril de 2018 (“ Aviso de Sobras ”) e 25 de abril (“ Aviso Sobras Adicionais ”) , vem comunicar aos senhores acionistas e ao mercado em geral o quanto segue . 1. Integralização de Sobras Adicionais e Capitalização de Créditos . Não houve subscrição de Sobras Adicionais , de modo que as 599.836.372 ações não subscritas foram disponibilizad a s para pagamento dos c redores da Companhia via capitalização dos respectivos c réditos , nos termos do Plano de Recuperação Judicial . 2. Reunião do Conselho. O montante exato do Aumento de Capital será divulgado na data da reunião do Conselho de Administração, agendada para o dia 21 de maio de 2018, oportunidade na qual será deliberada sua homologação e publicado novo aviso. 2 . Crédito das Ações . Até que se realize a homologação do Aumento de Capital, não será possível a negociação de recibos de subscrição. As ações emitidas serão creditadas no 3º dia útil após a homologação , parcial ou total, do Aumento de Capital pelo Conselho de Administração. 3 . Pedidos de Esclarecimentos. O Departamento de Relaçõ es com Investidores da Companhia permanece à disposição dos acionistas para esclarecer quaisquer questões relacionadas ao objeto deste aviso através do telefone (55 11) 3046 - 3288 ou do e - mail [email protected] om.br . Maiores informações sobre o aumento de capital, também podem ser obtidas no site da CVM ( www.cvm.gov.br ), da B3 S.A. – Brasil, Bolsa, Balcão ( www.bmfbovespa.com.br ) e da Companhia ( http://ri.viverinc.com.br ). São Paulo, 15 de maio de 2018. Eduardo Ramos Canonico Diretor de Relações com Investidores.



VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL) CNPJ/MF N. º 67.571.414/0001-41 NIRE 35.300.338.421 (Companhia Aberta) ATA DA ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA REALIZADA EM 27 DE ABRIL DE 2018 1. DATA, HORA E LOCAL : Realizada às 10:00 horas do dia 27 de abril de 2018, no endereço da sede social da Viver Incorp oradora e Construtora S. A. (“Companhia”), na Cidade de São Paulo, Estado de São Paulo, na Rua Fidêncio Ramos, n.º 213, Edifício Atrium VIII, Conjunto 52, Ja rdim Paulista, CEP 04551-010. 2. CONVOCAÇÃO : Edital de convocação publicado no “Diário Oficial do Estado de São Paulo”, nas edições dos dias 12, 13 e 14 de abril de 2018, páginas 68, 59 e 83 respectivamente, e no jornal “DCI”, nas ediç ões dos dias 12, 13 e 14 de abril de 2018, páginas 7, 3 e 25 respectivamente. 3. PRESENÇA : (i) Acionistas representando 28 ,7594% do capital votante e total, perfazendo assim o quorum legal para instalação da AGO conforme assinaturas constantes do Livro de Presença de Acionistas; (ii) a Sra. Márcia de Jesus Martins da BDO RCS Auditores Independentes S/S; (iii) Sr. Eduardo Ramos Canônico, membro da Diretoria da Companhia; (iv) Sr. Alexandre Machado Navarro Stotz, membro do Conselho Fiscal da Companhia; e (v) Sra. Anna Maria Cerentini Gouvea Guimarães, membro do Conselho Fiscal da Companhia. 4. MESA : Presidente: Sr. Eduardo Ramos Canônico; Secretária: Dra. Ana Aparecida Gomes. 5. ORDEM DO DIA : 5.1. Na pauta da Assembleia Geral Ordinária: (i) Examinar, discutir e aprovar, o relatório da administração e as demonstrações financeiras, inclusive o parecer dos auditores independentes, relativos ao exercício social encerrado em 31 de dezembro de 2017; (ii) Fixar a remuneração anual global dos administradores da Companhia para o exercício social de 2018; (iii) Definir o número de membros que comporão o Conselho de Administração para o próximo mandato; (iv) Eleger os membros do Conselho de Administração; (v) Nomear o Presidente e o Vice-Presidente do Conselho de Administração; (vi) Definir o número de membros que comporão o Conselho Fiscal para o próximo mandato; e (vii) Eleger os membros do Conselho Fiscal da Companhia. 6. DELIBERAÇÕES : Dando início aos trabalhos, a Secretária da Mesa esclareceu que a ata da Assembleia seria lavrada em forma de sumário dos fatos ocorridos, contendo apenas a transcrição das deliberaçõ es tomadas, conforme faculta o artigo 130, §1º da Lei nº 6.404, de 15 de dezembro de 1976, conforme alterada (“Lei das Sociedades por Ações”). Informou que a Co mpanhia não recebeu boletins de voto à distância de seus acionistas e que o ma pa de votação divulgado em 26.4.2018, encontrava-se disponível sobre a mesa. Os acionistas presentes, abstendo-se de votar os legalmente impedidos, recebidas as manifestações de voto dos acionistas que as apresentaram, apreciaram as matérias constantes da ordem do dia e tomaram as seguintes deliberações: 6.1. Por unanimidade de votos, aprovar integralmente e sem ressalvas o relatório da administração e as demonstrações fina nceiras, acompanhadas do parecer dos Auditores Independentes, referentes ao exercício social encerrado em 31 de dezembro de 2017, publicadas no “Diário Oficial do Estado de São Paulo” na edição de 20 de abril de 2018, Caderno Empresarial, páginas 81 a 89, e no jornal “DCI” na edição de 20 de abril de 2018, páginas 11 a 16, que foram também di sponibilizadas para exame na sede e no site da Companhia e no site da Comissão de Valores Mobiliários e da BM&FBovespa, e encontravam-se sobre a Mesa. 6.1.1. Registrar que não foi deliberada a destinação ...



VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL) CNPJ/MF nº 67.571.414/0001 - 41 NIRE 35.300.338.421 (Companhia Aberta – Novo Mercado) AVISO AOS ACIONISTAS ENCERRAMENTO DO PRAZO PARA EXERCÍCIO DO DIREITO DE SUBSCRIÇÃO DE SOBRAS VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (“ Companhia ”) em continuidade ao s aviso s publicado s em 12 de março de 2018 (“ Aviso Aumento de Capital ”) e 17 de abril de 2018 (“ Aviso de Sobras ”), vem comunicar aos senhores acionistas e ao mercado em geral que, em 24 de abril de 2018 , encerrou - se o período de manifestação para exercício do direito de preferência para subscrição de sobras e sobras adicionais das ações emitidas pela Companhia no â mbito do aumento de seu capital social (“ Período de Subscrição de Sobras ”), cuja emissão foi aprovada nos limites do capital autorizado, em deliberação tomada na reunião d o Conselho de Administração realizada em 12 de março de 2018 (“ Aumento de Capital ”). 1. Valor Subscrito no Período de Preferência . Conforme divulgado no Aviso de Sobras, durante o Período de Subscrição , do aumento de capital proposto de 599.996.756 ações , foram subscritas 160.284 novas ações o rdinárias, pelo preço de emissão de R$ 1,98 cada, com valor total subscrito e já integralizado de R$ 317.362,32 . 2. Valor Subscrito no Período de Subscrição de Sobras . D urante o Período de Subscrição de Sobras que se encerrou em 24 de abril de 2018, inclusive, f oram subscritas 100 ações ordinárias (“ Sobras ”) e não foram solicitadas sobras adicionais (“ Sobras Adicionais ”) , totalizando , portanto, 100 ações ordinárias, pelo preço de emissão de R$ 1,98 cada, com valor total subscrito de R$ 198,00 . 3. Integralização das Sobras e Sobras Adicionais. A integralização das Sobras subscritas deve ser realizada em moeda corrente nacional e m observância às regras e procedimentos próprios do Itaú e da Central Depositária de Ativos da B3, conforme o caso. A efetiva integralização das Sobras no ambiente do Itaú ocorre no ato de subscrição pelos respectivos subscritores e no ambiente da Central D epositária de Ativos da B3 ocorrerá no dia 27 de abril de 2018. 4. Sobras não Subscritas : Uma vez atendidos todos os pedidos de S obras, as 599.836.372 ações não subscritas serão alocadas aos Credores cujos créditos estejam elegíveis e habilitados e serão int egralizadas via capitalização dos respectivos C réditos dos Credores, nos termos do Plano de Recuperação Judicial . Após a capitalização dos Créditos dos Credores, eventuais sobras de ações não subscritas serão canceladas. 8 . Crédito das Ações . Até que se realize a homologação do Aumento de Capital, não será possível a negociação de recibos de subscrição. As ações emitidas serão creditadas no 3º dia útil após a homologação , parcial ou total, do Aumento de Capital pelo Conselho de Administração. 9 . Pedidos de Esclarecimentos. O Departamento de Relações com Investidores da Companhia permanece à disposição dos acionistas para esclarecer quaisquer questões relacionadas ao objeto deste aviso através do telefone (55 11) 3046 - 3288 ou do e - mail [email protected] . Maiores informações sobre o aumento de capital, também podem ser 2 obtidas no site da CVM ( www.cvm.gov.br ), da B3 S.A. – Brasil, Bolsa, Balcão ( www.bmfbovespa.com.br ) e da Companhia ( http://ri.viverinc.com.br ). São Paulo, 2 5 de abril de 2018. Eduardo Ramos Canonico Diretor de Relações com Investidores.



VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL) CNPJ/MF nº 67.571.414/0001 - 41 NIRE 35.300.338.421 (Companhia Aberta – Novo Mercado) AVISO AOS ACIONISTAS ENCERRAMENTO DO PRAZO PARA EXERCÍCIO DO DIREITO DE PREFERÊNCIA E PROCEDIMENTOS PARA SUBSCRIÇÃO DE SOBRAS VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (“ Companhia ”) em continuidade ao aviso publicado em 12 de março de 2018 (“ Aviso ”), vem comunicar aos senhores acionistas e ao mercado em geral que, em 16 de abril de 2018 , encerrou - se o período de exercício do direito de preferência para subscrição de novas ações emitidas pela Companhia no âmbito do aumento de seu capital social (“ Período de Subscrição ”), cuja emissão foi aprovada nos limites do capital autorizado, em deliberação tomada na reunião d o Conselho de Administração realizada em 12 de março de 2018 (“ Aumento de Capital ”). 1. Valor Subscrito e Integralizado. Com base nas informações fornecidas pela Ita ú Corretora de Valores S.A., instituição escrituradora das ações de emissão da Companhia (“ Itaú Corretora ”), durante o Período de Subscrição , do aumento de capital proposto de 599.996.756 ações , foram subscritas 160.284 novas ações o rdinárias, pelo preço de emissão de R$ 1,98 cada, com valor total subscrito e já integralizado de R$ 317.362,32 . 2. Rateio de Sobras. F oram apuradas 599.836.472 ações ordinárias não subscritas (“ Sobras ”) , conforme abaixo detalhado: Número Máximo de Ações disponíveis para subscrição 599.996.756 Ações subscritas com reserva de sobras 157.784 Ações subscritas sem reserva de sobras 2.500 Total de Sobras 599.836.472 O s subscritores que tiverem manifestado interesse nas Sobras terão o direito de subscrever 3.801,6305 novas ações para cada ação por eles subscrita. O subscritor que, no ato de subscrição das ações durante o período do exercício do direito de preferência, não pediu reser va de sobras, não terá direito de subscrever sobras de ações não subscritas. O percentual de direitos de sobras que cada subscritor que pediu reserva de sobras poderá subscrever foi calculado pela multiplicação por 100 do resultado da seguinte divisão : (1) o 2 número de sobras pela (2) soma das ações efetivamente subscritas durante o Período de Subscrição por todos os subscritores que pediram reserva de sobras, conforme segue: Total de Sobras 599.836.472 Ações subscritas por subscritores que pediram sob ras 157.784 Percentual de direito de subscrição de sobras 380.163,0532880% As frações de ações decorrentes do exercício do direito de subscrição das sobras serão desconsideradas. É vedada a cessão do direito de subscrição de sobras. 3. Sobras Adicionais. No ato da subscrição das sobras a que fizer jus, o subscritor poderá solicitar um número adicional de sobras de ações não subscritas, sujeito à disponibilidade de sobras. Desse modo, a quantidade de ações subscritas durante o período de subscrição de sobras poderá ser, inclusive, superior à quantidade de sobras a que cada subscritor fará jus, até o limite de sobras disponíveis. Os pedidos de subscrição de sobras adicionais serão atendidos apenas se, depois da subscrição proporcional de sobras, ainda remanescerem sobras de ações não subscritas, que serão rateadas somente entre os subscritores que optarem pela aquisição de sobras adicionais, sendo certo que não será aberto novo prazo para manifestação do subscritor neste sentido. A prop orção de sobras adicionais que cada subscritor poderá subscrever será calculada pela multiplicação (1) do número de ações efetivamente subscritas pelo subscritor em questão durante o pr...



VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL) CNPJ/MF nº 67.571.414/0001-41 NIRE 35.300.338.421 (Companhia Aberta – Novo Mercado) VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (UNDER JUDICIAL REORGANIZATION) CORPORATE TAXPAYER REGISTER (CNPJ) No. 67.571.414/0001-41 COMPANY REGISTER NUMBER (NIRE) 35.300.338.421 (Publicly Traded Company - New Market) AVISO AOS ACIONISTAS NOTICE TO THE SHAREHOLDERS VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (“Companhia”) vem comunicar aos senhores acionistas, nos termos das Instruções da Comissão de Valores Mobiliários (“CVM”) nºs 358, de 3 de janeiro de 2002 (“Instrução CVM 358”) e 480, de 7 de dezembro de 2009 (“Instrução CVM 480”), conforme alteradas, que em Reunião do Conselho de Administração realizada em 12 de março de 2018, foi aprovado o aumento do capital social da Companhia, dentro do limite do capital autorizado, para subscrição privada (“Aumento de Capital”). VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (“Company”) hereby informs the shareholders, pursuant to the Instructions of the Securities and Exchange Commission of Brazil (“CVM”) No. 358, as of January 3, 2002 (“CVM Instruction 358”) and 480 dated as of December 7, 2009 (“CVM Instruction 480”), as amended, that the Company’s capital stock increase was approved during the Meeting of the Board of Directors held on March 12, 2018, within the authorized capital limit, for private subscription (“Capital Increase”). Em conformidade com o artigo 30, inciso XXXII, da Instrução CVM 480, a Companhia divulga abaixo o Anexo 30-XXXII da Instrução CVM 480, contendo informações e detalhes a respeito do Aumento de Capital e do procedimento para exercício do direito de preferência e a subscrição das ações ordinárias então emitidas: Pursuant to Article 30, item XXXII of CVM Instruction 480, the Company hereby discloses the Schedule 30-XXXII of CVM Instruction 480, containing information and details regarding the Capital Increase and the procedure for exercising the preemption right and the subscription of the issued common shares: I - Do aumento de capital em decorrência da conversão de debêntures I - Capital increase due to the conversion of debentures 1. O emissor deve informar o número de ações emitidas de cada espécie e classe e descrever os direitos, vantagens e restrições atribuídas às ações a serem emitidas. Em decorrência do aumento de capital realizado mediante a conversão de debêntures da Quarta Emissão Privada de Debêntures Conversíveis em Ações, em Série Única, da Espécie Quirografária da Companhia em ações, foram emitidas 3.244 (três mil duzentas e quarenta e quatro) ações ordinárias, nominativas e sem valor nominal, ao preço de emissão de R$ 25,00 (vinte e cinco reais) por ação, totalizando um aumento no capital social de R$ 81.100,00 (oitenta e um mil e cem reais), que passou a ser de R$ 1.319.622.093,25 (um bilhão, trezentos e dezenove milhões, 2. The issuer must inform the number of shares issued of each type and class and describe the rights, advantages and restrictions assigned to the shares to be issued. As a result of the capital increase made through the conversion of debentures of the Fourth Private Issue of Convertible Debentures into Shares, in a Single Serie, of the Company’s Unsecured Kind in shares, were issued three thousand two hundred and forty-four (3,244) common shares, all of them registered and without par value, at the issue price of twenty-five Reais (BRL 25.00) per share, totaling an increase in the capital st...