PARANAPANEMAMetalurgia do cobre e suas ligas

PMAM

R$ 23.86 -0.56 (-0.01%)

Principais Acionistas

NomeOrd.Pref.
Caixa de Previdência Dos Funcionários Do Banco Do Brasil -- Previ23.96%0%
Caixa Econômica Federal17.23%0%
Fundação Petrobrás de Seguridade Social - Petros11.81%0%
Bonsucex Holding S.A.13.61%0%
Outros33.38%0%
Ações Tesouraria0.01%0%

Contatos

Endereço

V Do Cobre 3700 - Aio Dias D'ávila BA


Relacionamento com Investidores

Diretor: Andre Luis Da Costa Gaia
Email: [email protected]
Site: www.paranapanema.com.br


Escriturador

BRADESCO, email: [email protected]

Cotação

Ativo Realizável

Passivo Exigível

Destaques Financeiros

Receita e Lucro

2018201720162015201420132012
Receita Líquida4765777350846045864550473435955486210
Resultado Bruto27060524456534986803841753948700
EBIT-443964-529088-1293040148261-32650
Resultado Financeiro-378475-187810-95808021665-1634080
Lucro Líquido-323373-135770-373168012388159050
D&A6701676003129211120
EBITDA-65483-340577-2673601578881612550
Margem Bruta0.056780877493848330.069707221972033310.0762828807870130600.08114614882394850.071165430113175870
Margem EBITDA-0.013740256835349199-0.0970730747963494-0.00582933878125916400.0333493932335929760.029062175989313380
Margem Líquida-0.06785315385088307-0.03869789024244255-0.0813630570887537300.0261663722586310.00106422839116241670

Distribuição de Lucro

2018201720162015201420132012
Lucro por Ação-1.0131464947740492-0.3206-1.1691600.388130.01850
Total de Dividendos000.075780000
Payout00-0.064815765164733650000
Dividend Yield004.2573030000

Dívida

2018201720162015201420132012
Patrimônio Líquido6024978885222570100120423213774410
Dívida C.P.00184514007491235194860
Dívida C.P. em Real0000000
Dívida C.P. Estrangeira00184514007491235194860
Dívida L.P.00005839605986130
Dívida L.P. em Real0000000
Dívida L.P. Estrangeira00005839605986130
Caixa24545938400423076009764043901850
Dívida Bruta0018451400133308311180990
Dívida Líquida-245459-384004161438003566797279140

Fluxo de Caixa

2018201720162015201420132012
Caixa Operacional261830113646-4698340673139-3614470
Caixa de Investimento-190402-421941771940-464508-544140
Caixa de Financiamento-2003111312751817510-112762998490

Indicadores Fundamentalistas

LPALucro por Ação-1.0131464947740492P/LPreço/Lucro
PMAM3
-23.550394857084544
VPAValor Patrimonial por Ação1.887658288298282P/VPPreço/Valor Patrimonial
PMAM3
12.639999595217901
ROEReturn On Equity-53.672134467059585P/EBITPreço/Ebit
PMAM3
-17.153557126523772
LCLiquidez Corrente1.5232430151812757PSRPrice Sales Ratio
PMAM3
1.597968565486803
DBPLDívida Bruta/Patrimônio Líquido3.3478739313224795P/ATIVOSPreço/Ativos Totais
PMAM3
1.6471443103678733
GAGiro do Ativo1.0307739125431978P/CGPreço/Capital de Giro
PMAM3
7.954370283996549
C5ACrescimento da Receita Líquida (5 anos)0.6636167641701866P/ACLPreço/Ativo Circulante Líquido
PMAM3
9.889363953843516

Balanço Anual

ContaDescrição20182017
1Ativo Total4623494 0.0978282988138884211491
2Passivo Total4623494 0.0978282988138884211491
6.01Caixa Líquido Atividades Operacionais261830 1.303908628548299113646
6.01.01Caixa Gerado nas Operações178667 5.3079278584173215-41474
6.01.01.01Lucro (prejuizo) antes do IR e CS-443964 0.1608881698318616-529088
6.01.01.02Valor Residual de Ativo Permanente Baixado6 0.9914407988587732701
6.01.01.03Depreciação, Amortização e Exaustão148197 0.17084212272759594126573
0
0
6.01.01.06Provisão para Perdas e Demandas Judiciais49864 0.7943421828665229242461
6.01.01.07Provisão de Outras Perdas Estimadas3115 1.5762116167221605-5406
6.01.01.08Encargos Financeiros424842 1.7219154034417805156082
6.01.01.09Ajuste a Valor Presente - Clientes e Fornecedores-2091 0.549547608789315-4642
0
0
6.01.01.12Reversão( Prov. Perda Estimada Valor Recuperável)-1302 0.9537559936068194-28155
0
0
6.01.02Variações nos Ativos e Passivos85833 0.4466670964414647155120
0
6.01.02.02Contas a Receber de Clientes-285690 3.7965230669838195102159
0
6.01.02.04Estoques-27033 0.95593585572428-613492
6.01.02.05Impostos e Contribuições a Recuperar-17142 1.801702366476475521382
6.01.02.06Despesas Antecipadas2315 0.8416865552903741257
6.01.02.07Depósitos para Demandas Judiciais-4061 1.47062232008343968629
6.01.02.08Instrumentos Financeiros Derivativos-9980 0.3130506607929515-14528
6.01.02.09Bens Destinados a Venda1152 2.1755102040816325-980
6.01.02.10Outros Ativos Circulantes e Não Circulantes-3697 1.082819955644167644639
6.01.02.11Fornecedores468340 0.2683079249716441640078
6.01.02.12Operações com Forfait e Cartas de Crédito20022 8.615823507036897-2629
0
6.01.02.14Impostos e Contribuições a Recolher-11694 0.6443646980110699-32882
6.01.02.15Adições e Baixas para Demandas Judiciais-61910 0.05049716632164795-58934
6.01.02.16Salários e Encargos Sociais10294 0.37970781396595637461
0
6.01.02.18Adiantamentos de Clientes151398 4.43326753992463627865
6.01.02.19Instrumentos Financeiros Derivativos - Passivos-154270 6.21429054282430929586
6.01.02.20Outros Passivos7789 2.734357604097083-4491
6.01.03Outros-2670 0
6.02Caixa Líquido Atividades de Investimento-190402 3.5125373275821206-42194
0
0
0
0
0
0
6.02.07Adições em Imobilizado e Intangiveis-197931 0.8631430319574528-106235
6.02.08Ingressos de aplicações financeiras-1762809 2.28415639703745171372737
6.02.09Resgates de aplicações financeiras1770338 2.3292582203053858-1331824
6.02.10Banco conta vinculada0 123128
6.03Caixa Líquido Atividades de Financiamento-200311 2.525888402209103131275
6.03.01Ingressos Empréstimos/Financiamentos23557 0
6.03.02Amortização Empréstimos/Financiamentos-107595 0.030850299401197604-104375
0
6.03.04Amortização de Encargos Financeiros-116273 0.0443620098083245-111334
6.03.05Aumento de capital (líquido de custo de captação)0 1346984
6.04Variação Cambial s/ Caixa e Equivalentes0 0
6.05Aumento (Redução) de Caixa e Equivalentes-128883 1.6357465951747918202727
6.05.01Saldo Inicial de Caixa e Equivalentes345551 1.4194183050467708142824
6.05.02Saldo Final de Caixa e Equivalentes216668 0.37297822897343663345551
2.01Passivo Circulante1829754 0.3768097512304541328981
2.01.01Obrigações Sociais e Trabalhistas60061 0.2068438925392328349767
2.01.01.01Obrigações Sociais0 0
2.01.01.02Obrigações Trabalhistas0 0
2.01.02Fornecedores1257987 0.570122678022923801203
2.01.02.01Fornecedores Nacionais82482 0.0394997321657311985874
2.01.02.02Fornecedores Estrangeiros1175505 0.6433067861082103715329
2.01.03Obrigações Fiscais11139 0.568707166918341225827
2.01.03.01Obrigações Fiscais Federais6300 0.635943368968506217305
2.01.03.01.01Imposto de Renda e Contribuição Social a Pagar1424 0.69016536118363794596
2.01.03.01.02Imposto sobre Produtos Industrializados1861 0.0125136017410228521838
2.01.03.01.03Imposto de Renda Retido na Fonte2509 0.058203289751159852371
2.01.03.01.04PIS e COFINS0 17746
2.01.03.01.05Contribuições Sociais Retidas470 0.3543956043956044728
2.01.03.01.06Parcelamento de Débitos Tributários0 0
2.01.03.01.07Outros36 0.3846153846153846426
2.01.03.02Obrigações Fiscais Estaduais4218 0.45567169957413867749
2.01.03.02.01Imposto sobre Circularização de Mercadorias4218 0.45567169957413867749
2.01.03.03Obrigações Fiscais Municipais621 0.19663648124191463773
2.01.03.03.01Imposto sobre Serviços621 0.19663648124191463773
2.01.04Empréstimos e Financiamentos131829 0.08970300139695975120977
2.01.04.01Empréstimos e Financiamentos0 0
2.01.04.01.01Em Moeda Nacional0 0
2.01.04.01.02Em Moeda Estrangeira0 0
2.01.04.02Debêntures0 0
2.01.04.03Financiamento por Arrendamento0 0
2.01.05Outras Obrigações368738 0.11331584175455228331207
2.01.05.01Passivos com Partes Relacionadas0 0
2.01.05.01.01Débitos com Coligadas0 0
2.01.05.01.03Débitos com Controladores0 0
2.01.05.01.04Débitos com Outras Partes Relacionadas0 0
2.01.05.02Outros368738 0.11331584175455228331207
2.01.05.02.01Dividendos e JCP a Pagar0 0
2.01.05.02.02Dividendo Mínimo Obrigatório a Pagar26274 0.0755249907896352724429
2.01.05.02.03Obrigações por Pagamentos Baseados em Ações0 0
2.01.05.02.04Instrumentos Financeiros Derivativos26449 0.8559971688354113183670
2.01.05.02.05Adiantamento de Clientes193122 4.14717484008528837520
2.01.05.02.06Outros Passivos Circulantes55979 0.2789645639607941743769
2.01.05.02.07Operações com Forfait e Cartas de Crédito66914 0.600086085272244741819
2.01.06Provisões0 0
2.01.06.01Provisões Fiscais Previdenciárias Trabalhistas e Cíveis0 0
2.01.06.01.01Provisões Fiscais0 0
2.01.06.01.02Provisões Previdenciárias e Trabalhistas0 0
2.01.06.01.03Provisões para Benefícios a Empregados0 0
2.01.06.01.04Provisões Cíveis0 0
2.01.06.02Outras Provisões0 0
2.01.06.02.01Provisões para Garantias0 0
2.01.06.02.02Provisões para Reestruturação0 0
2.01.06.02.03Provisões para Passivos Ambientais e de Desativação0 0
2.01.07Passivos sobre Ativos Não-Correntes a Venda e Descontinuados0 0
2.01.07.01Passivos sobre Ativos Não-Correntes a Venda0 0
2.01.07.02Passivos sobre Ativos de Operações Descontinuadas0 0
2.02Passivo Não Circulante2191243 0.098924868153669941993988
2.02.01Empréstimos e Financiamentos2017084 0.116260588677040021807001
2.02.01.01Empréstimos e Financiamentos0 0
2.02.01.01.01Em Moeda Nacional0 0
2.02.01.01.02Em Moeda Estrangeira0 0
2.02.01.02Debêntures0 0
2.02.01.03Financiamento por Arrendamento0 0
2.02.02Outras Obrigações0 1782
2.02.02.01Passivos com Partes Relacionadas0 0
2.02.02.01.01Débitos com Coligadas0 0
2.02.02.01.03Débitos com Controladores0 0
2.02.02.01.04Débitos com Outras Partes Relacionadas0 0
2.02.02.02Outros0 1782
2.02.02.02.01Obrigações por Pagamentos Baseados em Ações0 0
2.02.02.02.02Adiantamento para Futuro Aumento de Capital0 0
2.02.02.02.03Impostos e Contribuições a Recolher0 1178
0
0
2.02.02.02.06Fornecedores Não Circulante0 1604
2.02.03Tributos Diferidos0 0
2.02.03.01Imposto de Renda e Contribuição Social Diferidos0 0
2.02.04Provisões174159 0.06469214038291131186205
2.02.04.01Provisões Fiscais Previdenciárias Trabalhistas e Cíveis174159 0.06469214038291131186205
2.02.04.01.01Provisões Fiscais2204 0.175466666666666661875
2.02.04.01.02Provisões Previdenciárias e Trabalhistas165211 0.07883468079174798179350
2.02.04.01.03Provisões para Benefícios a Empregados0 0
2.02.04.01.04Provisões Cíveis6744 0.35421686746987954980
0
2.02.04.02Outras Provisões0 0
2.02.04.02.01Provisões para Garantias0 0
2.02.04.02.02Provisões para Reestruturação0 0
2.02.04.02.03Provisões para Passivos Ambientais e de Desativação0 0
2.02.05Passivos sobre Ativos Não-Correntes a Venda e Descontinuados0 0
2.02.05.01Passivos sobre Ativos Não-Correntes a Venda0 0
2.02.05.02Passivos sobre Ativos de Operações Descontinuadas0 0
2.02.06Lucros e Receitas a Apropriar0 0
2.02.06.01Lucros a Apropriar0 0
2.02.06.02Receitas a Apropriar0 0
2.02.06.03Subvenções de Investimento a Apropriar0 0
2.03Patrimônio Líquido Consolidado602497 0.32191099376267557888522
2.03.01Capital Social Realizado2089978 02089978
2.03.01.01Capital social1990708 0.0057250365771839211979376
2.03.01.02Debêntures conversíveis em ação104645 0.053859785537332054110602
2.03.02Reservas de Capital-741 0-741
2.03.02.01Ágio na Emissão de Ações0 0
2.03.02.02Reserva Especial de Ágio na Incorporação0 0
2.03.02.03Alienação de Bônus de Subscrição0 0
2.03.02.04Opções Outorgadas0 0
2.03.02.05Ações em Tesouraria-741 0-741
2.03.02.06Adiantamento para Futuro Aumento de Capital0 0
0
2.03.03Reservas de Reavaliação0 1218917
2.03.04Reservas de Lucros0 0
2.03.04.01Reserva Legal0 0
2.03.04.02Reserva Estatutária0 0
2.03.04.03Reserva para Contingências0 0
2.03.04.04Reserva de Lucros a Realizar0 0
2.03.04.05Reserva de Retenção de Lucros0 0
2.03.04.06Reserva Especial para Dividendos Não Distribuídos0 0
2.03.04.07Reserva de Incentivos Fiscais0 0
2.03.04.08Dividendo Adicional Proposto0 0
2.03.04.09Ações em Tesouraria0 0
2.03.05Lucros/Prejuízos Acumulados-725250 0.7503064997248743-414356
2.03.06Ajustes de Avaliação Patrimonial-761490 0.24250653551860385-1005276
2.03.07Ajustes Acumulados de Conversão0 0
2.03.08Outros Resultados Abrangentes0 0
2.03.09Participação dos Acionistas Não Controladores0 0
1.01Ativo Circulante2787160 0.117778271509479522493482
1.01.01Caixa e Equivalentes de Caixa216668 0.37297822897343663345551
1.01.02Aplicações Financeiras28791 0.2512677814474813538453
1.01.02.01Aplicações Financeiras Avaliadas a Valor Justo através do Resultado0 0
1.01.02.01.01Títulos para Negociação0 0
1.01.02.01.02Títulos Designados a Valor Justo0 0
1.01.02.02Aplicações Financeiras Avaliadas a Valor Justo através de Outros Resultados Abrangentes0 0
0
1.01.03Contas a Receber665589 0.7921854468690089371384
1.01.03.01Clientes0 0
0
0
1.01.03.02Outras Contas a Receber0 0
1.01.04Estoques1626575 0.051457978203857731546971
1.01.05Ativos Biológicos0 0
1.01.06Tributos a Recuperar101742 0.1479538300104931788629
1.01.06.01Tributos Correntes a Recuperar0 0
1.01.07Despesas Antecipadas10789 0.0732119765244205710053
1.01.08Outros Ativos Circulantes137006 0.4820912798433595392441
1.01.08.01Ativos Não-Correntes a Venda0 0
1.01.08.02Ativos de Operações Descontinuadas0 0
1.01.08.03Outros137006 0.4820912798433595392441
1.01.08.03.01Instrumento Financeiros Derivativos129313 0.510824736245633385591
1.01.08.03.02Outros Ativos Circulantes7693 0.123065693430656936850
1.01.08.03.03Banco Conta Viculada0 0
1.02Ativo Não Circulante1836334 0.068873329534362161718009
1.02.01Ativo Realizável a Longo Prazo556332 0.27973610842741603434724
1.02.01.01Aplicações Financeiras Avaliadas a Valor Justo através do Resultado16765 0.145776380535811914632
1.02.01.01.01Títulos Designados a Valor Justo0 0
0
1.02.01.02Aplicações Financeiras Avaliadas a Valor Justo através de Outros Resultados Abrangentes0 0
0
1.02.01.03Aplicações Financeiras Avaliadas ao Custo Amortizado0 117895
0
0
1.02.01.04Contas a Receber1096 0
1.02.01.05Estoques0 0
1.02.01.06Ativos Biológicos0 1168137
55381
112756
1.02.01.07Tributos Diferidos299795 22.568789308176112720
1.02.01.07.01Imposto de Renda e Contribuição Social Diferidos177395 0
1.02.01.08Despesas Antecipadas9669 0
0
0
0
1.02.01.09Créditos com Partes Relacionadas0 1221340
1.02.01.09.01Créditos com Coligadas0 1111548
0
1.02.01.09.03Créditos com Controladores0 128248
1.02.01.09.04Créditos com Outras Partes Relacionadas0 181544
1.02.02Investimentos2327 0.034222222222222222250
1.02.02.01Participações Societárias0 12250
1.02.02.01.01Participações em Coligadas0 0
1.02.02.01.04Participações em Controladas em Conjunto0 12250
1.02.02.02Propriedades para Investimento2327 0
1.02.03Imobilizado1267510 0.0055500461326989821274584
1.02.03.01Imobilizado em Operação1236926 0.087441888270749671137464
1.02.03.02Direito de Uso em Arrendamento0 0
1.02.03.03Imobilizado em Andamento30584 0.7769544924154026137120
1.02.04Intangível10165 0.57572469384591546451
1.02.04.01Intangíveis0 0
1.02.04.01.01Contrato de Concessão0 0
1.02.04.02Goodwill0 0
3.01Receita de Venda de Bens e/ou Serviços4765777 0.35836720384442183508460
3.02Custo dos Bens e/ou Serviços Vendidos-4495172 0.3772416085689031-3263895
3.03Resultado Bruto270605 0.10647476131089895244565
3.04Despesas/Receitas Operacionais-336094 0.4263070481340564-585843
3.04.01Despesas com Vendas-30011 0.06907238529495582-28072
3.04.02Despesas Gerais e Administrativas-115641 0.167053528176974-99088
3.04.02.01Gerais e Administrativas-78573 0.14251439539347407-68772
3.04.02.02Honorarios da Administração-7601 0.02743984860773182-7398
3.04.02.03Participação dos Empregados-29467 0.2857579195392268-22918
3.04.03Perdas pela Não Recuperabilidade de Ativos0 0
3.04.04Outras Receitas Operacionais57286 0.843653450051493331072
3.04.05Outras Despesas Operacionais-247728 0.49417974293269085-489755
3.04.06Resultado de Equivalência Patrimonial0 0
3.05Resultado Antes do Resultado Financeiro e dos Tributos-65489 0.8081065875913478-341278
3.06Resultado Financeiro-378475 1.0152015334646718-187810
3.06.01Receitas Financeiras822650 0.6460308376919353499778
3.06.02Despesas Financeiras-1201125 0.7468673100752194-687588
3.07Resultado Antes dos Tributos sobre o Lucro-443964 0.1608881698318616-529088
3.08Imposto de Renda e Contribuição Social sobre o Lucro120591 0.693400759690632393318
3.08.01Corrente-1424 0.6923076923076923-4628
3.08.02Diferido122015 0.6933880476245521397946
3.09Resultado Líquido das Operações Continuadas-323373 1.3817706415261104-135770
3.10Resultado Líquido de Operações Descontinuadas0 0
3.10.01Lucro/Prejuízo Líquido das Operações Descontinuadas0 0
3.10.02Ganhos/Perdas Líquidas sobre Ativos de Operações Descontinuadas0 0
3.11Lucro/Prejuízo Consolidado do Período-323373 1.3817706415261104-135770
3.11.01Atribuído a Sócios da Empresa Controladora-323373 1.3817706415261104-135770
3.11.02Atribuído a Sócios Não Controladores0 0
3.99Lucro por Ação - (Reais / Ação)0 0
3.99.01Lucro Básico por Ação0 0
3.99.01.01ON-46924 146362.06924516533-0.3206
3.99.02Lucro Diluído por Ação0 0
3.99.02.01ON-43144 154859.0143575018-0.2786
2.03.01.03Custo de Capitalização-5375
1.01.02.03Aplicações Financeiras Avaliadas ao Custo Amortizado0
1.02.01.04.01Clientes0
1.02.01.04.02Outras Contas a Receber0
1.02.01.07.02Impostos e Contribuições a Recuperar122400
1.02.01.10Outros Ativos Não Circulantes229007
1.02.01.10.01Ativos Não-Correntes a Venda0
1.02.01.10.02Ativos de Operações Descontinuadas0
1.02.01.10.03Ativos Mantidos para Venda112745
1.02.01.10.04Depósitos Demandas Judiciais32309
1.02.01.10.05Outros Ativos não Circulantes83953
1.02.02.01.05Outros Investimentos0
1.02.02.02.01Outros Investimentos2327

Últimos proventos

AçãoProventoAprovaçãoData-comPagamentoValor

Histórico de Proventos (2)

AçãoProventoAprovaçãoData-comCotaçãoValorYield
ON
DIVIDENDO
Fri Apr 29 2016 00:00:00 GMT-0300 (Brasilia Standard Time)Fri Apr 29 2016 00:00:00 GMT-0300 (Brasilia Standard Time)1.780.075784.257303
ON
DIVIDENDO
Fri Apr 29 2011 00:00:00 GMT-0300 (Brasilia Standard Time)Fri Apr 29 2011 00:00:00 GMT-0300 (Brasilia Standard Time)5.240.224.198473

Bonificação, Desdobramento e Grupamento

AçãoTipoAprovaçãoData-comFator
PMAM3
Grupamento
Fri Mar 29 2019 00:00:00 GMT-0300 (Brasilia Standard Time)Tue Apr 30 2019 00:00:00 GMT-0300 (Brasilia Standard Time)16.99999999762 para 1
PMAM3
Grupamento
Fri May 06 2005 00:00:00 GMT-0300 (Brasilia Standard Time)Wed Jun 08 2005 00:00:00 GMT-0300 (Brasilia Standard Time)2000 para 1
PMAM3
Bonificação
Thu May 18 1989 00:00:00 GMT-0300 (Brasilia Standard Time)Wed May 24 1989 00:00:00 GMT-0300 (Brasilia Standard Time)200
PMAM3
Bonificação
Thu May 18 1989 00:00:00 GMT-0300 (Brasilia Standard Time)Wed May 24 1989 00:00:00 GMT-0300 (Brasilia Standard Time)150

FATO RELEVANTE Grupamento Início do prazo para ajuste de posições acionárias DIAS D’ÁVILA, 29 DE MARÇO DE 2019. PARANAPANEMA S.A. (“Companhia”, B3: PMAM3), a maior produtora brasileira não - integrada de cobre refinado, vergalhões, fios trefilados, laminados, barras, tubos, conexões e suas ligas, em atendimento ao disposto no parágrafo 4º do artigo 157 da Lei nº 6.404/76, conforme alterada, e na Instrução CVM nº 358/02, conforme alterada, vem, por meio do presente fato relevante, informar que em suas Assembleias Gerais Ordinária e Extraordinária, realizadas na presente data, foi aprovada a proposta de grupamento da totalidade das ações representativas do capital social da Companhia, sem modificação do valor do capital social, nos termos do art. 12 da Lei n° 6.404/76, com as seguintes características: (i) Foi deliberado o grupamento da totalidade das ações representativas do capital social da Companhia, na proporção 17 (dezessete) ações ordinárias para 1 (uma) ação da mesma espécie, passando o capital soci al a ser representado por 40.727.658 (quarenta milhões, setecentos e vinte e sete mil e seiscentas e cinquenta e oito) ações ordinárias, nominativas, sem valor nominal; (ii) O grupamento tem por objetivo reduzir a volatilidade das ações de emissão da Companhia e conferir melhor patamar para a cotação das suas ações, evitando que oscilações irrisórias representem percentuais elevados, em linha com as normas e orientações da B3 S.A. – Brasil, Bolsa, Balcão (“B3”); (iii) Será concedido o prazo de 30 (trinta) dias, iniciando - se no dia 01 de abril de 2019 e terminando no dia 30 de abril de 2019, para que os acionistas, a seu livre e exclusivo critério, realizem os ajustes de suas posições acionárias mediante negociação por meio de sociedades corretoras autorizadas a o perar pela B3; (iv) Transcorrido o prazo de 30 (trinta) dias para o ajuste das participações por parte dos acionistas da Companhia, as eventuais frações de ações resultantes do grupamento serão separadas, agrupadas em números inteiros e vendidas em tantos leil ões quanto forem necessários, a serem realizados oportunamente na B3, sendo o produto da venda rateado proporcionalmente aos titulares das frações, após a liquidação financeira; (v) Informações adicionais sobre o leilão das frações serão divulgados oportunamen te; (vi) As ações representativas do capital social da Companhia passarão a ser negociadas agrupadas a partir de 02 de maio de 2019. Mais informações poderão ser obtidas junto à área de Relações com Investidores da Companhia, por meio do telefone +55 (11) 2199 - 7604, ou por meio do e - mail [email protected] . Dias d’Ávila/BA, 29 de março de 2019. André Luís da Costa Gaia Diretor Financeiro e de Relações com Investidores A Administração faz declarações sobre eventos futuros que estão sujeitos a riscos e incertezas. Tais declarações têm, como base, estimativas e suposições da Administração e informações a que a Companhia atualmente tem acesso. Declarações sobre eventos futuros incluem informações sobre suas intenções, estimativas ou expectativas atuais, assim como aquelas dos Administradores da Companhia. As ressalvas com relação a declarações e informações acerca do futuro também incluem informações sobre resultados operacionais possíveis ou presumidos, bem como declarações que são precedidas, seguidas ou que incluem as palavras "acredita", "poderá", "irá", "continua", "espera", "prevê", "pretende", "planeja", "estima" ou expressões semelhantes. As declarações e informações sobre o futuro não são garantias de desempenho. Elas envolvem risco...



PARANAPANEMA S.A. CNPJ/MF N° 60.398.369/0004 - 79 - NIRE 29.300.030.155 COMPANHIA ABERTA ATA DA ASSEMBLEIA S GER AIS ORDINÁRIA E EXTRAORDINÁRIA REALIZADAS EM 2 9 DE MARÇO DE 201 9 Data, Horário e Local : 29 de março de 201 9 , às 13h, na sede social da Companhia, localizada na Via do Cobre, nº. 3700, Área Industrial Oeste, Complexo Petroquímico de Camaçari, na cidade de Dias D’Ávila, no estado da Bahia, CEP 42850 - 000. Publicações : (I) Edital de Convocação: (a) publicado nos dias 15 , 16 e 1 9 de fevereiro de 201 9 no jornal Diário Oficial do Estado da Bahia e nos dias 15 , 16 e 1 8 de fevereiro de 201 9 no jornal Folha de São Paulo; e (b) disponibilizado em 14 de fevereiro de 201 9 no website da Comissão de Valores Mobiliários – CVM, da B3 S.A. – Brasil, Bolsa, Balcão e da Companhia (www.paranapanema.com.br/ri), e em sua sede social, nos termos da legislação aplicável; (II) Anúncio: (a) publicado nos dias 15, 16 e 19 de fevereiro de 201 9 no jornal Diário Oficial do Estado da Bahia e nos dias 15, 16 e 18 de fevereiro de 2019 no jornal Folha de São Paulo; e (b) disponibilizado em 14 de fevereiro de 2019 no website da Comissão de Valores Mobiliários – CVM, da B3 S.A. – Brasil, Bolsa, Ba lcão e da Companhia (www.paranapanema.com.br/ri), e em sua sede social, nos termos da legislação aplicável; e (III) Relatório da Administração e as Demonstrações Financeiras da Companhia, acompanhadas do Relatório dos Auditores Independentes, do Parecer do Conselho Fiscal e do Parecer do Comitê de Auditoria, referentes ao exercício social findo em 31 de dezembro de 2018 : (a) publicados no dia 2 0 de fevereiro de 201 9 , no jorna l Folha de São Paulo , e no dia 23 de março de 2019 , no Diário Oficial do Estado da Bahia ; e (b) disponibilizados em 13 de fevereiro de 201 9 no website da Comissão de Valores Mobiliários – CVM, da B3 S.A. – Brasil, Bolsa, Balcão, da Companhia ( www.paranapanema.com.br/ri ) e na sua sede soci al, nos termos da legislação aplicável . Presença : Acionistas representando 74,72 % das ações de emissão da Companhia. Presentes, também, integrantes da Diretoria Executiva Estatutária , os Srs. Marcos Paletta Camara, Diretor Presidente, André Luis da Costa Gaia, Diretor Financeiro e de Relações com Investidores, Paulo Rodrigo Chung, Diretor Jurídico , e Alexandro Ávila de Moura, Diretor de Operações , representante da PricewaterhouseCoopers Auditores Independentes, a Sr a . Ivaneia Pereira Santos Araujo , a ssim como integrantes do Conselho de Administração, os Srs. Luiz Tarquínio Sardinha Ferro , Paulo Amador Thomaz Alves da Cunha Bueno e Augusto Braúna Pinheiro , e o membro do Conselho Fiscal, o Sr. Marcelo Adilson Tavarone Torresi . Mesa : Na forma do Estatut o Social, assumiu a Presidência dos trabalhos, o Sr. Luiz Tarquínio Sardinha Ferro , Presidente do Conselho de Administração, o qual convidou o Sr. Paulo Rodrigo Chung para secretariar os trabalhos. Instalação : Verificado o quórum legal, o Sr. Presidente d eclarou instaladas as Assembleias Gerais Ordinária e Extraordinária. Ordem do Dia : 1 – Em Assembleia Geral Ordinária : 1.1. Tomar as contas dos Administradores, examinar, discutir e votar o Relatório da Administração e as Demonstrações Financeiras da Companhia, acompanhadas do Relatório dos Auditores Independentes, do Parecer do Conselho Fiscal e do Parecer do Comitê de Auditoria, referentes ao exercício social findo em 31 de dezembro de 2018; 1. 2 . Definir o número de m embros a compor o Conselho Fiscal da Companhia e eleição de seus membros; e 1. 3 . Fixar a remuneração do Conselho de Administração, da Diretoria Executiva Estatutária e do Conselho Fisc...



TEXT_SP - 100052415v1 7102.12 PARANAPANEMA S.A. CNPJ nº 60.398.369/0004 - 79 NIRE 29.300.030.155 Companhia Aberta Aviso aos Acionistas Mudança na indicação de membros ao Conselho Fiscal Dias D’Ávila, 2 6 de março de 201 9 . A Paranapanema S.A . (“Companhia”), vem, nos termos do Ofício Circular/CVM/SEP nº. 3 /201 9 , comunica r aos seus acionistas a retirada da indicação do Sr. Jailton Zanon da Silveira ao cargo de membro efetivo do Conselho Fiscal e a indicação do Sr. Alexandre Xavier Ywata de Carvalho para tal cargo . A Companhia informa que , em razão do prazo, o Boletim de Voto a Distância não será reapresentado, sendo a votação para o ex - candidato Sr. Jailton Zanon da Silveira cancelada. Assim, a votação para o candidato Sr. Alexandre Xavier Ywata de Carvalho e o seu respectivo suplente, Sr. Marcos Brasiliano Rocha, poderá ser realizada apenas na AGOE, de forma presencial pelo acionista ou por seu representante legal . As informações dos itens 12.5 a 12.10 do conteúdo do Formulário de Referência , contendo os dados do novo candidato, constam no Anexo II da Proposta da Administração e Manual para Participação dos Acionistas da Companhia para a s Assembleia s Gera is Ordinária e Extraordinária , a serem realizadas em 29 de março de 2019 , reapresentado nesta data nos sites da CVM (www.cvm.gov.br), da B3 S.A. – Bra sil, Bolsa, Balcão ( http://www.b3.com.br ) e no site de Relações com Investidores da Companhia ( http://www.ri.paranapanema.com.br ) , a fim de incluir o novo candidato ao C onselho Fiscal da Companhia, acima descrito . Para maiores informações, por favor, entrar em contato com a área de Relações com Investidores : (11) 2199 - 7604 ou [email protected] Dias D ́Ávila, 2 6 de março de 201 9 . André Luis da Costa Gaia Diretor Financeiro e de Relações com Investidores



PARANAPANEMA S.A. CNPJ nº 60.398.369/0004 - 79 NIRE 29.300.030.155 Companhia Aberta Aviso aos Acionistas Indicação de membros ao Conselho Fiscal Dias D’Ávila, 8 de março de 201 9 . A Paranapanema S.A . (“Companhia”), vem, nos termos do Ofício Circular/CVM/SEP nº. 3 /201 9 , informa r que recebeu de seus acionistas a indicação de candidatos para compor as vagas d e membros titular e suplente do Conselho Fiscal, a seguir descritos : Candidato Titular Candidato Suplente Marcelo Adilson Tavarone Torresi Marcos Reinaldo Severino Peters Jailton Zanon da Silveira Marcos Brasiliano Rosa As informações dos itens 12.5 a 12.10 do conteúdo do Formulário de Referência constam no Anexo II da Proposta da Administração e Manual para Participação dos Acionistas da Companhia para a s Assembleia s Gera is Ordinária e Extraordinária , a serem realizadas em 29 de março de 2019 , reapresentado nesta data nos sites da CVM (www.cvm.gov.br), da B3 S.A. – Bra sil, Bolsa, Balcão ( http://www.b3.com.br ) e no site de Relações com Investidores da Companhia ( http://www.ri.paranapanema.com.br ) , incluindo a reapresentação do Boletim de Voto à Distância , a fim de incluir os novos candidatos ao Conselho Fiscal da Companhia, acima descritos . A Companhia ressalta que eventuais votos já enviados relativos à eleição dos membros do Conselho Fiscal serão considerados válidos, salvo se nova instrução de voto for encaminhada, nos termos do parágrafo 4º, do artigo 21 - A, da Instrução CVM 481/2009. Os acionistas que desejarem encaminhar nova instrução de voto através de Boletim deverão fazê - lo até o dia 22 de março de 2019. Para evitar instrução de voto conflitante, a Companhia recomenda que o novo Boletim seja enviado pelo mesmo meio utilizado anteriormente (inclusive em relação ao mesmo prestador de serviço, caso tenha sido esta a opção escolhida). Pa ra maiores informações, por favor, entrar em contato com a área de Relações com Investidores : (11) 2199 - 7604 ou [email protected] . Dias D ́Ávila, 8 de março de 201 9 . André Luis da Costa Gaia Diretor Financeiro e de Relações com Investidores



FATO RELEVANTE DIAS D’ÁVILA, 1 DE MARÇO DE 2019. PARANAPANEMA S.A. (“Companhia”, B3: PMAM3), a maior produtora brasileira não-integrada de cobre refinado, vergalh ões, fios trefilados, laminados, barras, tubos, con exões e suas ligas, em atendimento ao disposto no parágrafo 4º d o artigo 157 da Lei nº 6.404/76, conforme alterada, e na Instrução CVM nº 358/02, conforme alterada, vem, po r meio do presente fato relevante, conforme já apre sentado no comunicado ao mercado em 13/02/2019, sob a modal idade de “Apresentação - Call de resultados - 4T18” , informar que tem como objetivo, para o exercício co rrente, atingir os seguintes volumes de produção: ‒ Cobre Primário: 160 a 180 kton ‒ Fios e Vergalhões: 135 a 150 kton ‒ Demais Produtos de Cobre: aproximadamente 40 kton A Companhia atualizará seu Formulário de Referência (item 11) com referidas informações, dentro dos pr azos previstos na Instrução CVM 480, bem como com as dem ais informações aplicáveis. Por fim, a Companhia esclarece que o objetivo ora a presentado é uma mera estimativa da administração e está sujeito a riscos e incertezas, não constituindo de forma alguma promessa de desempenho. Em caso de alt eração relevante nestes fatores, o tema será revisado na f orma da regulamentação aplicável. Quaisquer informa ções sobre as perspectivas dos negócios, projeções e metas fin anceiras são meras previsões, baseadas nas expectat ivas atuais da administração em relação ao futuro da Companhia. Estas expectativas dependem das condições do merca do e do cenário econômico brasileiro e do mercado em que a Companhia opera. Qualquer alteração na percepção ou nos fatores acima descritos pode fazer com que os resul tados concretos da Companhia sejam diferentes de pr ojeções ou estimativas apresentadas. Mais informações poderão ser obtidas junto à área d e Relações com Investidores da Companhia, por meio do telefone +55 (11) 2199-7604, ou por meio do e-mail [email protected] . Dias d’Ávila/BA, 1 de março de 2019. André Luís da Costa Gaia Diretor Financeiro e de Relações com Investidores A Administração faz declarações sobre eventos futur os que estão sujeitos a riscos e incertezas. Tais d eclarações têm, como base, estimativas e suposições da Administração e informações a que a C ompanhia atualmente tem acesso. Declarações sobre e ventos futuros incluem informações sobre suas intenções, estimativas ou expectativas a tuais, assim como aquelas dos Administradores da Co mpanhia. As ressalvas com relação a declarações e informações acerca do futuro também i ncluem informações sobre resultados operacionais po ssíveis ou presumidos, bem como declarações que são precedidas, seguidas ou que inc luem as palavras "acredita", "poderá", "irá", "cont inua", "espera", "prevê", "pretende", "planeja", "estima" ou expressões semelhantes. As declarações e informações sobre o futuro não são garantias de d esempenho. Elas envolvem riscos, incertezas e suposições porque se referem a eventos futuros, dependendo, portanto, de circunstâncias q ue poderão ocorrer ou não. Os resultados futuros e a criação de valor para os acionistas pod erão diferir de maneira significativa daqueles expr essos ou estimados pelas declarações com relação ao futuro. Muitos dos fatores que irão dete rminar estes resultados e valores estão além da cap acidade de controle ou previsão da Companhia. MATERIAL FACT DIAS D’ÁVILA, MARCH 1, 2019. PARANAPANEMA S.A. (“Company”, B3: PMAM3), the largest nonintegrated B razilian producer of refined copper, rebar, drawn wire, roll ed wire, bars, pipes, fittings and alloys, pursuant to Paragraph 4 of Article 157 of Law 6404/76, as amended, and to C VM Instruction Nr. 358/02, as amended, hereby ‒ thr ough this material fact, as already presented in the notice t o the market of February ...



FATO RELEVANTE DIAS D’ÁVILA, 22 DE FEVEREIRO DE 2019. PARANAPANEMA S.A. (“Companhia”, B3: PMAM3), a maior produtora brasileira não - integrada de cobre refinado, vergalhões, fios trefilados, laminados, barras, tubos, conexões e suas ligas, em atendimento ao disposto no parágrafo 4º do artigo 157 da Lei nº 6.404/76, conforme alt erada, e na Instrução CVM nº 358/02, conforme alterada, vem, por meio do presente, comunicar aos seus acionistas e ao mercado que, em linha com as estratégias definidas pela administração da Companhia e a progressiva recuperação dos resultados operacionais , a Companhia busca oportunidades de acelerar os planos de investimentos e alavancagem operacional, e, em função disso, a Companhia contratou o Cit igroup Global Markets Assessoria Ltda., na qualidade de “ Advisor ” para auxiliá - la na busca por opções que lhe permita alcançar tais objetivos, ao tempo em que mantém a disciplina financeira e as metas de redução do seu endividamento bancário. Não há, por ora, qualquer definição acerca de qualquer transação e tampouco do formato aplicável. A Companhia e o Advisor buscarão mapear as alternativas que possibilitem a melhor criação de valor para seus acionistas. A Companhia manterá seus acionistas e o mercado informados sobre qualquer desenvolvimento relativo ao objeto desta comunicação, observando sua forma de gover nança e legislação pertinente. Mais informações poderão ser obtidas junto à área de Relações com Investidores da Companhia, por meio do telefone +55 (11) 2199 - 7604, ou por meio do e - mail [email protected] . Dias d’Ávila/BA, 22 de fevereiro de 2019. André Luís da Costa Gaia Diretor Financeiro e de Relações com Investidores A Administração faz declarações sobre eventos futuros que estão sujeitos a riscos e incertezas. Tais declarações têm, como base, estimativas e suposições da Administração e informações a que a Companhia atualmente tem acesso. Declarações sobre eventos futuros incluem informações sobre suas intenções, estimativas ou expectativas atuais, assim como aquelas dos Administradores da Companhia. As ressalvas com relação a declarações e informações acerca do futuro também incluem informações sobre resultados operacionais possíveis ou presumidos, bem como declarações que são precedidas, seguidas ou que incluem as palavras "acredita", "poderá", "irá", "continua", "espera", "prevê", "pretende", "planeja", "estima" ou expressões semelhantes. As declarações e informações sobre o futuro não são garantias de desempenho. Elas envolvem riscos, incertezas e suposições porque se referem a eventos futuros, dependendo, portanto, de circunstâncias que poderão ocorrer ou não. Os resultados futuros e a criação de valor para os acionistas poderão diferir de maneira significativa daqueles expressos ou estimados pelas declarações com relação ao futuro. Muitos dos fatores que irão determinar estes resultados e valores estão além da capacidade de controle ou previsão da Companhia. MATERIAL FACT DIAS D’ÁVILA, FEBRUARY 22, 2019. PARANAPANEMA SA ("Company", B3: PMAM3), the largest Brazilian non - integrated producer of refined copper, rebar, drawn wire, rolled wire, bars, pipes, fittings and alloys, in compliance with the provisions of paragraph 4 of article 157 of Law 6,404/76, as a mended, and CVM Instruction No. 358/02, as amended, hereby informs its shareholders and the market in general that, in line with the strategies defined by the Company's management and ...



D IAS D’ Á VILA , 1 5 DE F EVEREIRO DE 201 9 . P ARANAPANEMA S.A. (“ Companhia ” , B3 : PMAM3 ) , a maior produtora brasileira não - integrada de cobre refinado, vergalhões, fios trefilados, laminados, barras, tubos, conexões e suas ligas, em atendimento ao disposto no parágrafo 4º do artigo 157 da Lei nº 6.404/76, conforme alterada, e na Instrução CVM nº 358/02, conforme alterada, vem , por meio do presente fato relevante, em linha com as melhores práticas de governança corporativa, informar que a Companhia tem como objetivo no médio prazo (em até 5 anos) reduzir a relação entre dívida líquida e EBITDA ( earnings before interest, taxes, depreciation and amortization ) para patamares entre 1,5 e 2. A Companhia atualizará seu Formulário de Referência (item 11) , dentro dos prazos previstos na Instrução CVM 480 , bem como demais informações aplicáveis . Por fim, a Companhia esclarece que o objetivo ora apresentado é mera estimativa da administração da Companhia e está sujeito a riscos e incertezas, não constituindo de forma alguma promessa de desempenho. Em caso de alteração relevante nestes fatores, o tema será revisado na forma da regulamentação ap licável. Quaisquer informações sobre as perspectivas dos negócios, projeções e metas financeiras são meras previsões, baseadas nas expectativas atuais da administração em relação ao futuro da Companhia. Estas expectativas dependem das condições do mercado e do cenário econômico brasileiro e do mercado em que a Companhia opera. Qualquer alteração na percepção ou nos fatores acima descritos pode fazer com que os resultados concretos da Companhia sejam diferentes de projeções ou estimativas apresentadas. Mai s informações poderão ser obtidas junto à área de Relações com Investidores da Companhia, por meio do telefone +55 (11) 2199 - 7604, ou por meio do e - mail [email protected] . Dias d’Ávila/BA, 1 5 de fevereiro de 201 9 . André Luís da Costa Gaia Diretor Financeiro e de Relações com Investidores MATERIAL FACT DIAS D’ÁVILA/BA, F EBRUARY 15, 2019. PARANAPANEMA SA ("C OMPANY ", B3: PMAM3), the largest Brazilian nonintegrated producer of refined copper, rebar, drawn wire, rolled wire, bars, pipes, fittings and alloys, in compliance with the provisions of paragraph 4 of article 157 of Law 6,404/76, as amended, and CVM Instruction No. 358/02, a s amended, hereby through this material fact, in line with the best corporate governance practices, informs that the Company has as a goal i n the medium - term (up to 5 years) to reduce the relation between net debt and EBITDA to levels between 1,5 and 2. Th e Company will update its Reference Form (item 11), in due time established by CVM Instruction No. 480, and also all the information required . Finally, the Company clarifies that the goal presented herein is a mere estimate of the Company's management subject to risks and uncertainties and does not, in any way, constitute a performance guarantee. In the event of a material change in these factors, the guidance will be revised in accordance with the applicable r egulations. Any information on business prospects, projections and financial targets are mere forecasts based on management's current expectations regarding the Company's future. These expectations depend on market conditions, the Brazilian macroeconomic s cenario and the market in which the Company operates. Any change in the perception or factors described above may cause the Company's actual results to diverge from the projections or estimates presented. More information can be obtained from the Investor Relations department of the Company, through the telephone number +55 (11) 2199 - 7604, or by e...



FATO RELEVANTE DIAS D’ÁVILA, 14 DE AGOSTO DE 2018. PARANAPANEMA S.A. (“Companhia”, B3: PMAM3), a maior produtora brasileira não - integrada de cobre refinado, vergalhões, fios trefilados, laminados, barras, tubos, conexões e suas ligas, em atendimento ao disposto no parágrafo 4º do artigo 157 da Lei nº 6.404/76 e na Instrução CVM nº 358/02, conforme alteradas, vem, em complemento aos fatos relevantes divulgados em 13 de junho de 2018 e em 10 de agosto de 2018, relacionados ao Termo de Acordo Vinculante celebrado entre a Companhia e o Banco Santander (Brasil) S.A. (“ Santander ” e, em conjunto com a Companhia, “ Partes ”) em 13 de junho de 2018 (“ Acordo ”), cujo objeto era o encerramen to das disputas havidas entre as Partes, informar aos seus investidores e ao mercado em geral que não foram integralmente verificadas, dentro do prazo acordado entre as Partes, as condições suspensivas de eficácia do Acordo (“ Condições Suspensivas ”). Por c onseguinte, o Acordo restou resolvido de pleno direito, não mais produzindo efeito entre as Partes. A Companhia está avaliando, em conjunto com seus assessores, as medidas a serem adotadas em decorrência da resolução do Acordo, inclusive levando - se em con ta a prolação da sentença no procedimento arbitral de nº 02/2015, em trâmite no Centro de Arbitragem e Mediação da Câmara de Comércio Brasil - Canadá, que acolheu, no mérito, o principal argumento sustentado pela Companhia em sua defesa, decidindo pela nulid ade de algumas obrigações previstas no Contrato de Abertura de Crédito firmado com o Santander e o BTG Pactual S.A., principalmente valores relacionados a Contratos de Swap e que expunham a Companhia ao risco de condenação de R$731 milhões , conforme descrito no item 4.3 do Formulário de Referência e nas Notas Explicativas da Companhia , sendo que os efeitos da referida sentença arbitral dependem de procedimento de liquidação de valores em momento posterior, conforme divulgado pela Companhia no fato rel evante de 10 de agosto de 2018. A Companhia manterá os seus acionistas e o mercado em geral informados sobre novos desdobramentos em relação ao tema acima, nos termos da regulamentação aplicável. Mais informações poderão ser obtidas junto à área de Relaçõ es com Investidores da Companhia, por meio do telefone +55 (11) 2199 - 7604, ou por meio do e - mail [email protected] Dias d’Ávila/BA, 14 de agosto de 2018. André Luís da Costa Gaia Diretor Financeiro e de Relações com Investidores A Administração faz declarações sobre eventos futuros que estão sujeitos a riscos e incertezas. Tais declarações têm, como base, estimativas e suposições da Administração e informações a que a Companhia atualmente tem acesso. Declarações sobre eventos futuros incluem informações sobre suas intenções, estimativas ou expectativas atuais, assim como aquelas dos Administradores da Companhia. As ressalvas com relação a declarações e informações acerca do futuro também incluem informações sobre resultados operacionais possíveis ou presumidos, bem como declarações que são precedidas, seguidas ou que incluem as palavras "acredita", "poderá", "irá", "continua", "espera", "prevê", "pretende", "planeja", "estima" ou expressões semelhantes. As declarações e informações sobre o futuro não são garantias de desempenho. Elas envolvem riscos, incertezas e suposições porque se referem a eventos futuros, dependendo, portanto, de circunstâncias que poderão ocorrer ou não. Os resultados futuros e a criação de valor para os acionistas ...



FATO RELEVANTE DIAS D’ÁVILA, 10 DE AGOSTO DE 2018. PARANAPANEMA S.A. (“ Companhia ”, B3: PMAM3), a maior produtora brasileira não - integrada de cobre refinado, vergalhões, fios trefilados, laminados, barras, tubos, conexões e suas ligas, em atendimento ao disposto no parágrafo 4º do artigo 157 da Lei nº 6.404/76, conforme alterada, e na Instrução CVM nº 358/02, conforme alterada, vem informar aos seus investidores e ao mercado em geral que foi intimada, na presente data, de sentença proferida no procedimento arbitral de nº 02/2015 (“ Decisão ” e “ Procedimento Arbitral ”), em trâmite no Centro de Arbitragem e Mediação da Câmara de Comércio Brasil - C anadá (“ Tribunal Arbitral ”), movido pelo Banco Santander (Brasil) S.A. ( “ Santander ”) contra a Companhia, conforme descrito no item 4.3 do Formulário de Referência e nas Notas Explicativas da Companhia. Nos termos da Decisão, o Tribunal Arbitral acolheu, n o mérito, o principal argumento sustentado pela Companhia em sua defesa, decidindo pela nulidade de algumas obrigações previstas no Contrato de Abertura de Crédito firmado com o Santander e o BTG Pactual S.A. (“ BTG ”, e, em conjunto com Santander, os “ Banco s ”), principalmente valores relacionados a Contratos de Swap e que expunham a Companhia ao risco de condenação de R$731 milhões, conforme descrito no item 4.3 do Formulário de Referência e nas Notas Explicativas da Companhia. A Decisão determinou ainda, a manutenção parcial do Contrato de Abertura de Crédito, cujo saldo devedor, no valor histórico de R$ 206 milhões (“ Dívida PMA ”), foi pago pela Companhia em 21/08/08 (“ Data da Dação ”), mediante dação em pagamento de 44.469.884 milhões de ações PMAM3 de sua emissão (“ Ações ”), que, em 21/08/08 tiveram sua cotação de fechamento pelo valor de R$5,02, as quais foram alienadas pelos Bancos na B3 S.A. – Brasil, Bolsa Balcão (“ B3 ”) por meio de diversas negociações realizadas em datas distintas (“ Vendas das Ações ”). Consequentemente, o Tribunal Arbitral decidiu que a liquidação de valores devidos por uma parte à outra será calculada em função da diferença entre (i) o valor da Dívida PMA e (ii) o montante total auferido pelos Bancos com as Vendas das Ações, ambos a se rem corrigidos por critérios a serem definidos em momento posterior pelo Tribunal Arbitral, quando também deverão ser definidas obrigações e valores relativos a sucumbência, custos e despesas correlatas. A despeito da Decisão prolatada, a Companhia ressal ta que o Termo de Acordo Vinculante (“ Acordo ”) celebrado com o Santander visando a encerrar todas as disputas relacionadas e/ou decorrentes do Procedimento Arbitral, conforme fato relevante divulgado em 13 de junho de 2018, continua em vigor, apesar de ain da não terem sido verificadas todas as suas condições suspensivas de eficácia (“ Condições Suspensivas ”). A data final para a verificação integral das Condições Suspensivas se encerra em 13 de agosto de 2018, sob pena de resolução de pleno direito do Acordo , exceto se de outra forma acordado entre as partes. A Companhia manterá os seus acionistas e o mercado em geral informados caso haja novos desdobramentos em relação ao Procedimento Arbitral e ao Acordo, nos termos da regulamentação aplicável. Mais inform ações poderão ser obtidas junto à área de Relações com Investidores da Companhia, por meio do telefone +55 (11) 2199 - 7604, ou por meio do e - mail [email protected] Dias d’Ávila/BA, 10 de agosto de 2018. André Luís da Costa Gaia Diretor Financeiro e de Relações com Investidores A Administração faz declarações sobre eventos futuros que estão sujeitos a riscos e incertezas. Tais declarações têm, como base, estimativas e suposições da Administração e inform...



DIAS D’ÁVILA, 26 DE JU L HO DE 2018. PARANAPANEMA S.A. (“Companhia”, B3: PMAM3), a maior produtora brasileira não - integrada de cobre refinado, vergalhões, fios trefilados, laminados, barras, tubos, conexões e suas ligas, em atendimento ao disposto no parágrafo 4º do artigo 157 da Lei nº 6.404/76, conforme alterada, e na Instrução CVM nº 358/02, conforme alterada, vem informar aos seus investidores e ao mercado em geral que , em referência às notícias veiculadas na presente data que mencionam a Companhia no contexto da nova fase da Operação Zelotes , ressalta que , nem a Companhia, nem seus atuais administradores e gestores foram alvos de busca e apreensão, notificados, tampouco intimados ou informados pelas autoridades competentes sobre os fatos ocorridos na presente data . A Companhia também não teve acesso às informações oficiais da investigação ou aquelas usadas como base para referidas notícias . A Companhia, seguindo seus procedimentos internos de compliance , tomará as medidas cabíveis. A Companhia repudia quaisquer atos de ilegalidade e corrupção e conta com rigorosas políticas de controle e conformidade que t ê m sido permanentemente aprimoradas. A Paranapanema manterá os seus acionistas e o mercado em geral informados caso haja qualquer avanço em relação ao assunto ora informado, nos termos da regulamentação aplicável. Mais informações poderão ser obtidas junto à área de Relações com Investidores da Companhia, por meio do telefone +55 (11) 2199 - 7604, ou por meio do e - mail [email protected] . Dias d’Ávila/BA, 26 de ju l ho de 2018. André Luís da Costa Gaia Diretor Financeiro e de Relações com Investidores DIAS D’ÁVILA, JULY 26 , 2018. PARANAPANEMA S.A. (“Company”, B3: PMAM3), the largest non - integrated Brazilian producer of refined copper, rebar, drawn wires, laminates, bars, tubes, connections and its alloys, pursuant to paragraph 4 of article 157 of Law 6404/76, as amended, and CVM Instruction No. 358/ 02, as amended, hereby informs its investors and the overall market that, in reference to the news published on this date that mention the Company in the context of the new phase of the Zelotes Transaction, it is emphasized that neither the Company nor its current officers and managers were the targets of search and seizure, notified, nor summoned or informed by the competent authorities of the facts that occurred in the present date. The Company also did not have access to the official information of the investigat ion or th ose used as basis for said news . The Company, following its internal compliance procedures, will take the appropriate measures. The Company disclaims any acts of illegality and corruption and has strict control and compliance policies that have been continuousl y improved. The Company will keep its shareholders and the market in general informed if there is any progress in relation to the matter hereby stated, in accordance with the applicable regulations. More information can be obtained from the Investor Relati ons department of the Company, through the telephone number +55 (11) 2199 - 7604, or by email [email protected] . Dias d’Ávila/BA, July 26, 2018. André Luís da Costa Gaia Chief Financial and Investor Relations Officer



DIAS D’ÁVILA, 13 DE JUNHO DE 2018. PARANAPANEMA S.A. (“ Companhia ”, B3: PMAM3), a maior produtora brasileira não - integrada de cobre refinado, vergalhões, fios trefilados , laminados, barras, tubos, conexões e suas ligas, em atendimento ao disposto no parágrafo 4º do artigo 157 da Lei nº 6.404/76, conforme alterada, e na Instrução CVM nº 358/02, conforme alterada, vem informar aos seus investidores e ao mercado em geral que celebrou, com o Banco Santander (Brasil) S.A. (” Santander ”), Termo de Acordo Vinculante com o objetivo de encerrar definitivamente as disputas judiciais e arbitrais existentes entre as partes (o “ Acordo Vinculante ” e as “ Disputas ”, respectivamente), conforme descrito no item 4.3 do Formulário de Referência e nas Notas Explicativas das demonstrações financeiras da Companhia, que indicam a causa classificada como risco possível no valor de R$731 milhões. A conclusão do objeto previsto no Acordo Vinculante está sujeita à satisfação de determinadas Condições Suspensivas usuais para este tipo de acordo, e prevê uma confissão de dívida de R$150 milhões, a ser paga em parcelas anuais em 10 anos. Uma vez satisfeitas as Condições Suspensivas, as Partes deverão concluir o objeto previsto no Acordo Vinculante, ou seja, o encerramento definitivo das Disputas, independentemente de quaisquer decisões que venham a ser porventura proferidas durante esse período, sobre as quais os termos do Acordo Vinculante dev erão prevalecer. A Companhia manterá os seus acionistas e o mercado em geral informados caso haja qualquer avanço em relação ao assunto ora informado, nos termos da regulamentação aplicável. Mais informações poderão ser obtidas junto à área de Relações com Investidores da Companhia, por meio do telefone +55 (11) 2199 - 7604, ou por meio do e - mail [email protected] . Dias d’Ávila/BA, 13 de junho de 2018. André Luís da Costa Gaia Diretor Financeiro e de Relações com Investidores D IAS D’Á VILA , JUNE 13, 2018. P ARANAPANEMA S.A. (" Company ", B3: PMAM3), the largest Brazilian non - integrated producer of refined copper, rebar, drawn wire, rolled wire, bars, pipes, fittings and alloys, in compliance with paragraph 4 of article 157 of Law No. 6,404/76, as amended, and CVM Instruction 358/02, as amended, hereby informs its investors and the market in general that it has entered into an agreement with Banco Santander (Brasil) S.A. (" Santander " ), the Binding Agreement with the purpose of definitively terminating the existing judicial disputes and disputes in arbitration between the parties (the " Binding Agreement " and the " Disputes ", Respectively), as described in item 4.3 of the Reference Form and the Notes to the Company's Financial Statements, which state the cause classified as a possible risk for the amount of R$ 731 million. The conclusion of the object set forth in the Binding agreement is subject to satisfying certain normal Conditions Precedent for this type of agreement, and provides for an admission of debt of R$ 150 million, to be paid in annual installments in 10 years. Once the Conditions Precedent have been satisfied, the Parties shall conclude the object set forth in the Binding Agreement, that is, the definitive termination of the Disputes, regardless of any decisions that may be pronounced during that period, where the terms of the Binding Agreement shall prevail. The Company will keep its shareholders and the market in general informed if there is any progress in relation to the matter hereby stated, in accordance with the applicable regulations. More information can be obtained from the Investor Relations ...



DIAS D’ÁVILA, 13 DE JUNHO DE 2018. PARANAPANEMA S.A. (“ Companhia ”, B3: PMAM3), a maior produtora brasileira não - integrada de cobre refinado, vergalhões, fios trefilados , laminados, barras, tubos, conexões e suas ligas, em atendimento ao disposto no parágrafo 4º do artigo 157 da Lei nº 6.404/76, conforme alterada, e na Instrução CVM nº 358/02, conforme alterada, vem informar aos seus investidores e ao mercado em geral que celebrou, com o Banco Santander (Brasil) S.A. (” Santander ”), Termo de Acordo Vinculante com o objetivo de encerrar definitivamente as disputas judiciais e arbitrais existentes entre as partes (o “ Acordo Vinculante ” e as “ Disputas ”, respectivamente), conforme descrito no item 4.3 do Formulário de Referência e nas Notas Explicativas das demonstrações financeiras da Companhia, que indicam a causa classificada como risco possível no valor de R$731 milhões. A conclusão do objeto previsto no Acordo Vinculante está sujeita à satisfação de determinadas Condições Suspensivas usuais para este tipo de acordo, e prevê uma confissão de dívida de R$150 milhões, a ser paga em parcelas anuais em 10 anos. Uma vez satisfeitas as Condições Suspensivas, as Partes deverão concluir o objeto previsto no Acordo Vinculante, ou seja, o encerramento definitivo das Disputas, independentemente de quaisquer decisões que venham a ser porventura proferidas durante esse período, sobre as quais os termos do Acordo Vinculante dev erão prevalecer. A Companhia manterá os seus acionistas e o mercado em geral informados caso haja qualquer avanço em relação ao assunto ora informado, nos termos da regulamentação aplicável. Mais informações poderão ser obtidas junto à área de Relações com Investidores da Companhia, por meio do telefone +55 (11) 2199 - 7604, ou por meio do e - mail [email protected] . Dias d’Ávila/BA, 13 de junho de 2018. André Luís da Costa Gaia Diretor Financeiro e de Relações com Investidores D IAS D’Á VILA , JUNE 13, 2018. P ARANAPANEMA S.A. (" Company ", B3: PMAM3), the largest Brazilian non - integrated producer of refined copper, rebar, drawn wire, rolled wire, bars, pipes, fittings and alloys, in compliance with paragraph 4 of article 157 of Law No. 6,404/76, as amended, and CVM Instruction 358/02, as amended, hereby informs its investors and the market in general that it has entered into an agreement with Banco Santander (Brasil) S.A. (" Santander " ), the Binding Agreement with the purpose of definitively terminating the existing judicial disputes and disputes in arbitration between the parties (the " Binding Agreement " and the " Disputes ", Respectively), as described in item 4.3 of the Reference Form and the Notes to the Company's Financial Statements, which state the cause classified as a possible risk for the amount of R$ 731 million. The conclusion of the object set forth in the Binding agreement is subject to satisfying certain normal Conditions Precedent for this type of agreement, and provides for an admission of debt of R$ 150 million, to be paid in annual installments in 10 years. Once the Conditions Precedent have been satisfied, the Parties shall conclude the object set forth in the Binding Agreement, that is, the definitive termination of the Disputes, regardless of any decisions that may be pronounced during that period, where the terms of the Binding Agreement shall prevail. The Company will keep its shareholders and the market in general informed if there is any progress in relation to the matter hereby stated, in accordance with the applicable regulations. More information can be obtained from the Investor Relations departme nt o...



PARANAPANEMA S.A. CNPJ/MF nº 60.398.369/0004-79 NIRE 29.300.030.155 COMPANHIA ABERTA AVISO AOS ACIONISTAS COMUNICAÇÃO SOBRE AUMENTO DE CAPITAL POR CONVERSÃO DE DEBÊNTURES EM AÇÕES PARANAPANEMA S.A. (“Companhia”), sociedade anônima de capital aberto com sede social na Via do Cobre, nº. 3700, na cidade de Dias D’Ávila, no Estado da B ahia, CEP 42850-000, com seus atos constitutivos registrados na Junta Comercial do Estado da Bahia, sob o NIRE 29.300.030.155, inscrita no CNPJ/MF sob o n°. 60.398.369/0004-79, registrada na Comissão de Valor es Mobiliários (“CVM”) como companhia aberta categoria A, com suas ações negociadas no Novo Merc ado da B3 S.A. – Brasil, Bolsa, Balcão (“B3”) sob o código PMAM3, comunica aos seus acionistas e ao mer cado em geral, em adição ao que foi divulgado em 11 de agosto de 2017 (Proposta da Administração) à épo ca da aprovação, em sede de Assembleia Geral, da emissão de debêntures conversíveis pela Companhia e com base no artigo 30, Anexo XXXII, da Instrução CVM nº. 480, de 7 de dezembro de 2009, conforme alt erada (“Instrução CVM 480”), que em reunião do Conselho de Administração da Companhia realizada em 22 de março de 2018 houve a homologação do aumento do capital social da Companhia, em decorrên cia da conversão de debêntures em ações ordinárias, nos termos do “Instrumento Particular de Escritura da 7ª (sétima) Emissão de Debêntures, Conversíveis em Ações, em Duas Séries, da Espécie Quirografária, se m Garantia Adicional, para Distribuição Pública com Esforços Restritos de Colocação da Paranapanema S.A .” celebrado em 29 de agosto de 2017 (e aditamento( s) posterior(es)) (“Escritura”), conforme a seguir ex posto: Especificação das Debêntures 5.956.455 (cinco milhões, novecentos e cinquenta e seis mil e quatrocentas e cinquenta e cinco) debêntures da pri meira série, nos termos da Escritura, emitidas pela Companhia em 22 de setembro de 2017. Número de Ações Emitidas 3.436.417 (três milhões, quatrocentas e trinta e se is mil e quatrocentas e dezessete) ações ordinárias, nominat ivas, escriturais e sem valor nominal da Companhia, ao preço de conve rsão de R$1,733333 por debênture conversível, conforme deli beração tomada pelos acionistas da Companhia reunidos em as sembleia geral realizada em 28 de agosto de 2017 e constante da Escritura. Direitos, Vantagens e Restrições das Ações Emitidas As ações emitidas em decorrência da solicitação de conve rsão das debêntures possuem as mesmas características e cond ições e gozam dos mesmos direitos e vantagens atribuídos às ações ordinárias já existentes da Companhia. Não há restr ições com relação às ações emitidas. Aumento do Capital Social O capital socia l da Companhia passou de R$1.984.751.277,56 (um bilhão, novecentos e oitenta e quatro milhões, sete centos e cinquenta e um mil, duzentos e setenta e sete reais e cinquenta e seis centavos), dividido em 688.933.769 (seiscentos e oitenta e oito milhões, novecentos e trinta e três mil, setecentos e sessenta e nove) ações, para R$1.990.707.732,56 (um bilhão, no vecentos e noventa milhões, setecentos e sete mil, setecentos e trinta e dois reais e cinquenta e seis centavos), dividido em 692 .370.186 (seiscentos e noventa e dois milhões, trezentos e s etenta mil e cento e oitenta e seis) ações, todas subscritas e integra lizadas. Dias D ́Ávila, 04 de maio de 2018. André Luis da Costa Gaia Diretor Financeiro e de Relações com Investidores



PARANAPANEMA S.A. CNPJ nº 60.398.369/0004-79 NIRE 29.300.030.155 Companhia Aberta Mapa Final de Votação Detalhado Assembleias Gerais Ordinária e Extraordinária de 12/03/2018 Dias D’Ávila, 16 de março de 2018. A Paranapanema S.A. (“Companhia”), vem, nos termos da Instrução CVM nº. 481/2009, disponibilizar o Mapa Final de Votação Detalhado, com os votos proferidos por meio dos Boletins de Voto à Distância e com os votos proferidos presencialmente, para as matérias tratadas nas Assembleias Gerais Ordinária e Extraordinária, realizadas no dia 12 de março de 2018. Para maiores informações, por favor, entrar em contato com a área de Relações com Investidores: (11) 2199-7604 ou [email protected] Dias D ́Ávila, 16 de março de 2018. André Luis da Costa Gaia Diretor Financeiro e de Relações com Investidores



PARANAPANEMA S.A. CNPJ nº 60.398.369/0004-79 NIRE 29.300.030.155 Companhia Aberta Aviso aos Acionistas Dias D’Ávila, 20 de fevereiro de 2018. A Paranapanema S.A. (“Companhia”), vem, nos termos do Ofício Circular/CVM/SEP nº. 01/2017, informar que recebeu de seus acionistas a indicação de candidatos para compor vagas de membros suplentes do Conselho de Administração e de candidatos para compor vagas de membro efetivo e de membro suplente do Conselho Fiscal, a seguir descritos, pelo prazo determinado no Estatuto Social da Companhia. Conselho de Administração: Candidato Titular Candidato Suplente Silvani Alves Pereira Osvaldo Bruno Brasil Cavalcante Paulo José Galli Luis Antônio Tauffer Padilha João José Oliveira de Araújo José Eduardo Wendler Paulo Amador Thomaz Alves da Cunha Bueno Endrigo de Pieri Perfetti Conselho Fiscal: Candidato Titular Candidato Suplente Marcelo Adilson Tavarone Torresi Marcos Reinaldo Severino Peters As informações dos itens 12.5 a 12.10 do conteúdo do Formulário de Referência, previstas no Anexo A da Instrução CVM nº. 552/14, constam no Anexo II do Manual e Proposta da Administração da Companhia para a Assembleia Geral Ordinária e Extraordinária, que será realizada no dia 12 de março de 2018, reapresentado nesta data nos sites da CVM (www.cvm.gov.br), da B3 S.A. – Brasil, Bolsa, Balcão (http://www.b3.com.br) e no site de Relações com Investidores da Companhia (http://www.paranapanema.com.br/ri). Comunicamos ainda que, nos termos da Instrução CVM nº. 481/09, disponibilizamos também, nesta data, uma nova versão do Boletim de Voto à Distância referente à Assembleia Geral Ordinária da Companhia, que será realizada no dia 12 de março de 2018, a fim de incluir os novos candidatos ao Conselho de Administração e ao Conselho Fiscal da Companhia, acima descritos, assim como a opção de voto à distância para a deliberação sobre a fixação da remuneração do Conselho de Administração, da Diretoria Executiva e do Conselho Fiscal para o exercício de 2018.



PARANAPANEMA S.A. CNPJ/MF nº 60.398.369/0004-79 NIRE 29.300.030.155 Companhia Aberta AVISO AOS ACIONISTAS COMUNICAÇÃO SOBRE AUMENTO DE CAPITAL DELIBERADO EM REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REALIZADA EM 13 DE SETEMBRO DE 2017 A PARANAPANEMA S.A. (“Companhia” ou “Paranapanema”) em conformidade com o artigo 30, inciso XXXII, da Instrução CVM nº 480, de 7 de dezembro de 2009, conforme alterada (“ICVM 480”), vem prestar as informações requeridas no Anexo 30-XXXII da referida instrução, em razão da aprovação do aumento do capital social da Companhia, em reunião do Conselho de Administração realizada em 13 de setembro de 2017, no âmbito da oferta pública de distribuição primária das Ações (conforme definido abaixo) no Brasil, em mercado de balcão não organizado, em conformidade com os procedimentos da Instrução CVM nº 476, de 16 de janeiro de 2009 (“Instrução CVM 476”), do Código ANBIMA de Regulação e Melhores Práticas para as Ofertas Públicas de Distribuição e Aquisição de Valores Mobiliários atualmente em vigor (“Código ANBIMA”) e demais disposições legais aplicáveis, incluindo o Regulamento de Listagem do Novo Mercado da B3 S.A. – Brasil, Bolsa, Balcão (“B3”) e o Ofício Circular 087/2014-DP, de 28 de novembro de 2014, emitido pela B3 (“Ofício 87/2014” e “Oferta Restrita”, respectivamente): 1. Informar o valor do aumento de capital e do novo capital social O capital social da Companhia será aumentado, dentro do limite do capital autorizado (“Aumento de Capital”), nos termos do artigo 5º, parágrafo 4º, do Estatuto Social da Companhia, no montante de R$ 352.358.788,08 (trezentos e cinquenta e dois milhões trezentos e cinquenta e oito mil setecentos e oitenta e oito reais e oito centavos) por meio da emissão de 225.871.018 (duzentos e vinte cinco milhões oitocentos e setenta e um mil e dezoito) novas ações ordinárias, nominativas, escriturais, sem valor nominal, livres e desembaraçadas de quaisquer ônus ou gravames ("Ações"), com exclusão do direito de preferência dos acionistas da Companhia, nos termos do artigo 172, inciso I, da Lei nº 6.404, de 15 de dezembro de 1976, conforme alterada (“Lei das Sociedades por Ações”), e com a concessão do direito de prioridade na subscrição das Ações, nos termos do artigo 9º-A da Instrução CVM 476, conforme deliberado no subitem (j) abaixo (“Oferta Prioritária”). Em decorrência do Aumento de Capital, o capital social da Companhia passa a ser de R$ 1.735.349.256,56 (um bilhão, setecentos e trinta e cinco milhões, trezentos e quarenta e nove mil e duzentos e cinquenta e seis reais e cinquenta e seis centavos), dividido em 545.047.960 (quinhentos e quarenta e cinco milhões, quarenta e sete mil e novecentos e sessenta) ações ordinárias. 2. O emissor deve divulgar ao mercado o valor do aumento e do novo capital social, e se o aumento será realizado mediante: I - conversão de debêntures ou outros títulos de dívida em ações; II - exercício de direito de subscrição ou de bônus de subscrição; III - capitalização de lucros ou reservas; ou IV - subscrição de novas ações.



PARANAPANEMA S.A. CNPJ/MF nº 60.398.369/0004-79 NIRE 29.300.030.155 Companhia Aberta AVISO AOS ACIONISTAS COMUNICAÇÃO SOBRE AUMENTO DE CAPITAL DELIBERADO EM REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REALIZADA EM 13 DE SETEMBRO DE 2017 A PARANAPANEMA S.A. (“Companhia” ou “Paranapanema”) em conformidade com o artigo 30, inciso XXXII, da Instrução CVM nº 480, de 7 de dezembro de 2009, conforme alterada (“ICVM 480”), vem prestar as informações requeridas no Anexo 30-XXXII da referida instrução, em razão da aprovação do aumento do capital social da Companhia, em reunião do Conselho de Administração realizada em 13 de setembro de 2017, no âmbito da oferta pública de distribuição primária das Ações (conforme definido abaixo) no Brasil, em mercado de balcão não organizado, em conformidade com os procedimentos da Instrução CVM nº 476, de 16 de janeiro de 2009 (“Instrução CVM 476”), do Código ANBIMA de Regulação e Melhores Práticas para as Ofertas Públicas de Distribuição e Aquisição de Valores Mobiliários atualmente em vigor (“Código ANBIMA”) e demais disposições legais aplicáveis, incluindo o Regulamento de Listagem do Novo Mercado da B3 S.A. – Brasil, Bolsa, Balcão (“B3”) e o Ofício Circular 087/2014-DP, de 28 de novembro de 2014, emitido pela B3 (“Ofício 87/2014” e “Oferta Restrita”, respectivamente): 1. Informar o valor do aumento de capital e do novo capital social O capital social da Companhia será aumentado, dentro do limite do capital autorizado (“Aumento de Capital”), nos termos do artigo 5º, parágrafo 4º, do Estatuto Social da Companhia, no montante de R$ 352.358.788,08 (trezentos e cinquenta e dois milhões trezentos e cinquenta e oito mil setecentos e oitenta e oito reais e oito centavos) por meio da emissão de 225.871.018 (duzentos e vinte cinco milhões oitocentos e setenta e um mil e dezoito) novas ações ordinárias, nominativas, escriturais, sem valor nominal, livres e desembaraçadas de quaisquer ônus ou gravames ("Ações"), com exclusão do direito de preferência dos acionistas da Companhia, nos termos do artigo 172, inciso I, da Lei nº 6.404, de 15 de dezembro de 1976, conforme alterada (“Lei das Sociedades por Ações”), e com a concessão do direito de prioridade na subscrição das Ações, nos termos do artigo 9º-A da Instrução CVM 476, conforme deliberado no subitem (j) abaixo (“Oferta Prioritária”). Em decorrência do Aumento de Capital, o capital social da Companhia passa a ser de R$ 1.735.349.256,56 (um bilhão, setecentos e trinta e cinco milhões, trezentos e quarenta e nove mil e duzentos e cinquenta e seis reais e cinquenta e seis centavos), dividido em 545.047.960 (quinhentos e quarenta e cinco milhões, quarenta e sete mil e novecentos e sessenta) ações ordinárias. 2. O emissor deve divulgar ao mercado o valor do aumento e do novo capital social, e se o aumento será realizado mediante: I - conversão de debêntures ou outros títulos de dívida em ações; II - exercício de direito de subscrição ou de bônus de subscrição; III - capitalização de lucros ou reservas; ou IV - subscrição de novas ações.



PARANAPANEMA S.A. CNPJ/MF nº 60.398.369/0004-79 NIRE 29.300.030.155 Companhia Aberta AVISO AOS ACIONISTAS COMUNICAÇÃO SOBRE AUMENTO DE CAPITAL DELIBERADO EM REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REALIZADA EM 13 DE SETEMBRO DE 2017 A PARANAPANEMA S.A. (“Companhia” ou “Paranapanema”) em conformidade com o artigo 30, inciso XXXII, da Instrução CVM nº 480, de 7 de dezembro de 2009, conforme alterada (“ICVM 480”), vem prestar as informações requeridas no Anexo 30-XXXII da referida instrução, em razão da aprovação do aumento do capital social da Companhia, em reunião do Conselho de Administração realizada em 13 de setembro de 2017, no âmbito da oferta pública de distribuição primária das Ações (conforme definido abaixo) no Brasil, em mercado de balcão não organizado, em conformidade com os procedimentos da Instrução CVM nº 476, de 16 de janeiro de 2009 (“Instrução CVM 476”), do Código ANBIMA de Regulação e Melhores Práticas para as Ofertas Públicas de Distribuição e Aquisição de Valores Mobiliários atualmente em vigor (“Código ANBIMA”) e demais disposições legais aplicáveis, incluindo o Regulamento de Listagem do Novo Mercado da B3 S.A. – Brasil, Bolsa, Balcão (“B3”) e o Ofício Circular 087/2014-DP, de 28 de novembro de 2014, emitido pela B3 (“Ofício 87/2014” e “Oferta Restrita”, respectivamente): 1. Informar o valor do aumento de capital e do novo capital social O capital social da Companhia será aumentado, dentro do limite do capital autorizado (“Aumento de Capital”), nos termos do artigo 5º, parágrafo 4º, do Estatuto Social da Companhia, no montante de R$ 352.358.788,08 (trezentos e cinquenta e dois milhões trezentos e cinquenta e oito mil setecentos e oitenta e oito reais e oito centavos) por meio da emissão de 225.871.018 (duzentos e vinte cinco milhões oitocentos e setenta e um mil e dezoito) novas ações ordinárias, nominativas, escriturais, sem valor nominal, livres e desembaraçadas de quaisquer ônus ou gravames ("Ações"), com exclusão do direito de preferência dos acionistas da Companhia, nos termos do artigo 172, inciso I, da Lei nº 6.404, de 15 de dezembro de 1976, conforme alterada (“Lei das Sociedades por Ações”), e com a concessão do direito de prioridade na subscrição das Ações, nos termos do artigo 9º-A da Instrução CVM 476, conforme deliberado no subitem (j) abaixo (“Oferta Prioritária”). Em decorrência do Aumento de Capital, o capital social da Companhia passa a ser de R$ 1.735.349.256,56 (um bilhão, setecentos e trinta e cinco milhões, trezentos e quarenta e nove mil e duzentos e cinquenta e seis reais e cinquenta e seis centavos), dividido em 545.047.960 (quinhentos e quarenta e cinco milhões, quarenta e sete mil e novecentos e sessenta) ações ordinárias. 2. O emissor deve divulgar ao mercado o valor do aumento e do novo capital social, e se o aumento será realizado mediante: I - conversão de debêntures ou outros títulos de dívida em ações; II - exercício de direito de subscrição ou de bônus de subscrição; III - capitalização de lucros ou reservas; ou IV - subscrição de novas ações.



PARANAPANEMA S.A. CNPJ nº 60.398.369/0004-79 NIRE 29.300.030.155 Companhia Aberta Aviso aos Acionistas Indicação de candidato a membro do conselho fiscal apresentada por acionista Dias D’Ávila, 27 de abril de 2017. A Paranapanema S.A. (“Companhia”) vem por meio deste, nos termos do Ofício Circular/CVM/SEP/Nº01/2017, informar que recebeu de um de seus acionistas a indicação do candidato para compor a vaga de membro suplente do Conselho Fiscal, pelo prazo determinado pelo Estatuto Social da Companhia, formando- se, portanto, a seguinte proposta de composição: Conselho Fiscal: Candidato Titular Candidato Suplente Paulo H. B. Rodrigues Costa Marcos Brasiliano Rosa As informações dos itens 12.5 a 12.10 do conteúdo do Formulário de Referência, previstas no Anexo A da Instrução CVM nº 552/14, constam do Anexo II ao Manual da AGOE, o qual foi reapresentado nesta data nos sites da CVM (www.cvm.gov.br), da BM&FBOVESPA (www.bmfbovespa.com.br) e no site de Relações com Investidores da http://www.paranapanema.com.br/ri). Comunicamos, ainda, que a publicação dos documentos exigidos pela legislação aplicável foi oportunamente realizada pela Companhia nos jornais costumeiros. Para mais informações, por favor, entre em contato com a área de Relações com Investidores: (11) 2199-7604 ou [email protected] Dias D ́Ávila, 27 de abril de 2017. Marcos Paletta Camara Diretor Presidente e de Relações com Investidores



PARANAPANEMA S.A. CNPJ nº 60.398.369/0004-79 NIRE 29.300.030.155 Companhia Aberta Aviso aos Acionistas Mudança de local de realização das Assembleias Gerais Ordinárias e Extraordinária, convocadas para o dia 28 de abril de 2017 (“AGOE”), e da Assembleia Geral Extraordinária, convocada para o dia 29 de abril de 2017 (“AGE”) E Indicação de candidatos a membros do Conselho Fiscal Dias D’Ávila, 24 de abril de 2017. A Paranapanema S.A. (“Companhia”) vem por meio deste informar que, em função de uma possível greve geral que vem sendo organizada pelos sindicatos de diversas categorias, e que pode afetar tanto a sede da Companhia quanto a infraestrutura para chegada na sede, a Companhia, de forma preventiva e excepcional, alterará o local de realização da AGOE e da AGE, de forma a permitir e facilitar a participação de seus acionistas. O novo endereço de realização da AGOE e AGE será: Novotel Salvador Hangar Aeroporto Avenida Luis Viana Filho, 13145 - Mussurunga I, Salvador - BA, 41500-300 A Companhia informa, ainda, que recebeu de um de seus acionistas a indicação de candidato para compor o Conselho Fiscal, bem como que a Administração da Companhia indica nomes também para composição do Conselho Fiscal, pelo prazo determinado pelo Estatuto Social da Companhia. Os nomes indicados são, respectivamente: Candidato Titular Candidato Suplente Paulo H. B. Rodrigues Costa A definir Oscar Malvessi Fábio Cornibert As informações dos itens 12.5 a 12.10 do conteúdo do Formulário de Referência, previstas no Anexo A da Instrução CVM nº 552/14, constam do Anexo II ao Manual da AGOE, o qual foi reapresentado nesta data nos sites da CVM (www.cvm.gov.br), da BM&FBOVESPA (www.bmfbovespa.com.br) e no site de Relações com Investidores da Companhia (http://www.paranapanema.com.br/ri). Para mais informações, por favor, entre em contato com a área de Relações com Investidores: (11) 2199-7604 ou [email protected] Dias D ́Ávila, 24 de abril de 2017. Marcos Paletta Camara Diretor Presidente e de Relações com Investidores



PARANAPANEMA S.A. CNPJ nº 60.398.369/0004-79 NIRE 29.300.030.155 Companhia Aberta Aviso aos Acionistas Indicação de candidato a membro do conselho fiscal apresentada por acionista Dias D’Ávila, 13 de abril de 2017. A Paranapanema S.A. (“Companhia”) vem por meio deste informar que recebeu de um de seus acionistas a indicação dos seguintes candidatos para compor o Conselho Fiscal, pelo prazo determinado pelo Estatuto Social da Companhia: Conselho Fiscal: Candidato Titular Candidato Suplente Antônio Farina Fábio Luís Talavera Tolin A eleição para membro do Conselho Fiscal se dará nas Assembleias Gerais Ordinária e Extraordinária da Companhia, convocada para ser realizada no dia 28 de abril de 2017, às 15h00, na sede social da Companhia, situada na Via do Cobre, nº 3.700, Área Industrial Oeste, Complexo Petroquímico de Camaçari, em Dias D ́Ávila (BA), CEP 42850-000 (“AGOE”). As informações dos itens 12.5 a 12.10 do conteúdo do Formulário de Referência, previstas no Anexo A da Instrução CVM nº 552/14, constam do Anexo II ao Manual da AGOE, o qual foi reapresentado nesta data nos sites da CVM (www.cvm.gov.br), da BM&FBOVESPA (www.bmfbovespa.com.br) e no site de Relações com Investidores da http://www.paranapanema.com.br/ri). Comunicamos, ainda, que a publicação dos documentos exigidos pela legislação aplicável foi oportunamente realizada pela Companhia nos jornais costumeiros. Para mais informações, por favor, entre em contato com a área de Relações com Investidores: (11) 2199-7604 ou [email protected] Dias D ́Ávila, 13 de abril de 2017. Marcos Paletta Camara Diretor Presidente e de Relações com Investidores