DOMMOA companhia terá por objeto a exploração, produção e comercialização de petróleo e seus derivados, gás natural e outros hidrocarbonetos fluidos

DMMO

R$ 4.45 0.00 (0.00%)

Principais Acionistas

NomeOrd.Pref.
Settlement Shareco L.p. - Gradual Cctvm35.42%0%
Pimco Investiment Management Company Llc28.01%0%
Osx-3 Leasing B.v.22.8%0%
Outros13.76%0%
Ações Tesouraria0.01%0%

Contatos

Endereço

R Lauro Muller. 116 - 38º Andar - Salas 3802 E Rio de Janeiro RJ


Relacionamento com Investidores

Diretor: Eduardo Yuji Tsuji
Email: [email protected]
Site: www.dommoenergia.com.br


Escriturador

ITAU CORRETORA ACOES, email:

Cotação

Ativo Realizável

Passivo Exigível

Destaques Financeiros

Receita e Lucro

2018201720162015201420132012
Receita Líquida5382734264811987265845499890888355830
Resultado Bruto236682-84958-113475-1570821844592868650
EBIT-524677-1970333-419921-5798469795029-166066090
Resultado Financeiro-20345-1156012-180348-259278-832828-14001680
Lucro Líquido-670977-1952711-649466-6655499811023-168690470
D&A0-27-49483-887371104581442050
EBITDA-504332-814348-289056-40930510738315-150622360
Margem Bruta0.4397062457154641-0.19920699867051522-0.5710123486609704-0.268723408987099450.186494022776537570.343311197092329550
Margem EBITDA-0.9369446359003702-1.9094590380345198-1.4545454545454546-0.700206483973114410.85678422951244-18.02602015598690
Margem Líquida-1.2465366087468626-4.578658838260087-3.2681481034187776-1.13856836638160359.919261986799961-20.1883559143735560

Distribuição de Lucro

2018201720162015201420132012
Lucro por Ação-0.25173179213870717-5.16-5.37024-6.24624190.16478-2.012020
Total de Dividendos0000000
Payout0000000
Dividend Yield0000000

Dívida

2018201720162015201420132012
Patrimônio Líquido-376350392412-931287-678938618311-97267590
Dívida C.P.0000000
Dívida C.P. em Real0000000
Dívida C.P. Estrangeira0000000
Dívida L.P.0000000
Dívida L.P. em Real0000000
Dívida L.P. Estrangeira0000000
Caixa15731142537318742354617760742100
Dívida Bruta0000000
Dívida Líquida-157311-42537-31874-23546-177607-42100

Fluxo de Caixa

2018201720162015201420132012
Caixa Operacional349893135766172543337-374856-3919590
Caixa de Investimento-251339-125301-102962-205048196120-28778910
Caixa de Financiamento1622019810956576503521334175940

Indicadores Fundamentalistas

LPALucro por Ação-0.25173179213870717P/LPreço/Lucro
DMMO3
DMMO11
-17.67754466844616
-0.8342212090727401
VPAValor Patrimonial por Ação-0.1411959873012077P/VPPreço/Valor Patrimonial
DMMO3
DMMO11
-31.516476388999603
-1.4872943913909924
ROEReturn On Equity178.28537265842965P/EBITPreço/Ebit
DMMO3
DMMO11
-22.60671973233056
-1.0668339648964982
LCLiquidez Corrente1.0128301240173925PSRPrice Sales Ratio
DMMO3
DMMO11
22.03570658197606
1.039887276902241
DBPLDívida Bruta/Patrimônio Líquido0P/ATIVOSPreço/Ativos Totais
DMMO3
DMMO11
18.55546099766751
0.8756509684292533
GAGiro do Ativo0.84206335424909P/CGPreço/Capital de Giro
DMMO3
DMMO11
3300.2854449081806
155.74380751252087
C5ACrescimento da Receita Líquida (5 anos)-45.57885648193083P/ACLPreço/Ativo Circulante Líquido
DMMO3
DMMO11
41.8066865774225
1.9728998160131963

Balanço Anual

ContaDescrição20182017
1Ativo Total639231 0.52536486919951531346784
2Passivo Total639231 0.52536486919951531346784
1.01Ativo Circulante283716 0.35420754330457743439330
1.01.01Caixa e Equivalentes de Caixa157311 2.698215671062839342537
1.01.02Aplicações Financeiras0 0
1.01.02.01Aplicações Financeiras Avaliadas a Valor Justo através do Resultado0 0
1.01.02.01.01Títulos para Negociação0 0
1.01.02.01.02Títulos Designados a Valor Justo0 0
1.01.02.02Aplicações Financeiras Avaliadas a Valor Justo através de Outros Resultados Abrangentes0 0
0
1.01.03Contas a Receber0 116523
1.01.03.01Clientes0 0
0
0
0
0
0
1.01.03.02Outras Contas a Receber0 0
1.01.04Estoques28899 0.718133174791914416820
16820
1.01.05Ativos Biológicos0 0
1.01.06Tributos a Recuperar0 0
1.01.06.01Tributos Correntes a Recuperar0 0
1.01.07Despesas Antecipadas0 0
1.01.08Outros Ativos Circulantes97506 0.7317210070160958363450
1.01.08.01Ativos Não-Correntes a Venda0 1205920
1.01.08.02Ativos de Operações Descontinuadas0 0
1.01.08.03Outros97506 0.3810321843458389157530
1.01.08.03.01Outros créditos e despesas antecipadas15183 0.05707365544652838516102
1.01.08.03.02Depósitos vinculados3245 0.955244465898903572505
1.01.08.03.03Créditos com partes relacionadas0 0
1.01.08.03.04Instrumentos financeiros derivativos0 0
1.01.08.03.05Títulos e valores mobiliários79078 0.1473383340829621568923
1.01.08.03.06Empréstimos e financiamentos com partes relacionadas0 0
1.02Ativo Não Circulante355515 0.6082280754726961907454
1.02.01Ativo Realizável a Longo Prazo109805 0.7254586731606819399958
1.02.01.01Aplicações Financeiras Avaliadas a Valor Justo através do Resultado0 0
1.02.01.01.01Títulos Designados a Valor Justo0 0
0
0
1.02.01.02Aplicações Financeiras Avaliadas a Valor Justo através de Outros Resultados Abrangentes0 0
0
1.02.01.03Aplicações Financeiras Avaliadas ao Custo Amortizado0 0
0
0
1.02.01.04Contas a Receber0 110533
1.02.01.04.01Clientes0 0
1.02.01.05Estoques10533 0
1.02.01.06Ativos Biológicos0 1146300
0
1.02.01.07Tributos Diferidos0 0
1.02.01.07.01Imposto de Renda e Contribuição Social Diferidos0 0
1.02.01.08Despesas Antecipadas0 15225
0
0
0
1.02.01.09Créditos com Partes Relacionadas0 1237900
1.02.01.09.01Créditos com Coligadas0 0
0
1.02.01.09.03Créditos com Controladores0 189444
1.02.01.09.04Créditos com Outras Partes Relacionadas0 187780
60676
1.02.02Investimentos1677 0.9913217623497997193242
1.02.02.01Participações Societárias0 0
1.02.02.01.01Participações em Coligadas0 0
1.02.02.01.04Participações em Controladas em Conjunto0 0
1.02.02.02Propriedades para Investimento0 0
1.02.03Imobilizado244023 0.3621991861068779179139
1.02.03.01Imobilizado em Operação0 0
1.02.03.02Direito de Uso em Arrendamento0 0
1.02.03.03Imobilizado em Andamento0 0
1.02.04Intangível10 0.9999259889723568135115
1.02.04.01Intangíveis0 0
1.02.04.01.01Contrato de Concessão0 0
1.02.04.02Goodwill0 0
2.01Passivo Circulante280122 0.06458049093790498263129
2.01.01Obrigações Sociais e Trabalhistas11943 0.195432497978981414844
2.01.01.01Obrigações Sociais0 0
2.01.01.02Obrigações Trabalhistas0 0
2.01.02Fornecedores35894 0.1803151404430235243790
2.01.02.01Fornecedores Nacionais0 0
2.01.02.02Fornecedores Estrangeiros0 0
2.01.03Obrigações Fiscais35381 0.1814144517163082729948
2.01.03.01Obrigações Fiscais Federais0 0
2.01.03.01.01Imposto de Renda e Contribuição Social a Pagar0 0
2.01.03.02Obrigações Fiscais Estaduais0 0
2.01.03.03Obrigações Fiscais Municipais0 0
2.01.04Empréstimos e Financiamentos0 0
2.01.04.01Empréstimos e Financiamentos0 0
2.01.04.01.01Em Moeda Nacional0 0
2.01.04.01.02Em Moeda Estrangeira0 0
2.01.04.02Debêntures0 0
2.01.04.03Financiamento por Arrendamento Financeiro0 0
2.01.05Outras Obrigações193424 0.45277562884460837133141
2.01.05.01Passivos com Partes Relacionadas0 0
2.01.05.01.01Débitos com Coligadas0 0
2.01.05.01.03Débitos com Controladores0 0
2.01.05.01.04Débitos com Outras Partes Relacionadas0 0
2.01.05.02Outros193424 0.45277562884460837133141
2.01.05.02.01Dividendos e JCP a Pagar0 0
2.01.05.02.02Dividendo Mínimo Obrigatório a Pagar0 0
2.01.05.02.03Obrigações por Pagamentos Baseados em Ações0 0
2.01.05.02.04Contas a pagar para partes relacionadas72152 32.0215102974828342185
2.01.05.02.05Outras contas a pagar121272 0.0739485017868597130956
2.01.05.02.06Empréstimos com partes relacionadas0 0
2.01.06Provisões3480 0.915954209534850141406
2.01.06.01Provisões Fiscais Previdenciárias Trabalhistas e Cíveis0 0
2.01.06.01.01Provisões Fiscais0 0
2.01.06.01.02Provisões Previdenciárias e Trabalhistas0 0
2.01.06.01.03Provisões para Benefícios a Empregados0 0
2.01.06.01.04Provisões Cíveis0 0
2.01.06.02Outras Provisões0 0
2.01.06.02.01Provisões para Garantias0 0
2.01.06.02.02Provisões para Reestruturação0 0
2.01.06.02.03Provisões para Passivos Ambientais e de Desativação0 0
2.01.07Passivos sobre Ativos Não-Correntes a Venda e Descontinuados0 0
2.01.07.01Passivos sobre Ativos Não-Correntes a Venda0 0
2.01.07.02Passivos sobre Ativos de Operações Descontinuadas0 0
2.02Passivo Não Circulante735459 0.0639659280455643691243
2.02.01Empréstimos e Financiamentos0 0
2.02.01.01Empréstimos e Financiamentos0 0
2.02.01.01.01Em Moeda Nacional0 0
2.02.01.01.02Em Moeda Estrangeira0 0
2.02.01.02Debêntures0 0
2.02.01.03Financiamento por Arrendamento Financeiro0 0
2.02.02Outras Obrigações0 0
2.02.02.01Passivos com Partes Relacionadas0 0
2.02.02.01.01Débitos com Coligadas0 0
2.02.02.01.03Débitos com Controladores0 0
2.02.02.01.04Débitos com Outras Partes Relacionadas0 0
2.02.02.02Outros0 0
2.02.02.02.01Obrigações por Pagamentos Baseados em Ações0 0
2.02.02.02.02Adiantamento para Futuro Aumento de Capital0 0
2.02.02.02.03Empréstimos e financiamentos com partes relacionadas0 0
2.02.03Tributos Diferidos138870 2.73557498318762637175
2.02.03.01Imposto de Renda e Contribuição Social Diferidos0 0
2.02.04Provisões596589 0.08787924191368482654068
2.02.04.01Provisões Fiscais Previdenciárias Trabalhistas e Cíveis0 0
2.02.04.01.01Provisões Fiscais0 0
2.02.04.01.02Provisões Previdenciárias e Trabalhistas0 0
2.02.04.01.03Provisões para Benefícios a Empregados0 0
2.02.04.01.04Provisões Cíveis0 0
2.02.04.02Outras Provisões596589 0.08787924191368482654068
2.02.04.02.01Provisões para Garantias0 0
2.02.04.02.02Provisões para Reestruturação0 0
2.02.04.02.03Provisões para Passivos Ambientais e de Desativação0 0
2.02.04.02.04Provisões diversas596589 0.08787924191368482654068
2.02.05Passivos sobre Ativos Não-Correntes a Venda e Descontinuados0 0
2.02.05.01Passivos sobre Ativos Não-Correntes a Venda0 0
2.02.05.02Passivos sobre Ativos de Operações Descontinuadas0 0
2.02.06Lucros e Receitas a Apropriar0 0
2.02.06.01Lucros a Apropriar0 0
2.02.06.02Receitas a Apropriar0 0
2.02.06.03Subvenções de Investimento a Apropriar0 0
2.03Patrimônio Líquido Consolidado-376350 1.9590685300143726392412
2.03.01Capital Social Realizado10250677 0.00803218292342930410333679
2.03.02Reservas de Capital1705737 0.00156344386118538441708408
2.03.02.01Ágio na Emissão de Ações0 0
2.03.02.02Reserva Especial de Ágio na Incorporação0 0
2.03.02.03Alienação de Bônus de Subscrição0 0
2.03.02.04Opções Outorgadas0 0
2.03.02.05Ações em Tesouraria0 0
2.03.02.06Adiantamento para Futuro Aumento de Capital0 0
2.03.02.07Reservas de capital0 0
2.03.02.08Efeito da conversão da dívida em instrumento de patrimônio0 0
2.03.03Reservas de Reavaliação0 0
2.03.04Reservas de Lucros0 0
2.03.04.01Reserva Legal0 0
2.03.04.02Reserva Estatutária0 0
2.03.04.03Reserva para Contingências0 0
2.03.04.04Reserva de Lucros a Realizar0 0
2.03.04.05Reserva de Retenção de Lucros0 0
2.03.04.06Reserva Especial para Dividendos Não Distribuídos0 0
2.03.04.07Reserva de Incentivos Fiscais0 0
2.03.04.08Dividendo Adicional Proposto0 0
2.03.04.09Ações em Tesouraria0 0
2.03.05Lucros/Prejuízos Acumulados-12393579 0.08758125874300154-11395543
2.03.06Ajustes de Avaliação Patrimonial0 0
2.03.07Ajustes Acumulados de Conversão60815 1.2393047707490596-254132
2.03.08Outros Resultados Abrangentes0 0
2.03.09Participação dos Acionistas Não Controladores0 0
3.01Receita de Venda de Bens e/ou Serviços538273 0.2621265660134918426481
3.02Custo dos Bens e/ou Serviços Vendidos-301591 0.4103089518007035-511439
3.03Resultado Bruto236682 3.7858706655053087-84958
3.04Despesas/Receitas Operacionais-741014 0.01597421311473162-729363
3.04.01Despesas com Vendas0 0
3.04.02Despesas Gerais e Administrativas-51746 0.2540687030603566-69371
3.04.03Perdas pela Não Recuperabilidade de Ativos-403539 0.3597586515456328-630292
3.04.04Outras Receitas Operacionais-180118 0
3.04.04.01Ganho na conversão da dívida em Instrumento de Patrimônio0 0
3.04.04.02Realização de ajustes acumulados de conversão0 0
3.04.05Outras Despesas Operacionais-106597 2.7782936943962-28213
3.04.05.01Despesas com exploração0 0
3.04.05.02Outras despesas operacionais-106597 2.7782936943962-28213
3.04.05.03Perda por redução ao valor recuperável0 0
3.04.05.04Outras Receitas Operacionais0 0
3.04.06Resultado de Equivalência Patrimonial986 1.6630800268997983-1487
3.05Resultado Antes do Resultado Financeiro e dos Tributos-504332 0.3806717498382088-814321
3.06Resultado Financeiro-20345 0.9824007017228195-1156012
3.06.01Receitas Financeiras27768 0.8591014725134211197078
3.06.02Despesas Financeiras-48113 0.9644421287571411-1353090
3.07Resultado Antes dos Tributos sobre o Lucro-524677 0.7337115096788208-1970333
3.08Imposto de Renda e Contribuição Social sobre o Lucro-146300 9.30212234706616717622
3.08.01Corrente0 0
3.08.02Diferido0 0
3.09Resultado Líquido das Operações Continuadas-670977 0.6563869410271156-1952711
3.10Resultado Líquido de Operações Descontinuadas0 1-27
3.10.01Lucro/Prejuízo Líquido das Operações Descontinuadas0 0
3.10.02Ganhos/Perdas Líquidas sobre Ativos de Operações Descontinuadas0 0
3.11Lucro/Prejuízo Consolidado do Período-670977 0.6563916920754346-1952738
3.11.01Atribuído a Sócios da Empresa Controladora-670977 0.6563916920754346-1952738
3.11.02Atribuído a Sócios Não Controladores0 0
3.99Lucro por Ação - (Reais / Ação)0 0
3.99.01Lucro Básico por Ação0 0
3.99.01.01ON-25166 4876.131782945737-5.16
3.99.02Lucro Diluído por Ação0 0
3.99.02.01ON-25166 4876.131782945737-5.16
6.01Caixa Líquido Atividades Operacionais349893 1.5771769073258401135766
6.01.01Caixa Gerado nas Operações187956 1.9262383946699257-202924
6.01.01.01Prejuízo do exercício das operações em continuidade-670977 0.6563869410271156-1952711
6.01.01.02Prejuízo do exercício das operações descontinuadas0 1-27
6.01.01.03Depreciação do imobilizado e amortização do intangível25754 0.608318241428839116013
6.01.01.04Opções de ações (pro rata, cancelamento/anulação e garantias)-519 5.119047619047619126
6.01.01.05Provisão para perda em investimentos223273 0
6.01.01.06Perdas por redução ao valor recupeável de ativos403539 0.3597586515456328630292
6.01.01.07Ajuste a valor justo ativos financeiros-10155 0.750245941957698-40660
6.01.01.08Variação cambial não realizada sobre empréstimos e financiamentos-8453 0.9278717340478182-117194
6.01.01.09Juros/encargos sobre financiamento ativos e passivos provisionados-6498 0.9776609678872116-290881
6.01.01.10Tributos diferidos247995 31.6734693877551-8085
6.01.01.11Juros e variação cambial sobre provisão para abandono60395 2.162704231252618619096
6.01.01.12Amortização dos custos de captação0 0
6.01.01.13Resultado de equivalência patrimonial-986 1.66308002689979831487
6.01.01.14Perdas por redução ao valor recuperável de ativos Op. descontinuadas0 0
6.01.01.15Provisão para perda de estoques2 1.0000392141484649-51002
6.01.01.16Perda na conversão da dívida em instrumento de patrimômio0 11590937
6.01.01.17Outros-44446 36.538851351351354-1184
6.01.01.18Provisões diversas-30968 36.63636363636363869
6.01.01.19Atualização ativo não circulante disponível para venda0 0
6.01.01.20Perda na alienação de participação societária0 0
6.01.02Variações nos Ativos e Passivos161937 0.5218725087838436338690
6.01.02.01Outros créditos e partes relacionadas70249 0.6189326708182351184348
6.01.02.02Imposto de renda, contribuição social e outros impostos a recuperar-2033 1.174821566772723311629
6.01.02.03Contas a receber16523 2-16523
6.01.02.04Estoques-7554 1.071301146821464105945
6.01.02.05Fornecedores-8252 1.97059515408139268502
6.01.02.06Salários e encargos trabalhistas-2989 0.6651810584958218-1795
6.01.02.07Imposto de renda, contribuição social, participações governamentais e outros tributos à recolher5431 0.150879423606696344719
6.01.02.08Outras contas a pagar23790 0.697347496978563778605
6.01.02.09Depósitos vinculados129936 3.231064799739498630710
6.01.02.10Créditos com partes relacionadas0 0
6.01.02.11Provisões diversas-63164 0.06354336545589326-67450
6.01.03Outros0 0
6.02Caixa Líquido Atividades de Investimento-251339 1.0058818365376174-125301
6.02.01Títulos e valores mobiliários0 1-19834
6.02.02Depósitos vinculados0 0
6.02.03Aumento de capital em participações acionárias0 1-14647
6.02.04Aquisições de ativo imobilizado-428 0.9952912701468728-90895
6.02.05Alienação de ativo imobilizado376 1.7647058823529411136
6.02.06Aquisição de bens intangíveis-251287 4118.459016393443-61
6.02.07Alienação de bens intangíveis0 0
6.02.08Ajuste de conversão de moeda estrangeira0 0
6.02.09Desconsolidação PGN pós perda de controle0 0
6.02.10Aporte de capital PGN0 0
6.02.11Redução de capital em participações acionárias0 0
6.02.12Caixa recebido na alienação de parte da participação na PGN0 0
6.02.13Desconsolidação Parnaíba B.V pós alienação0 0
6.02.14Ajuste ativo imobilizado0 0
6.03Caixa Líquido Atividades de Financiamento16220 80.91919191919192198
6.03.01Aumento de capital0 1198
6.03.02Caixa consolidação OGPar5 0
6.03.03Amortização de principal de financiamentos0 0
6.03.04Pagamento de Juros0 0
6.03.05Caixa recebido na emissão de novas ações relacionadas a garantia do abandono de campo TBAZ0 0
6.03.06Venda de ações da Dommo pela OGpar16215 0
6.03.07Pagamento de custos de captação0 0
6.03.08Assunção da dívida0 0
6.03.09Consolidação investidas0 0
6.03.10Desconsolidação dos financiamentos PGN0 0
6.03.11Aumento da reserva de capital na conversão da dívida0 0
6.04Variação Cambial s/ Caixa e Equivalentes0 0
6.05Aumento (Redução) de Caixa e Equivalentes114774 9.76376254337428410663
6.05.01Saldo Inicial de Caixa e Equivalentes42537 0.3345359854426805431874
6.05.02Saldo Final de Caixa e Equivalentes157311 2.698215671062839342537
1.01.02.03Aplicações Financeiras Avaliadas ao Custo Amortizado0
1.02.01.04.02Outras Contas a Receber0
1.02.01.10Outros Ativos Não Circulantes99272
1.02.01.10.01Ativos Não-Correntes a Venda0
1.02.01.10.02Ativos de Operações Descontinuadas0
1.02.01.10.03Impostos e contribuições a recuperar99272
1.02.01.10.04Empréstimos e financiamentos com partes relacionadas0
1.02.01.10.05Depósitos vinculados0
1.02.01.10.06Títulos e valores mobiliários0
1.02.02.01.05Outros Investimentos0
3.04.04.03Provisão para perda em investimentos-223273
3.04.04.04Provisão para realização de ajustes acumulados de conversão43155

Últimos proventos

AçãoProventoAprovaçãoData-comPagamentoValor

Histórico de Proventos (0)

AçãoProventoAprovaçãoData-comCotaçãoValorYield

Bonificação, Desdobramento e Grupamento

AçãoTipoAprovaçãoData-comFator
DMMO3
Grupamento
Tue Apr 30 2019 00:00:00 GMT-0300 (Brasilia Standard Time)Fri May 31 2019 00:00:00 GMT-0300 (Brasilia Standard Time)10 para 1

Fato Relevante – 30 de abril de 2019 Página 1 de 2 DOMMO ENERGIA S.A. CNPJ nº 08.926.302/0001 - 05 Companhia Aberta – B3: DMMO3 FATO RELEVANTE - Aprovação do Grupamento de Ações - Rio de Janeiro, 30 de abril de 2019 - Dommo Energia S.A. (“Dommo Energia” ou “Comp anhia”) (B3: DMMO3; OTC: DMMOY) , em atendimento ao disposto no artigo 2 º , inciso XIV, da Instrução CVM nº 358/2002, conforme alterada , e em continuidade ao s Fato s Relevante s datado s de 28 de fevereiro de 2019 e 30 de março de 2019 , comunica aos seus acionistas e ao mercado em geral que , na presente data, foi aprovado pela assembleia geral extraordinária da Companhia o grupamento da totalidade das ações da Companhia, à razão de 10:1 , de modo que cada lote de 10 (dez) ações ordinárias seja grupado em 1 (uma) ação da mesma espécie , sem alteração do atual capital social da Companhia. O s American Depositary Receipts (ADRs) emitidos pela Companhia e as ações atreladas aos bônus de subscrição de sua emissão serão grupados à mesma razão. Dessa forma, o capital social da Companhia no va lor de R$ 412.399.052,78 (quatrocentos e doze milhões, trezentos e noventa e nove mil, cinquenta e dois reais e setenta e oito centavos) será mantido, passando a ser dividido em 270.040.228 (duzentos e setenta milhões, quarenta mil, duzentas e vinte e oito ) ações ordinárias, nominativas, escriturais e sem valor nominal, distribuídas entre os acionistas da Companhia na mesma proporção por eles detida no momento imediatamente anterior à aprovação do grupamento de ações e sem alteração dos direitos a elas iner entes. O s acionistas poderão ajustar suas respectivas posições via mercado, na medida em que detenham ações ordinárias em número que não seja múltiplo de 10 (dez) e, caso persistam frações de ações, tais frações serão aglutinadas em números inteiros e vendidas em leilão a ser realizad o pela Companhia na B3 S.A. – Brasil, Bolsa Balcão , sendo o produto da venda rateado proporcionalmente aos titulares das fraçõe s, após a liquidação financeira, conforme procedimento detalhado em Aviso aos Acionistas divulgado pela Companhia nesta data . As ações passarão a ser negociadas exclusivamente grupadas a partir de 3 de junho de 2019. A Companhia reforça o seu compromisso em manter o mercado informado a respeito dos procedimentos de operacionalização e efetivação do grupamento. Rio de Janeiro, 30 de abril de 2019. Eduardo Yuji Tsuji Diretor Financeiro e de Relações com Investidores Dommo Energia S.A. Fato Relevante – 30 de abril de 2019 Página 2 de 2 Aviso Legal Este documento pode conter algumas afirmações e informações relacionadas à Companhia que refletem a atual visão e/ou expec tativa da Companhia e de sua administração a respeito do seu plano de negócios. Estas afirmações incluem, entre outras, todas as afirmações que denotam previsão, projeção, indicam ou implicam resultados, desempenho ou realizações futuras, podendo conter pa lavras como “acreditar”, “prever”, “esperar”, “contemplar”, “provavelmente resultará” ou outras palavras ou expressões de acepção semelhante. Tais afirmações estão sujeitas a uma série de expressivos riscos, incertezas e premissas. Advertimos que diversos fatores importantes podem fazer com que os resultados reais divirjam de maneira relevante dos planos, objetivos, expectativas, estimativas e intenções expressas neste documento. Em nenhuma hipótese a Companhia ou seus conselheiros, diretores, representante s ou empregados serão responsáveis perante quaisquer terceiros (inclusive investidores) por decisões ou atos de investimento ou negócios tomados com base nas informações e afirmações constantes desta divulgação, e tampouco por danos indiretos, lucr...



Veja o documento em anexo.



Aviso aos Acionistas – 30 de abril de 2019 Página 1 de 2 DOMMO ENERGIA S.A. CNPJ nº 08.926.302/0001 - 05 Companhia Aberta – B3: DMMO3 AVISO AOS ACIONISTAS Rio de Janeiro, 30 de abril de 2019 - Dommo Energia S.A. (“Dommo Energia” ou “Companhia”) (B3: DMMO3; OTC: DMMOY) informa aos seus acionistas e ao mercado em geral que foi aprovado, na presente data em Assembleia Geral Extraordinária da Companhia, o grupamento da totalidade das ações de emissão da Companhia, à razão de 10:1, de modo que cada lote de 10 (dez) ações ordinárias seja grupado em 1 (uma) ação da mesma espécie, sem alteração do atual capital s ocial da Companhia (“ Grupamento ”) , cujo valor de R$ 412.399.052,78 (quatrocentos e doze milhões, trezentos e noventa e nove mil, cinquenta e dois reais e setenta e oito centavos) será mantido, passando, no entanto, a ser dividido em 270.040.228 (duzentos e setenta milhões, quarenta mil, duzentas e vinte e oito) ações ordinárias, nominativas, escriturais e sem valor nominal , distribuídas entre os acionistas da Companhia na mesma proporção por eles detida no momento imediatamente anterior à aprovação do grupa mento de ações e sem alteração dos direitos a elas inerentes. Os acionistas detentores de ações ordinárias de emissão da Companhia em número que não seja múltiplo de 10 (dez) deverão observar o seguinte procedimento: I. Composição de Frações de Ações : No prazo de 30 (trinta) dias a contar da divulgação deste Aviso, isto é, de 2 de maio de 2019 (inclusive) a 31 de maio de 2019 (inclusive), os acionistas poderão, a seu livre e exclusivo critério, ajustar suas respectivas posições via mercado, mediante a composição de suas frações de ações em lotes inteiros múltiplos de 10 (dez) ações, mediante negociações na B3 S.A. – Brasil, Bolsa, Balcão (“ B3 ”), por intermédio de suas corretoras, conforme as regras operacionais da própria B3 (“ Prazo de Composição ”). II. C otação Unitária : No dia útil seguinte ao fim do Prazo de Composição, isto é, em 3 de junho de 2019, as ações da Companhia passarão a ser negociadas de forma exclusivamente grupada. III. Leilão de frações de ações : Ao término do Prazo de Composição , as eventuais frações de ações que se verificarem serão aglutinadas em números inteiros e vendidas em leilão a ser realizado pela Companhia na B3, sendo que o produto da venda será rateado proporcionalmente aos titulares das frações, após a liquidação fina nceira. Os valores líquidos resultantes deste leilão serão colocados à disposição dos acionistas que fizerem jus, conforme abaixo: (i) Para os acionistas que tiverem seus registros atualizados e neles identificada conta corrente em instituição financeira para recebimento de rendimentos, os valores serão depositados em tal conta corrente; Aviso aos Acionistas – 30 de abril de 2019 Página 2 de 2 (ii) Para os acionistas que tiverem suas ações depositadas na Central Depositária de Ativos da B3, os valores serão creditados diretamente a essa instituição, que se en carregará de repassá - los aos respectivos acionistas por meio de seus Agentes de Custódia; (iii) Para os demais acionistas que não tenham seus registros atualizados, os valores ficarão à disposição para recebimento pelo acionista, munido de documentos comp robatórios de sua titularidade das ações. A data do leilão das frações de ações, bem como a data em que os recursos resultantes do leilão serão disponibilizados aos acionistas serão comunicadas após o decurso do Prazo de Composição, por meio de Aviso aos Acionistas a ser oportunamente divulgado pela Companhia. Informações Adicionais : informações adicionais poderão ser obtidas com a área de Relações com Investidores da Companhia no telefone (21) 2 1 9 6 - 4545 ou por e - mail [email protected] . Rio de Janeiro, 30 de ...



Aviso aos Acionistas – 17 de abril de 2019 Página 1 de 5 D ommo E nergia S.A. CNPJ/MF: 08.926.302/0001 - 05 Companhia Aberta – B3 : DMMO3 – AVISO AOS ACIONISTAS – Rio de Janeiro, 17 de abril de 2019 - Dommo Energia S.A. (“Dommo Energia” ou “Companhia”) (B3: DMMO3; OTC: DMMOY) , comunica aos seus acionistas e ao mercado em geral que, em Reunião do Conselho de Administração realizada na presente data, foi aprovado o aumento do capital social da Companhia, dentro do limite do capital autorizado previsto no Artigo 6º do Estatuto So cial da Companhia, em decorrência do exercício, por determinados titulares, de seus respectivos bônus de subscrição atribuídos como vantagem adicional aos acionistas da Óleo e Gás Participações S.A. (“ OGPar ”), em assembleia geral extraordinária realizada em 26 de novembro de 2018, por conta da incorporação de ações de emissão da OGPar pela Companhia (“ AGE 26.11.2018 ”). Em conformidade com o Art. 30, inciso XXXII, da Instrução CVM nº 480/2009, conforme alterada, a Companhia divulga as informações requeridas pelo respectivo Anexo 30 - XXXII da Instrução CVM nº 480/2009, como segue: ANEXO 30 - XXXII DA INSTRUÇÃO CVM 480 Comunicação sobre aumento de capital deliberado pelo Conselho de Administração 1. O emissor deve div ulgar ao mercado o valor do aumento e do novo capital social, e se o aumento será realizado mediante: (a) conversão de debêntures ou outros títulos de dívida em ações; (b) exercício de direito de subscrição ou de bônus de subscrição; (c) capitalização de l ucros ou reservas; ou (d) subscrição de novas ações. Conforme Reunião do Conselho de Administração realizada em 17 de abril de 2019, foi aprovado o aumento do capital social da Companhia, dentro do limite do capital autorizado, nos termos do Artigo 6º do Estatuto Social da Companhia, no valor total de R$ 7.042,96 (sete mil e quarenta e dois reais e noventa e seis centavos), com a emissão de 3.406 (três mil quatrocentas e seis) novas ações, todas ordinárias, nominativas, escriturais e sem valor nominal, com preço de emissão de R$ 2,0672653518 por ação, nos termos do disposto na ata de AGE 26.11.2018 , em decorrência do exercício de bônus de subscrição por determinados titulares. Aviso aos Acionistas – 17 de abril de 2019 Página 2 de 5 Dess e modo, o capital social da Companhia passará de R$ 412.392.009,82 (quatroc entos e doze milhões, trezentos e noventa e dois mil, nove reais e oitenta e dois centavos) , dividido em 2.700.398.881 (dois bilhões, setecentos milhões, trezentos e noventa e oito mil, oitocentas e oitenta e uma) ações, todas ordinárias, nominativas, escr iturais e sem valor nominal para R$ 412.399.052,78 (quatrocentos e doze milhões, trezentos e noventa e nove mil, cinquenta e dois reais e setenta e oito centavos), dividido em 2.700.402.287 (dois bilhões, setecentos milhões, quatrocentos e dois mil, duzent as e oitenta e sete) ações, todas ordinárias, nominativas e escriturais e sem valor nominal. 2. O emissor deve explicar, pormenorizadamente, as razões do aumento e suas consequências jurídicas e econômicas. O aumento de capital se dá em razão do exercíci o dos bônus de subscrição emitidos como vantagem adicional aos acionistas da OGPar em virtude da incorporação de suas ações pela Companhia, conforme aprovada em AGE 26.11.2018. 3. O emissor deve fornecer cópia do parecer do conselho fiscal, se aplicável. Não aplicável, nos termos do art. 163, III da Lei das S.A ., tendo em vista se tratar de aumento de capital deliberado por Conselho de Administração, dentro do limite do capital autorizado. 4. Em caso de aumento de capital mediante subscrição d e ações, o emissor deve...



Fato Releva nte – 0 8 de abril de 2019 Página 1 de 2 Dommo Energia S.A. CNPJ/MF: 08.926.302/0001 - 05 Companhia Aberta – B3: DMMO3 Fato Relevante – Ação Anulatória – Rio de Janeiro , 08 de abril de 2019 – Dommo Energia S.A. (“Dommo Energia” ou “Companhia”) (B3: DMMO3; OTC: DMMOY) , nos termos do artigo 157, parágrafo 4º da Lei nº 6.404/76 e da Instrução CVM nº 358/02, co munica aos seus acionistas e ao mercado em geral que e m 04 de abril de 2019 a Companhi a propôs perante a Cour d'appel (Tribunal de Apelações) de Paris, com fundamento no artigo 1520 do Código de Processo Civil Francês, ação com pedido de declaração de nulidade ("Ação Anulatória") d a sentença arbitral proferida em 24 de setembro de 2018 no procedimento arbitral entre as sociedades consorciadas para exploração do Bloco BS - 4 (“Sentença”). A Sentença que se busca declarar nula foi proferida na primeira fase do procedimento arbitral, sem fase probatória, tendo declarado que a notificação enviada pela Barra Energia do Brasil Petróleo e Gás Ltda. à Companhia , em outubro de 2017, com a intenção de exclui - la do Consórcio, havia sido válida, ressalvando que pode ser objeto de declaração de nulidade em fases posteriores da arbitragem. A Ação Anulatória é fundada em determinados vícios da Sentença, principalmente no fato de que foi proferida por Tribunal composto por árbitro que (i) in tegrou , durante longo período, relação com escritório que prestava serviços às sociedades controladoras das partes requeridas, (ii) teve importante participação na elaboração do modelo do contrato discutido entre as partes e (iii) falhou gravemente em info rmar qualquer desses fatos às partes ou aos demais árbitros . Diante da gravidade dos vícios da Sentença que está atualmente sob questionamento perante o foro competente, a Dommo Energia entende que o Superior Tribunal de Justiça – STJ , igualmente, rejeita rá a sua homologação, com o que a Sentença não produzirá efeitos no Brasil. Rio de Janeiro, 08 de abril de 2019 Eduardo Yuji Tsuji Diretor Financeiro e de Relações com Investidores Dommo Energia S.A. Fato Releva nte – 0 8 de abril de 2019 Página 2 de 2 Aviso Legal Este documento contém algumas afirmações e informações relacionadas à Companhia que refletem a atual visão e/ou expectativa da Companhia e de sua administração a respeito do seu plano de negócios. Estas afirmações incluem, entre outras, todas as afirmações que denotam previsão, projeção, indicam ou implicam resultados, desempenho ou realizações futuras, podendo conter palavras como “acreditar”, “prever”, “esperar”, “contemplar”, “provavelmente resultará” ou outras palavras ou expressões de acepção semelhant e. Tais afirmações estão sujeitas a uma série de expressivos riscos, incertezas e premissas. Advertimos que diversos fatores importantes podem fazer com que os resultados reais divirjam de maneira relevante dos planos, objetivos, expectativas, estimativas e intenções expressas neste documento. Em nenhuma hipótese a Companhia ou seus conselheiros, diretores, representantes ou empregados serão responsáveis perante quaisquer terceiros (inclusive investidores) por decisões ou atos de investimento ou negócios to mados com base nas informações e afirmações constantes desta apresentação, e tampouco por danos indiretos, lucros cessantes ou afins. A Companhia não tem intenção de fornecer aos eventuais detentores de ações uma revisão das afirmações ou análise das difer enças entre as afirmações e os resultados reais. Cada investidor deve fazer sua própria avaliação, incluindo os riscos associados, pra tomada de decisão de investimento. Contatos Investidores: Eduardo Tsuji Marcio Assis [email protected] +55 21 2196 - 4545 M...



Aviso aos Acionistas – 5 de abril de 2019. Page 1 of 4 DOMMO ENERGIA S.A. CNPJ/MF: 08.926.302/0001 - 05 Companhia Aberta – B3: DMMO3 AVISO AOS ACIONISTAS Rio de Janeiro, 5 de abril de 201 9 – Dommo Energia S.A. (“Dommo Energia” o u “Compan hia ”) (B3: DMMO3; OTC: DMMOY) , nos termos da Instrução CVM nº 358, de 3 de janeiro de 2002, conforme alterada, a Dommo Energia, em complemento ao Aviso aos Acionistas divulgado em 28 de março de 2019, esclarece aos seus acionistas e ao público em geral o preço de exercício, bem como os procedimentos a serem adotados para os detentores de bônus de subscrição de emissão da Companhia que desejarem exercê - los na primeira janela de exercício que se iniciou em 29 de março de 2019 e se encerrará em 12 de abril de 2019 (“ Janela ”), conforme abaixo: I. Preço de exercício do Bônus de Subscrição: Durante a presente Janela, cada ação emitida em decorrência do exercício de cada bônus de subscrição terá preço de emissão de R$ 2,0672653518 , conforme proposta da administração aprovada em assembleia geral extraordinária de 26 de novembro de 2018. Importante destacar, que cada bônus de subscrição dá ao seu titular o direito de subscrever 11,58808293129 ações ordinárias de emissão da Companhia. Assim, o preço total de exercício d o bônus de subscrição a ser pago pelos acionistas que manifestarem sua intenção de exercício será composto da seguinte forma: R$ 2,0672653518 x #bônus de subscrição exercidos na presente Janela x 11,58808293129 ações ordinárias de emissão da Companhia resu ltantes da conversão . Vale ressaltar, que é responsabilidade do acionista a composição de sua posição de forma a permitir a emissão de ações em números inteiros. Na hipótese de haver frações de ações resultantes do exercício do bônus de subscrição, estas s erão desconsideradas da posição dos acionistas e, na sequência, agrupadas para posterior venda a mercado. Após a finalização e liquidação do processo de alienação das sobras, a Companhia providenciará o reembolso proporcional dos valores líquidos aos acion istas que tiverem exercido os bônus de subscrição . II. Bônus de Subscrição - Escriturador : Para exercício do bônus de subscrição, os detentores de bônus de subscrição de emissão da Companhia escriturados no Banco Itaú Unibanco S.A. (“ Itaú ”), deverão, dentro do período da Janela, enviar declaração, na forma do Anexo I , informando o desejo de exercício dos bônus de subscrição e sua conversão em ações de emissão da Companhia, Aviso aos Acionistas – 5 de abril de 2019. Page 2 of 4 observado que tal declaração assinada e com reconhecimento de firma , juntamente com os documentos de comprovação de poderes pertinentes e comprovante de pagamento do preço de exercício, deverá ser entregue fisicamente para: (i) uma agência especializada do Itaú, conforme indicadas abaixo, de segunda a sexta - feira, no horá rio bancário, hipótese na qual o preço de exercício será pago mediante pagamento via TED para conta indicada pela agência. O exercício do bônus de subscrição somente será concluído mediante o pagamento no ato e dentro do período da Janela estipulada; ou (i i) diretamente para a área de Relações com Investidores da Companhia, no endereço indicado abaixo, hipótese na qual o depósito do preço de exercício deverá ser realizado diretamente para a Companhia e a Companhia, em até 2 (dois) dias úteis do recebimento da via física da correspondência acima referida, tendo confirmado a regularidade da solicitação de exercício e a realização do pagamento do preço de exercício, encaminhará a solicitação ao Itaú. Agê...



Aviso aos Acionistas - 28 de março de 201 9 Página 1 de 2 DOMMO ENERGIA S.A. CNPJ/MF: 08.926.302/0001 - 05 Companhia Aberta – B3 : DMMO 3 AVISO AOS ACIONISTAS Rio de Janeiro, 28 de março de 201 9 – a Dommo Energia S.A. (“Dommo Energia” ou “Companhia”) (B3: DMMO3; OTC: DMMOY) , comunica aos seus acionistas a abertura da janela para exercício dos bônus de subscrição emitidos como vantagem adicional aos acionistas da Óleo e Gás Participações S.A. (“OG Par”), em assembleia geral extraordinária realizada em 26 de novembro de 2018 (“Assembleia Geral Extraordinária”), por conta da incorporação de ações de emissão da OGPar. Conforme aprovado pela Assembleia Geral Extraordinária, os bônus de subscrição poderão ser exercidos dentro do prazo de 15 dias após a divulgação das informações financeiras trimestrais da Companhia (“Janela de Exercício”), de modo que a primeira Janela de Exercício terá início em 29 de março de 2019 e se encerará em 1 2 de abril de 2 019. Finda a primeira Janela de Exercício, a Companhia realizará aumento de capital social correspondente ao efetivo exercício dos bônus de subscrição. Rio de Janeiro, 28 de março de 201 9 . Eduardo Yuji Tsuji Diretor Financeiro e de Relações com Investidores Dommo Energia S.A. Aviso Legal Este documento contém algumas afirmações e informações relacionadas à Companhia que refletem a atual visão e/ou expectativa da Companhia e de sua administração a respeito do seu plano de negócios. Estas afirmações incluem, entre outras, todas as afirmações que denotam previsão, projeção, indicam ou implicam resultados, desempenho ou realizações futuras, podendo conter palavras como “acreditar”, “prever”, “esperar”, “contemplar”, “provavelmente resultará” ou outras palavras ou expressões de acepção semelhant e. Tais afirmações estão sujeitas a uma série de expressivos riscos, incertezas e premissas. Advertimos que diversos fatores importantes podem fazer com que os resultados reais divirjam de maneira relevante dos planos, objetivos, expectativas, estimativas e intenções expressas neste documento. Em nenhuma hipótese a Companhia ou seus conselheiros, diretores, representantes ou empregados serão responsáveis perante quaisquer terceiros (inclusive investidores) por decisões ou atos de investimento ou negócios to mados com base nas informações e afirmações constantes desta apresentação, e tampouco por danos indiretos, lucros cessantes ou afins. A Companhia não tem intenção de fornecer aos eventuais detentores de ações um a revisão das afirmações ou análise das difer enças entre as afirmações e os resultados reais. Cada investidor deve fazer sua própria avaliação, incluindo os riscos associados, pra tomada de decisão de investimento . Aviso aos Acionistas - 28 de março de 201 9 Página 2 de 2 Contatos Investidores: Eduardo Tsuji Marcio Assis Victor Rosenzvaig [email protected] +55 21 2196 - 4545



Fato Relevante - 28 de fevereiro de 2019 Página 1 de 2 DOMMO ENERGIA S.A. CNPJ/MF: 08.926.302/0001-05 Companhia Aberta – B3: DMMO3 FATO RELEVANTE – Adequação ao Regulamento para Listagem de Emissores da B3 – Rio de Janeiro, 28 de fevereiro de 2019 - Domm o Energia S.A. (“Dommo Energia” ou “Companhia”) (B3: DMMO3; OTC: DMMOY) , em atendimento ao disposto no artigo 157, parágrafo 4º, da Lei 6.404/1976 e às disposições da Instrução CVM nº 358/2002, conforme alteradas, em atenção ao disposto no Regulamento para Listagem de Emissore s e Admissão à Negociação de Valores Mobiliários e do Manual do Emissor da B3 S.A. – Brasil, Bolsa, Balcão (“B3”) comunica aos seus acionistas e ao mercado em geral que recebeu da Superintendência de Acompanhamento de Empresas e Ofertas de Valores Mobiliários de Renda Variável da B3, o of ício 79/2019-SAE (“Ofício” - anexo), no qual a B3 verificou que as ações ordinárias de emissão da Co mpanhia permaneceram cotadas abaixo de R$ 1,00 por unidade durante 30 (trinta) pregões consecutivos. Em atenção ao referido Ofício, a Companhia inform a que irá realizar o grupamento das ações de sua emissão, cujos termos e condições serão submetidos à aprovação dos acionistas em assembleia geral extraordinária prevista para 30 de abril de 2019. Para esse fim, a proposta da administração da Companhia contendo a razão e demais condições do grupamento será disponib ilizada tempestivamente conforme legislação vigente. A Companhia reforça o seu compromisso em manter o mercado informado a respeito da proposta de grupamento das ações, bem como dos procedim entos de operacionalização e efetivação do grupamento. Rio de Janeiro, 28 de fevereiro de 2019. Eduardo Yuji Tsuji Diretor Financeiro e de Relações com Investidores Dommo Energia S.A. Fato Relevante - 28 de fevereiro de 2019 Página 2 de 2 Aviso Legal Este documento contém algumas afirmações e informaçõe s relacionadas à Companhia que refletem a atual visão e/ou expectativa da Companhia e de sua administração a respeito do seu plano de negócios. Estas afirmações incluem, entre outras, todas as afirmações que denota m previsão, projeção, indicam ou implicam resultados, desempenho ou realizações futuras, podendo conter palavras como “acreditar”, “prever”, “esperar”, “contemplar”, “provavelmente resultará” ou outras pa lavras ou expressões de acepção semelhante. Tais afirmações estão sujeitas a uma série de expressivos ri scos, incertezas e premissas. Advertimos que diversos fatores importantes podem fazer com que os resultados reais divirjam de mane ira relevante dos planos, objetivos, expectativas, estimativas e intenções expressas neste documento. Em nenhuma hipótese a Companhia ou seus conselheiros, diretores, representantes ou empregados serão responsáveis perante quaisquer terceiros (inclusive investidores) por decisões ou atos de investimento ou negócios tomados com base nas informações e afirmações constantes desta apresentação, e tampouco por danos indi retos, lucros cessantes ou afins. A Companhia não tem intenção de fornecer aos eventuais de tentores de ações uma revisão das af irmações ou análise das diferença s entre as afirmações e os resultados reais. Cada investid or deve fazer sua própria avaliação, incluindo os riscos associados, para tomada de decisão de investimento. Contatos Relações com Investidores: Eduardo Tsuji Marcio Assis Victor Rosenzvaig [email protected] +55 21 2196-4545 Anexo I Ofício 79/2019 - SAE


DOMMO (DMMO)

DOMMO ENERGIA S.A. CNPJ/MF: 08.926.302/0001 - 05 Companhia Aberta – B3: DMM O 3 ÓLEO E GÁS PARTICIPAÇÕES S.A. CNPJ/MF: 07.957.093/0001 - 96 Companhia Aberta – B3: OGXP3 Fato Relevante - Aprovação da Incorporação de Ações de emissão da Óleo e Gás Participações S.A. pela Dommo Energia S.A. - Rio de Janeiro, 26 de novembro de 2018 – Dommo Energia S.A. (B3: DMMO3; OTC: DMMOY) (" Dommo Energia ") e Óleo e Gás Participações S.A. (B3: OGXP3; OTC: OGXPY) (“ OGP ar ” e, em conjunto com Dommo Energia, “ Companhias ”) , nos termos do artigo 157, parágrafo 4º da Lei nº 6.404/76 e da Instrução CVM nº 358/02, em continuação ao disposto no Fato Relevante de 25 de outubro de 2018, vêm informar que, nesta data, foi aprovada, em assembleias gerais das Companhias, a incorporação de ações da OGPar pela Dommo Energia (“ Incorporação de Ações ”), bem como a dispensa da Dommo Energia de aderir, neste momento, em razão da Incorporação de Ações, ao segmento de governança corporativa do Novo Mercado da B3 S.A. – Brasil, Bolsa, Balcão. Nos termos da Lei nº 6.404/76, será dado aos acionistas de ambas as Companhias dissidentes da Incorporação de Ações o prazo legal de 30 (trinta) dias a partir da publicação das atas de referidas assembleias para exercerem o direito de retirada, nos termos já divulgados pelas Companhias, ficando resguardado às administrações das Companhias a prerrogativa prevista no artigo 137, parágrafo 3º da Lei nº 6.404/76. As Companhias informam, ainda, que foi aprovada a emissão, pela Dommo Energia , de bônus de subscrições aos acionistas da OGPar como vantagem adicional às ações emitidas por conta da Incorporação de Ações. Os bônus somente serão emitidos aos acionistas da OGPar que não exercerem o direito de retirada e, p ortanto, somente serão entregues após o período para exercício de tal direito. Ressalta - se, por fim, que as ações de emissão da Dommo Energia e da OGPar permanecerão sendo negociadas separadamente até divulgação, pelas Companhias, de comunicado a respeit o do final do exercício do direito de recesso e eventual exercício da faculdade prevista no artigo 137, parágrafo 3º da Lei nº 6.404/76. Para esclarecimentos adicionais, favor entrar em contato com a Diretoria de Relações com Investidores das Companhias. Aviso Legal Este documento contém algumas afirmações e informações relacionadas à s Companhia s que refletem a atual visão e/ou expectativa da s Companhia s e de sua s administrações a respeito do s seu s plano s de negócios. Estas afirmações incluem, entre outras, todas as afirmações que denotam previsão, projeção, indicam ou implicam resultados, desempenho ou realizações futuras, podendo conter palavras como “acreditar”, “prever”, “esperar”, “contemplar”, “prova velmente resultará” ou outras palavras ou expressões de acepção semelhante. Tais afirmações estão sujeitas a uma série de expressivos riscos, incertezas e premissas. Advertimos que diversos fatores importantes podem fazer com que os resultados reais divirj am de maneira relevante dos planos, objetivos, expectativas, estimativas e intenções expressas neste documento. Em nenhuma hipótese a s Companhia s ou seus conselheiros, diretores, representantes ou empregados serão responsáveis perante quaisquer terceiros ( inclusive investidores) por decisões ou atos de investimento ou negócios tomados com base nas informações e afirmações constantes desta apresentação, e tampouco por danos indiretos, lucros cessantes ou afins. A s Companhia s não t ê m intenção de fornecer aos eventuais detentores de ações uma revisão das afirmações ou análise das diferenças entre as afirmações e os resultados reais. Cada investidor deve fa...


DOMMO (DMMO)

D OMMO ENERGIA S.A. CNPJ/MF nº 08.926.302/0001 - 05 Companhia Aberta – B3: DMMO3 AVISO AOS ACIONISTAS - Direito de Recesso - A Dommo Energia S.A. (“Dommo Energia ” ou “Companhia”) (B3: DMMO3; OTC: DMMOY) informa aos seus acionistas e ao mercado em geral que, em 26 de novembro de 2018, foi realizada a Assembleia Geral Extraordinária da Companhia , na qual foi aprovada , dentre outras deliberações, a incorporação de ações da Óleo e Gás Participaçõe s S.A. (“ OGPar ”) pela Companhia (“ Incorporação de Ações ”) e a emissão de Bônus de Subscrição . Nos termos do artigo 137 e 252, §§ 1º e 2º, da Lei nº 6.404/76 , terão direito de retirar - se da Companhia os acionistas que não votara m favoravelmente à Incorpo ração de Ações, que se abstivera m de votar ou que não comparecera m à Assembleia Geral Extraordinária que aprovou a Incorporação de Ações , e que manifestarem expressamente sua intenção de exercer o direito de retirada na forma e prazos estabelecidos neste A viso . Para o exercício desse direito deverá ser observado o que segue: (i) Condição para o exercício do direito de recesso: O direito de recesso poderá ser exercido em relação às ações de que o acionista retirante seja comprovadamente titular ininterruptamente desde 24 de outubro de 2018 até a data do efetivo exercício do direito de recesso, sendo certo que as ações adquiridas a partir de 25 de outubro de 2018, inclusive, não darão direito a recesso. (ii) Prazo para o exercício do direito de recesso: O prazo para o exercício do direito de recesso iniciar - se - á no dia 28 de novembro de 2018, dia seguinte da publicação da ata da Assembleia Geral Extraordinária, encerrando - se em 27 de dezembro de 2018, último dia para o exercício do direito de recesso. Caso o direito não seja exercido dentro do referido prazo, decairá nos termos do § 4º do artigo 137 da Lei nº 6.404/76. (iii) Valor do r eembolso por ação: O valor de reembolso será de R$ 0,1537130984 por ação, equivalente ao seu respectivo valor patrimonial constante do balanço patrimonial levantado em 30 de junho de 2018, observado, no entanto, o direito de o acionista dissidente pedir, j untamente com o reembolso, levantamento de balanço especial, nos termos do § 2º do artigo 45 da Lei nº 6.404/76 . (iv) Procedimento: Os acionistas dissidentes que pretenderem exercer o direito de recesso e cujas ações de emissão da Companhia estiverem depositad as na B3 S.A. – Brasil, Bolsa Balcão deverão exercê - lo por meio de seus agentes de custódia. Os acionistas cujas ações estiverem custodiadas no Itaú Corretora de Valores S.A., instituição escrituradora das ações da Companhia, deverão exercer o direito de r etirada comparecendo às agências do Itaú Unibanco especializadas no atendimento a acionistas, dentro do horário de expediente bancário da sua localidade e mediante preenchimento do formulário correspondente, disponível na própria instituição financeira, de vendo para tanto, entregar cópias autenticadas dos seguintes documentos: (i) Acionista Pessoa Física : Carteira de Identidade, Cadastro de Pessoa Física (CPF) e comprovante de endereço. (ii) Acionista Pessoa Jurídica : cópia autenticada do último estatuto ou contrat o social consolidado, cartão de inscrição no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ), documentação societária outorgando poderes de representação e cópias autenticadas do CPF, da Cédula de Identidade e do comprovante de residência de seus representante s. Os acionistas dissidentes que se fizerem representar por procurador deverão entregar, além dos documentos acima referidos, o respectivo i...


DOMMO (DMMO)

Fato Releva nte – 26 de novembro de 2018 Página 1 de 12 Dommo Energia S.A. CNPJ/MF: 08.926.302/0001 - 05 Companhia Aberta – B3: DMMO3 Fato Relevante – Novo Contrato de Afretamento d a FPSO OSX - 3 – Rio de Janeiro , 2 6 de novembro de 2018 – Dommo Energia S.A. (“Dommo Energia” ou “Companhia”) (B3: DMMO3; OTC: DMMOY) , nos termos do artigo 157, parágrafo 4º da Lei nº 6.404/76 e da Instrução CVM nº 358/02, comunica aos seus acionistas e ao mercado em geral que e m 26 de nove mbro de 2018 a Companhia celebrou , mediante aprovação de seu Conselho de Administração, um novo aditamento a o contrato de afretamento (“Novo Afretamento”) com a OSX 3 Leasing B.V. (“OSX 3”) , para prolongar o afretamento existente por um período de até 20 anos. A OSX 3 é a proprietária da FPSO OSX - 3 (“FPSO”) , utilizada como unidade de produção no C ampo de Tubarão Martelo (“TBMT”), que atualmente produz em torno de 6.000 barris de petróleo por dia. Adicionalm ente, em conjunto ao Novo Afretamento, a Companhia e a OSX 3 também cancelaram a opção de compra para a aquisição d o TBMT, opção esta que era detida pela OSX 3 após a recuperação judicial. Nos termos do contrato de afretamento anterior (“ Antigo Afretamento ”), que havia sido negociado como parte da reestruturação d o endividamento da Companhia enquanto ainda estava em recuperação judicial ( conforme informado no Fato Relevante divulgado em 24 de julho de 2017), a OSX 3 poderia notificar a Companhia a qualquer momento sobre sua intenção de remover a embarcação do TBMT. Além disso, como proteção adicional à OSX 3, a Companhia concedeu uma opção de compra que permiti a à OSX 3 adquirir o TBMT por USD 1,00 sob certas condições. Os termos do Antigo Afr e tamento dificultavam que a Dommo Energia continuasse com os investimentos planejados e aprovados no TBMT, dada a incerteza quanto à permanência da FPSO como unidade de produção do TBMT. O Novo Afretamento foi negociado pelas partes a fim de proporcionar à Dommo Energia a visibilidade necessária e o comprometimento de longo - prazo para investir no TBMT e aumentar su a capacidade produção. Como resultado do Novo Afretamento, a Companhia será capaz de retomar os investimentos planejados e aprovados no TBMT (“ Revitalização ”) . A Revitalização consiste na conclusão do quinto poço, 4HP, que já foi perfurado e precisa ser conectado ao FPSO, bem como atividades de workover nos quatro poços produtores , conhecidos como 2HP, 6HP, 8H e 44HP . O objetivo da Revitalização é elevar a produção d o TBMT para uma estimativa de 10.000 barris de petróleo por dia até o final de 2019. A Companhia estima que o gasto da Revitalização será de USD 80 ,0 MM (“ Gasto de Revitalização ”), montante este que deverá Fato Releva nte – 26 de novembro de 2018 Página 2 de 12 ser desembolsado ao longo d os próximos 12 a 18 meses e será financiado pelos saldos de caixa existentes e pela futura geração de caixa. Histórico : Antigo Contrato de Afretamento A baixo estão os termos gerais do Antigo Afre tamento , em vigor desde a implementação do acordo celebrado com os credores da Companhia em 24 de julho de 2017 (“Omnibus Deed”) 1 : (i) a outorga, pela Dommo Energia à OSX 3 , d e uma opção de compra sobre TBMT , através do pagamento de USD 1,00 acrescido da soma de outros valores ("Opção de Compra TBMT"); (ii) d adas certas condições precedent e s, a outorga, pela OSX 3 à Dommo Energia , de uma opção de compra sobre 4.958.471 ações emitidas pela Eneva e detidas pela OSX 3 , mediante o pagamento de USD 1,00 ("Opção ...


DOMMO (DMMO)

DOMMO ENERGIA S.A. CNPJ/MF: 08.926.302/0001 - 05 Companhia Aberta – B3: DMM3 ÓLEO E GÁS PARTICIPAÇÕES S.A. CNPJ/MF: 07.957.093/0001 - 96 Companhia Aberta – B3: OGXP3 Fato Relevante - Incorporação de Ações de emissão da Óleo e Gás Participações S.A. pela Dommo Energia S.A. - Rio de Janeiro, 25 de outubro de 2018 – Dommo Energia S.A. ( B3 : DMM O 3 ; OTC: DMMOY ) (" Dommo Energia ") e Óleo e Gás Participações S.A. (B3: OGXP3; OTC: OGXPY) (“ OGPar ” e, em conjunto com Dommo Energia , “ Companhias ”) , nos termos do artigo 157, parágrafo 4º da Lei nº 6.404/76 e da s Instruções CVM nº 358/02 e nº 565/2015 , vê m informar que, nesta data, foi celebrado entre os administradores da s Companhia s , protocolo e justificação (“ Protocolo ”) tendo por objeto a incorporação de ações d a OGPar pela Dommo Energia (“ Incorporação de Ações ”), operação esta que foi submetida aos conselhos de administração das Companhias e ao conselho fiscal da Dommo Energia , e será submetida à aprovação de seus respectivos acionistas, reunidos em assembleia geral extraordinária. 1. Identificação das sociedades envolvidas na operação e descrição sucinta das atividades por elas desempenhadas (i) Dommo Energia Identificação : DOMMO ENERGIA S.A. , companhia aberta com sede na cidade do Rio de Janeiro, Estado do Rio de Janeiro, na Rua Lauro Muller, nº 116, 38º andar, Botafogo, CEP 22290 - 160, NIRE 33.300.304.398, inscrita no CNPJ/MF sob n° 08.926.302/0001 - 05 . Atividades : Em linha com o objeto social , (a) a exploração, produção e comercialização de petróleo e seus derivados, gás natural e outros hidrocarbonetos fluidos, em especial nas áreas geográficas às quais a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis – ANP (“ ANP ”) tenha concedid o licenças; (b) prestação de serviços técnicos e outros serviços no setor de petróleo e gás natural, bem como participação de qualquer atividade desse setor; e (c) a pesquisa, a lavra, a refinação, o processamento, o comércio e o transporte, mediante autor ização ou concessão da União, de petróleo proveniente de poço, de xisto ou de outras rochas, de seus derivados, de gás natural e de outros hidrocarbonetos fluidos, apoio marítimo e apoio portuário para auxílio à exploração e produção de petróleo e gás no m ar, além das atividades vinculadas à energia, podendo promover a pesquisa, o desenvolvimento, a produção, o transporte, a distribuição e a comercialização de todas as formas de energia permitidas por lei, bem como quaisquer outras atividades correlatas ou afins; e (d) o com é rcio, exportação e distribuição de commodities em geral, inclusive agrícolas, próprios ou de terceiros, em seus estados in natura, brutos, beneficiados ou industrializados. (ii) OGPar Identificação : ÓLEO E GÁS PARTICIPAÇÕES S.A., companhia aberta com sede na cidade do Rio de Janeiro, Estado do Rio de Janeiro, na Rua Lauro Muller, nº 116, sala 3802, 38º andar, Botafogo, CEP 22290 - 160, NIRE 33.300.278.451, inscrita no CNPJ/MF sob n° 07.957.093/0001 - 96 . Atividades : Holding minoritária da Dommo Energia , porém sem atividades operacionais , à vista de que todos os ativos operacionais que eram de titularidade da OGPar foram transferidos para a Dommo Energia, no âmbito da Recuperação Judicial de ambas as Companhias, restando à OGPar, como seu único a tivo, 34.502.394 (trinta e quatro milhões, quinhentas e duas mil e trezentas e noventa e quatro) ações de emissão da Dommo Energia, que representam, nesta data, 1,2944332630% do capital social da Dommo Energia . Nada obstante , a OGPar te m ...



Dommo Energia S.A. CNPJ/MF: 08.926.302/0001 - 05 Companhia Aberta – B3: DMMO3 Fato Relevante – Bloco BS - 4: Decisão da primeira fase do procedimento arbitral instaurado pela Dommo Energia em face da QGEP e Barra – Rio de Janeiro, 2 6 de setembro de 2018 – Dommo Energia S.A. (“Dommo Energia” ou “Companhia”) (B3: DMMO3; OTC: DMMOY) , nos termos do artigo 157, parágrafo 4º da Lei nº 6.404/76 e da Instrução CVM nº 358/02, comunica aos seus acionistas e ao mercado em geral que to mou conhecimento , na data de ontem , de sentença proferida pelo Tribunal Arbitral (“Decisão”) relativa à primeira fase de procedimento arbitral administrado pela London Court of International Arbitratrion – LCIA , instaurado pela Dommo Energia em face da Queiroz Galvão Exploração e Produção S.A. (“QGEP”) e da Barra Energia do Brasil Petróleo e Gás Ltda. (“Barra”), conforme fato relevante divulgado no dia 23 de outubro de 201 7 . A referida D ecisão declara, dentre outras coisas, que a notificação emitida pela Barra em 1 0 de outubro de 201 7 , no intuito de exercer, sem oferta de pagamento de preço, a opção de exigir a exclusão da Companhia do Joint Operating Agreement – JOA, do contrato de Consórcio e do contrato de C oncessão, todos relativos ao Bloco BS - 4 – conforme fato relevante de 20 de outubro de 201 7 – , foi válida ao tempo em que realizada , devendo produzir efeitos desde a da t a de seu recebimento pela Companhia , ou seja, 11 de outubro de 2017 , sem prejuízo da possibilidade de esta exclusão ser anulada em uma etapa subsequente da arbitragem , com a produção de provas que deem suporte a tal anulação . A primeira fase do procedimento arbitral não comportava produção de provas, tendo a Decisão previsto que, em nova (s) fase (s) do procedimento arbitral, mediante produção de provas, a Dommo Energia ainda possa pleitear anulação da sua exclusão e da transferência compulsória da sua participação no Bloco BS - 4 e/ou indenização por perdas e danos contra QGEP e Barra . A D ecisão ainda está sujeita a eventuais pedidos de esclarecimento das partes envolvidas, que poder ão alterar o seu conteúdo. Os efeitos e a consequente exe quibilidade da Decisão em território nacional est ão sujeit os aos procedimentos de homologação de sentença estrangeira, a cargo do Superior Tribunal de Justiça – STJ, nos termos da Constituição Federal e da legislação vigente. Rio de Janeiro, 2 6 de setembro de 2018 . Eduardo Yuji Tsuji Diretor Financeiro e de Relações com Investidores Dommo Energia S.A. Aviso Legal Este documento contém algumas afirmações e informações relacionadas à Companhia que refletem a atual visão e/ou expectativa da Companhia e de sua administração a respeito do seu plano de negócios. Estas afirmações incluem, entre outras, todas as afirmações que denotam previsão, projeção, indicam ou implicam resultados, performance ou realizações futuras, podendo conter palavras como “acreditar”, “prever”, “esperar”, “contemplar”, “provavelmente res ultará” ou outras palavras ou expressões de acepção semelhante. Tais afirmações estão sujeitas a uma série de expressivos riscos, incertezas e premissas. Advertimos que diversos fatores importantes podem fazer com que os resultados reais divirjam de maneir a relevante dos planos, objetivos, expectativas, estimativas e intenções expressas neste documento. Em nenhuma hipótese a Companhia ou seus conselheiros, diretores, representantes ou empregados serão responsáveis perante quaisquer terceiros (inclusive inve stidores) por decisões ou atos de investimento ou negócios tomados com base nas informações e afirmações constantes desta apresentação...



Dommo Energia S.A. CNPJ/MF: 08.926.302/0001 - 05 Companhia Aberta – B3: DMMO3 Fato Relevante – Bloco BS - 4: Decisão da primeira fase do procedimento arbitral instaurado pela Dommo Energia em face da QGEP e Barra – Rio de Janeiro, 2 6 de setembro de 2018 – Dommo Energia S.A. (“Dommo Energia” ou “Companhia”) (B3: DMMO3; OTC: DMMOY) , nos termos do artigo 157, parágrafo 4º da Lei nº 6.404/76 e da Instrução CVM nº 358/02, comunica aos seus acionistas e ao mercado em geral que to mou conhecimento , na data de ontem , de sentença proferida pelo Tribunal Arbitral (“Decisão”) relativa à primeira fase de procedimento arbitral administrado pela London Court of International Arbitratrion – LCIA , instaurado pela Dommo Energia em face da Queiroz Galvão Exploração e Produção S.A. (“QGEP”) e da Barra Energia do Brasil Petróleo e Gás Ltda. (“Barra”), conforme fato relevante divulgado no dia 23 de outubro de 201 7 . A referida D ecisão declara, dentre outras coisas, que a notificação emitida pela Barra em 17 de outubro de 201 7 , no intuito de exercer, sem oferta de pagamento de preço, a opção de exigir a exclusão da Companhia do Joint Operating Agreement – JOA, do contrato de Consórcio e do contrato de C oncessão, todos relativos ao Bloco BS - 4 – conforme fato relevante de 20 de outubro de 201 7 – , foi válida ao tempo em que realizada , devendo produzir efeitos desde a da t a de seu recebimento pela Companhia , ou seja, 11 de outubro de 2017 , sem prejuízo da possibilidade de esta exclusão ser anulada em uma etapa subsequente da arbitragem , com a produção de provas que deem suporte a tal anulação . A primeira fase do procedimento arbitral não comportava produção de provas, tendo a Decisão previsto que, em nova (s) fase (s) do procedimento arbitral, mediante produção de provas, a Dommo Energia ainda possa pleitear anulação da sua exclusão e da transferência compulsória da sua participação no Bloco BS - 4 e/ou indenização por perdas e danos contra QGEP e Barra . A D ecisão ainda está sujeita a eventuais pedidos de esclarecimento das partes envolvidas, que poder ão alterar o seu conteúdo. Os efeitos e a consequente exe quibilidade da Decisão em território nacional est ão sujeit os aos procedimentos de homologação de sentença estrangeira, a cargo do Superior Tribunal de Justiça – STJ, nos termos da Constituição Federal e da legislação vigente. Rio de Janeiro, 2 6 de setembro de 2018 . Eduardo Yuji Tsuji Diretor Financeiro e de Relações com Investidores Dommo Energia S.A. Aviso Legal Este documento contém algumas afirmações e informações relacionadas à Companhia que refletem a atual visão e/ou expectativa da Companhia e de sua administração a respeito do seu plano de negócios. Estas afirmações incluem, entre outras, todas as afirmações que denotam previsão, projeção, indicam ou implicam resultados, performance ou realizações futuras, podendo conter palavras como “acreditar”, “prever”, “esperar”, “contemplar”, “provavelmente resultará” ou outras palavras ou expressões de acepção semelhan te. Tais afirmações estão sujeitas a uma série de expressivos riscos, incertezas e premissas. Advertimos que diversos fatores importantes podem fazer com que os resultados reais divirjam de maneira relevante dos planos, objetivos, expectativas, estimativas e intenções expressas neste documento. Em nenhuma hipótese a Companhia ou seus conselheiros, diretores, representantes ou empregados serão responsáveis perante quaisquer terceiros (inclusive investidores) por decisões ou atos de investimento ou negócios t omados com base nas informações e afirmações constantes desta apresentação, e...



Dommo Energia S.A. CNPJ/MF: 08.926.302/0001 - 05 Companhia Aberta – B3: DMMO3 Fato Relevante – Atualização de informações sobre o Campo de Atlanta – Rio de Janeiro, 09 de agosto de 2018 – Dommo Energia S.A. (“Dommo Energia” ou “Companhia”) (B3: DMMO3; OTC: DMMOY) , comunica aos seus acionistas e ao mercado em geral que to mou conhecimento , por meio da divulgação ao mercado realizada pel a operadora do Bloco BS - 4 (“ Operadora”), que , em consonância com os resultados obtidos, a estimativa de produção média diária de petróleo para o Campo de Atlanta foi reduzida de 16 mil barris para 13 mil barris, com margem de variação de 10%. Na visão da Operadora do ativo, o comportamento do reserva tório do Campo de Atlanta corresponde, de forma satisfatória, às expectativas . Adicionalmente, foi decidido pelo consórcio que , no primeiro trimestre de 2019 , será iniciada a perfuração do terceiro poço produtor no Campo de Atlanta para compor o Sistema de Produção Antecipada (“SPA"). O início de operação do referido poço está previsto para o segundo trimestre de 2019 , com média diária esperada de 10 mil barris de petróleo . Rio de Janeiro, 0 9 de agosto de 2018 . Eduardo Yuji Tsuji Diretor Financeiro e de Relações com Investidores Dommo Energia S.A. Aviso Legal Este documento contém algumas afirmações e informações relacionadas à Companhia que refletem a atual visão e/ou expectativa da Companhia e de sua administração a respeito do seu plano de negócios. Estas afirmações incluem, entre outras, todas as afirmações que denotam previsão, projeção, indicam ou implicam resultados, performance ou realizações futuras, podendo conter palavras como “acreditar”, “prever”, “esperar”, “contemplar”, “provavelmente resultará” ou outras palavras ou expressões de acepção semelhan te. Tais afirmações estão sujeitas a uma série de expressivos riscos, incertezas e premissas. Advertimos que diversos fatores importantes podem fazer com que os resultados reais divirjam de maneira relevante dos planos, objetivos, expectativas, estimativas e intenções expressas neste documento. Em nenhuma hipótese a Companhia ou seus conselheiros, diretores, representantes ou empregados serão responsáveis perante quaisquer terceiros (inclusive investidores) por decisões ou atos de investimento ou negócios t omados com base nas informações e afirmações constantes desta apresentação, e tampouco por danos indiretos, lucros cessantes ou afins. A Companhia não tem intenção de fornecer aos eventuais detentores de ações uma revisão das afirmações ou análise das dife renças entre as afirmações e os resultados reais. Cada investidor deve fazer sua própria avaliação, incluindo os riscos associados, p a ra a tomada de decisão de investimento. Contatos Investidores: Eduardo Tsuji Marcio Assis Victor Rosenzvaig Cinthya Coutinho [email protected] +55 21 2196 - 4545 Mídia: Cibele Flores [email protected] +55 21 219 6 - 4505



DOMMO ENERGIA S.A. CNPJ/MF: 08.926.302/0001 - 05 Companhia Aberta – B3 : DMMO 3 Fato Relevante – Interrupção da produção no poço 7 - TBMT - 2HP – Rio de Janeiro, 02 de jul ho de 2018 – a Dommo Energia S.A. (“Dommo Energia” ou “Companhia”) (B3: DMMO3; OTC: DMMOY) , nos termos do artigo 157, parágrafo 4º da Lei nº 6.404/76 e da Instrução CVM nº 358/02 , informa ao s seus acionistas e ao mercado em geral que no dia 29 de junho de 2018 devid o a uma falha na bomba centrífuga submersa (“BCS”), o poço 7 - TBMT - 2HP, localizado no Campo de Tubarão Martelo, teve sua produção interrompida por tempo indeterminado , sendo que a Companhia ainda está avaliando alternativas para a retomada da produção no re ferido poço . O poço 7 - TBMT - 2HP começou a operar em julho de 201 4 e, recentemente , produzia c erca de 700 barris de óleo diariamente. Os demais poços do Campo de Tubarão Martelo permanecem operando normalmente. Rio de Janeiro, 02 de ju l ho de 2018. Eduardo Yuji Tsuji Diretor Financeiro e de Relações com Investidores Dommo Energia S.A. Aviso Legal Este documento contém algumas afirmações e informações relacionadas à Companhia que refletem a atual visão e/ou expectativa da Companhia e de sua administração a respeito do seu plano de negócios. Estas afirmações incluem, entre outras, todas as afirmações que denotam previsão, projeção, indicam ou implicam resultados, performance ou realizações futuras, podendo conter palavras como “acreditar”, “prever”, “esperar”, “contemplar”, “provavelmente resultará” ou outras palavras ou expressões de acepção semelhan te. Tais afirmações estão sujeitas a uma série de expressivos riscos, incertezas e premissas. Advertimos que diversos fatores importantes podem fazer com que os resultados reais divirjam de maneira relevante dos planos, objetivos, expectativas, estimativas e intenções expressas neste documento. Em nenhuma hipótese a Companhia ou seus conselheiros, diretores, representantes ou empregados serão responsáveis perante quaisquer terceiros (inclusive investidores) por decisões ou atos de investimento ou negócios t omados com base nas informações e afirmações constantes desta apresentação, e tampouco por danos indiretos, lucros cessantes ou afins. A Companhia não tem intenção de fornecer aos eventuais detentores de ações uma revisão das afirmações ou análise das dife renças entre as afirmações e os resultados reais. Cada investidor deve fazer sua própria avaliação, incluindo os riscos associados, pra to mada de decisão de investimento . Contatos Investidores: Eduardo Tsuji Marcio Assis Victor Rosenzvaig Cinthya Coutinho [email protected] +55 21 2196 - 4545 Mídia: Cibele Flores [email protected] +55 21 2196 - 45 05



304306583 v1 DOMMO ENERGIA S.A. CNPJ/MF N.º 08.926.302/0001-05 NIRE 33.3.0030439-8 AVISO AOS ACIONISTAS Nos termos das Instruções da Comissão de Valores Mobiliários (“CVM”) nos 358, de 3 de janeiro de 2002 e 480, de 7 de dezembro de 2009 (“Instrução CVM 480”), conforme alteradas, os administradores da Dommo Energia S.A. (“Companhia”) vêm a público informar que, em Reunião do Conselho de Administração realizada em 02 de outubro de 2017, foi aprovado o aumento de capital da Companhia, no valor total de R$ 1.045.088.218,30 (um bilhão, quarenta e cinco milhões, oitenta e oito mil, duzentos e dezoito reais e trinta centavos), com a emissão de 799.633.206 (setecentos e noventa e nove milhões, seiscentos e trinta e três mil, duzentas e seis) novas ações ordinárias, nominativas, escriturais e sem valor nominal, mediante capitalização de créditos, dentro do limite do capital autorizado, nos termos do artigo 6º do Estatuto Social da Companhia (“Aumento de Capital”). Em conformidade com o artigo 30, inciso XXXII, da Instrução CVM 480, a Companhia divulga abaixo o Anexo 30-XXXII da Instrução CVM 480, contendo informações e detalhes a respeito do Aumento de Capital e do procedimento para subscrição das ações ordinárias então emitidas: ANEXO 30-XXXII DA INSTRUÇÃO CVM 480 Comunicação sobre aumento de capital deliberado pelo Conselho de Administração 1. O emissor deve divulgar ao mercado o valor do aumento e do novo capital social, e se o aumento será realizado mediante: (a) conversão de debêntures ou outros títulos de dívida em ações; (b) exercício de direito de subscrição ou de bônus de subscrição; (c) capitalização de lucros ou reservas; ou (d) subscrição de novas ações. O capital social da Companhia será aumentado no valor total de R$ 1.045.088.218,30 (um bilhão, quarenta e cinco milhões, oitenta e oito mil, duzentos e dezoito reais e trinta centavos), passando este de R$ 8.607.471.061,07 (oito bilhões, seiscentos e sete milhões,