23/05/2019CNTOAçãoFREDocumento original

GRUPO SBF S.A. Companhia Aberta CNPJ n.º 13.217.485/0001-11 NIRE 35300390458 FATO RELEVANTE Apresentação de Proposta Concorrente para Aquisição da Netshoes São Paulo, 23 de maio de 2019 - Grupo SBF S.A. (B3: CNTO3) ("Companhia" ou "Centauro"), vem, em atendimento ao disposto no artigo 157, §4º da Lei nº 6.404, de 15 de dezembro de 1976, conforme alterada, e nos termos da Instrução CVM nº 358, de 3 de janeiro de 2002, conforme alterada, comunicar aos seus acionistas e ao mercado em geral o que se segue. Em 29 de abril de 2019, a Companhia tomou conhecimento da celebração pela Magazine Luiza S.A., sua subsidiária Magazine Luiza Cayman Ltd. (“Magazine Luiza Cayman” e, em conjunto com Magazine Luiza S.A., simplesmente “Magazine Luiza”) e pela Netshoes (Cayman) Ltd ("Netshoes"), do "Agreement and Plan of Merger" que contempla a aquisição pela Magazine Luiza da totalidade das ações representativas do capital social da Netshoes, por um preço por ação de USD2,00, perfazendo um preço total estimado de aproximadamente USD62 milhões, condicionado à aprovação em Special Shareholders Meeting da Netshoes, a ser realizada. Em 2 de maio de 2019, o Presidente do Conselho de Administração convocou uma reunião extraordinária do Conselho de Administração que, nos termos do artigo 17, parágrafo primeiro, do Estatuto Social da Companhia, foi realizada em 9 de maio de 2019, onde o Conselho solicitou à Diretoria realizar análise aprofundada sobre os negócios da Netshoes para avaliar o mérito de uma transação estratégica. Ato contínuo, os membros do Conselho de Administração da Companhia voltaram a se reunir em 22 de maio de 2019 para dar seguimento à deliberação do tema em questão, em observância ao dever fiduciário que requer constante atenção às oportunidades de interesse da Companhia e de seus acionistas. Sendo assim, após apresentação que foi oferecida pela Diretoria ao Conselho de Administração da Companhia que, em resumo, compreendeu (i) uma explanação sobre a estratégia de crescimento da sua plataforma digital impulsionada pela multicanalidade (OmniChannel), que pode ser alcançada por meio de crescimento orgânico e/ou aquisições estratégicas; (ii) avaliação das atividades operacionais e financeiras da Netshoes com base em informações extraídas do Form 20-F e Form 6-K disponibilizados no website da US Securities and Exchange Commission ("SEC"); (iii) análise pormenorizada da estrutura do "Agreement and Plan of Merger”, identificando mecanismo que regula a possibilidade ...


O comunicado foi processado automaticamente. Acesse o conteúdo completo a partir do documento original
23/05/2019DTEXAçãoFREDocumento original

CNPJ 97.837.181/0001-47 Companhia Aberta FATO RELEVANTE ASSINATURA DO CONTRATO DE AQUISIÇÃO DA “CECRISA” DURATEX S.A. (“DURATEX” ou “Companhia”), maior empresa produtora de painéis de madeira industrializada, louças e metais sanitários do Hemisfério Sul e líder no mercado brasileiro de pisos laminados, comunica aos seus acionistas e ao mercado em geral que, em 22 de maio de 2019, assinou Contrato de Compra e Venda de Ações e Quotas Sociais com Cláusulas Suspensivas para aquisição de 100% da empresa CECRISA REVESTIMENTOS CERÂMICOS S.A. (“CECRISA”) através da sua controlada CEUSA. Fundada na década de 1970, a CECRISA, uma das maiores empresas de revestimentos cerâmicos do Brasil com posicionamento no segmento premium, produz e comercializa produtos com as marcas CECRISA e PORTINARI. Com capacidade de produção de 20 milhões m²/ano, possui três unidades fabris no Brasil, sendo duas em Criciúma (SC) e uma em Santa Luzia (MG), e cerca de 1.700 colaboradores. No exercício fiscal de 2018, registrou receita líquida de R$ 652 milhões e EBITDA ajustado de R$ 112 milhões. O valor, sujeito à variação do capital de giro e da dívida líquida, é de até R$ 539 milhões em 22 de maio de 2019, e será composto por: (i) pagamento de R$ 264 milhões em dinheiro; e (ii) possível preço adicional de até R$ 275 milhões na hipótese de verificação futura de determinadas condições suspensivas. O valor da dívida líquida da CECRISA era de R$ 442 milhões em 30 de abril de 2019. Com a transação, a Companhia espera capturar gradualmente sinergias operacionais e administrativas acima de R$ 250 milhões. A aquisição da CECRISA está alinhada ao propósito da Duratex em oferecer “Soluções para melhor viver”. Ela representa um importante passo na continuidade da estratégia de ampliação do portfólio da companhia, que reúne atualmente as marcas Durafloor (pisos laminados e LVT), Deca (louças e metais sanitários), Hydra (produtos para aquecimento de água e válvulas), Duratex (painéis de madeira e revestimentos de paredes e forros) e Ceusa (revestimentos cerâmicos), além da incorporação de mais uma marca forte, reconhecida no mercado como sinônimo de qualidade e design, a PORTINARI. A conclusão dessa operação está sujeita ao cumprimento de condições precedentes, entre elas a aprovação da aquisição pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica – CADE. Caso verificadas quaisquer das hipóteses previstas no artigo 256 da Lei 6.404/76, será convocada Assembleia Geral dos Acionistas da DURATEX para rat ...


O comunicado foi processado automaticamente. Acesse o conteúdo completo a partir do documento original
23/05/2019TOTSAçãoFREDocumento original

TOTVS S.A. Companhia Aberta CNPJ 53.113.791/0001-22 NIRE 35.300.153.171 FATO RELEVANTE TOTVS S.A. (B3: TOTS3) ("Companhia"), em cumprimento ao disposto no artigo 157, parágrafo 4º, da Lei n.º 6.404, de 15 de dezembro de 1976, conforme alterada ("Lei das Sociedades por Ações"), na Instrução da Comissão de Valores Mobiliários ("CVM") n.º 358, de 3 de janeiro de 2002, conforme alterada, e na Instrução da CVM n.º 476, de 16 de janeiro de 2009, conforme alterada ("Instrução CVM 476"), dando continuidade às informações divulgadas no fato relevante divulgado pela Companhia em 9 de maio de 2019 ("Fato Relevante da Oferta ") e no comunicado ao mercado divulgado pela Companhia em 16 de maio de 2019, informa aos seus acionistas e ao mercado em geral que, em reunião do Conselho de Administração da Companhia realizada nesta data, no âmbito da oferta pública de distribuição primária com esforços restritos de ações ordinárias, nominativas, escriturais, sem valor nominal, livres e desembaraçadas de quaisquer ônus ou gravames, de emissão da Companhia ("Oferta"), aprovou a fixação do preço por ação no valor de R$39,50 ("Preço por Ação"), perfazendo o montante total de R$1.066.500.000,00. Foi determinado que, do Preço por Ação de R$39,50: (i) R$12,64 sejam destinados ao capital social, totalizando o montante de R$341.280.000,00; e (ii) o saldo, de R$26,86 por ação, seja destinado à formação de reserva de capital, na forma do disposto no artigo 182, parágrafo 1º, alínea "a", da Lei das Sociedades por Ações, totalizando o montante de R$725.220.000,00. Em razão do aumento do capital social, no contexto da Oferta, mediante a emissão de 27.000.000 novas ações ordinárias, nominativas, escriturais, sem valor nominal, livres e desembaraçadas de quaisquer ônus ou gravames, de emissão da Companhia ("Ações"), número este que inclui as Ações Adicionais (conforme definido abaixo), o capital social passou de R$1.041.228.564,43, dividido em 165.637.727 ações ordinárias, todas nominativas, escriturais e sem valor nominal, para R$1.382.508.564,43, dividido em 192.637.727 ações ordinárias, todas nominativas, escriturais e sem valor nominal. Aprovações Societárias A realização da Oferta, com a exclusão do direito de preferência dos atuais acionistas da Companhia, nos termos do artigo 172, inciso I, da Lei das Sociedades por Ações e do artigo 9º do estatuto social da Companhia, e seus termos e condições foram aprovados pelo Conselho de Administração da Companhia, em reunião realizada em 9 d ...


O comunicado foi processado automaticamente. Acesse o conteúdo completo a partir do documento original
23/05/2019ELETAçãoFREDocumento original

LISTEDNYSEEBR & EBR.BLISTEDNYSEEBR & EBR.BELET3 & ELET6 Internet: www.eletrobras.com/elb/ri E-mail: [email protected] Endereço: Rua da Quitanda,196 – 9º andar. 20090-070, Centro. Rio de Janeiro - RJ Telefone: (21) 2514-6333 / 4627 Este documento pode conter estimativas e projeções que não são declarações de fatos ocorridos no passado, mas refletem crenças e expectativas de nossa administração e podem constituir estimativas e projeções sobre eventos futuros de acordo com Seção 27A do Securities Act de 1933, conforme alterado, e Seção 21E do Securities and Exchange Act de 1934, conforme alterado. As palavras “acredita”, “poderá”, “pode”, “estima”, “continua”, “antecipa”, “pretende”, “espera” e similares têm por objetivo identificar estimativas que necessariamente envolvem riscos e incertezas, conhecidos ou não. Riscos e incertezas conhecidos incluem, mas não se limitam a: condições econômicas, regulatórias, políticas e comerciais gerais no Brasil e no exterior, variações nas taxas de juros, inflação e valor do Real, mudanças nos volumes e padrão de uso de energia elétrica pelo consumidor, condições competitivas, nosso nível de endividamento, a possibilidade de recebermos pagamentos relacionados a nossos recebíveis, mudanças nos níveis de chuvas e de água nos reservatórios usados para operar nossas hidrelétricas, nossos planos de financiamento e investimento de capital, regulamentações governamentais existentes e futuras, e outros riscos descritos em nosso relatório anual e outros documentos registrados perante CVM e SEC. Estimativas e projeções referem-se apenas à data em que foram expressas e não assumimos nenhuma obrigação de atualizar quaisquer dessas estimativas ou projeções em razão da ocorrência de nova informação ou eventos futuros. Os resultados futuros das operações e iniciativas das Companhias podem diferir das expectativas atuais e o investidor não deve se basear exclusivamente nas informações aqui contidas. Este material contém cálculos que podem não refletir resultados precisos devido a arredondamentos realizados. FATO RELEVANTE CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS S/A CNPJ: 00.001.180/0001-26 | NIRE: 533.0000085-9 COMPANHIA ABERTA Centrais Elétricas Brasileiras S/A Centrais Elétricas Brasileiras S/A (“Companhia” ou “Eletrobras”) (B3: ELET3, ELET5 & ELET6; NYSE: EBR & EBR.B; LATIBEX: XELT.O & XELT.B), em atendimento ao disposto na Instrução da Comissão de Valores Mobiliários (“CVM”) nº 358, de 3 de janeiro de 2002, conforme alterada, com ...


O comunicado foi processado automaticamente. Acesse o conteúdo completo a partir do documento original
23/05/2019MGLUAçãoFREDocumento original

MAGAZINE LUIZA S.A. Companhia Aberta de Capital Autorizado CNPJ/MF 47.960.950/0001-21 NIRE 35.3.0010481.1 FATO RELEVANTE Magazine Luiza S.A. (“Companhia”), dando continuidade ao Fato Relevante divulgado em 29 de abril de 2019, vem, em atendimento ao disposto no artigo 157, §4º da Lei nº 6.404, de 15 de dezembro de 1976, conforme alterada (“Lei das Sociedades por Ações”), e nos termos da Instrução da Comissão de Valores Mobiliários n° 358, de 3 de janeiro de 2002, conforme alterada, comunicar que o Conselho Administrativo de Defesa Econômica – CADE publicou nesta data o despacho da Superintendência Geral que aprovou a Operação sem restrições. Finalmente, a Companhia manterá seus acionistas e o mercado em geral devidamente informados sobre a conclusão e demais informações da Operação, nos termos da legislação aplicável. São Paulo, 23 de maio de 2019. Roberto Bellissimo Rodrigues Diretor de Relações com Investidores 2 MAGAZINE LUIZA S.A. Publicly-Held Company CORPORATE TAXPAYER ID (CNPJ/MF): 47.960.950/0001-21 COMPANY REGISTRY (NIRE): 35.3.0010481.1 MATERIAL FACT Magazine Luiza S.A. (the "Company"), continuing with the Material Fact released on April 29, 2019, pursuant to article 157, paragraph 4 of Law 6,404, dated December 15, 1976, as amended ("Brazilian Corporation Law"), and pursuant to Instruction of the Brazilian Securities and Exchange Commission no. 358 of January 3, 2002, as amended, announces that the Administrative Council for Economic Defense (CADE) published on this date the order of the General Superintendence that approved the Transaction without restrictions. Finally, the Company will keep its shareholders and the market in general duly informed of the conclusion and other information of the Transaction, in accordance with the applicable legislation. São Paulo, May 23, 2019. Roberto Bellissimo Rodrigues Investor Relations Executive Officer


O comunicado foi processado automaticamente. Acesse o conteúdo completo a partir do documento original
23/05/2019AHEBAçãoFREDocumento original

FATO RELEVANTE SÃO PAULO TURISMO S.A. CNPJ 62.002.886/0001-60 COMPANHIA ABERTA A São Paulo Turismo S/A (“Companhia” ou “SPTURIS”) vem informar aos seus acionistas e ao mercado em geral o quanto segue abaixo. Considerando a notícia veiculada, na data de ontem, no endereço eletrônico do Tribunal de Contas do Município de São Paulo (“TCM/SP”), informamos que, igualmente no dia 22.05.19, foi realizada sessão ordinária do colegiado do TCM/SP na qual restou decidido, à unidade de votos dos conselheiros, pela suspensão do Edital 02/SMDP/2019, que trata do processo de alienação das ações detidas pela Prefeitura do Município de São Paulo (“PMSP”) na SPTURIS (“Processo de Privatização”). A decisão do Tribunal possui caráter sine die, isto é, a retomada do procedimento licitatório será submetida à deliberação do plenário somente após o cumprimento das determinações emanadas pelo TCM/SP. Por fim, para mais informações acerca da decisão proferida, das inconsistências apontadas pelo Tribunal, além de acesso ao despacho do Conselheiro Relator, Domingos Dissei, acessar o link https://portal.tcm.sp.gov.br/Pagina/10868 A Companhia informa que manterá seus acionistas e o mercado informados a respeito do assunto de que trata o presente Fato Relevante. São Paulo, 23 de maio de 2019. RODRIGO KLUSKA Diretor Administrativo, Financeiro e de Relação com Investidores


O comunicado foi processado automaticamente. Acesse o conteúdo completo a partir do documento original
22/05/2019IVPRAçãoFREDocumento original

INVESTIMENTOS E PARTICIPAÇÕES EM INFRAESTRUTURA S.A. – INVEPAR CNPJ/MF nº: 03.758.318/0001-24 NIRE nº: 33.3.002.6.520-1 LINHA AMARELA S.A. – LAMSA CNPJ/MF nº: 00.974.211/0001-25 NIRE nº: 3.330.016.238-1 FATO RELEVANTE A INVESTIMENTOS E PARTICIPAÇÕES EM INFRAESTRUTURA S.A. - INVEPAR, (“Invepar” ou “Companhia”), sociedade anônima de capital aberto, em atendimento à Instrução da Comissão de Valores Mobiliários nº 358 de 03 de janeiro de 2002, conforme alterada, e em continuidade ao Fato Relevante publicado no dia 21 de maio de 2019, informa ao mercado que a sua controlada Linha Amarela S.A. - LAMSA (“LAMSA”) obteve decisão judicial favorável determinando o restabelecimento da cobrança da tarifa de pedágio na linha Amarela e o dever de abstenção do Município do Rio de Janeiro à prática de novos atos de suspensão da cobrança de pedágio na Via Expressa até o final do processo. Esta decisão suspende os efeitos do Decreto Municipal nº 45.969 e confere segurança jurídica e regulatória, mantendo íntegras as disposições do contrato de concessão firmado pela LAMSA. A Invepar e LAMSA reiteram que as decisões da Prefeitura do Rio de Janeiro em suspender a cobrança de pedágio em um dos sentidos na Linha Amarela foram unilaterais e que, nos seus entendimentos, não encontram respaldo no contrato de concessão, além de ferir a segurança jurídica nas relações institucionais. A LAMSA cumpre rigorosamente suas obrigações contratuais junto ao Poder Concedente e, assim como todo o grupo Invepar, segue o compromisso com a ética, a transparência e a integridade em todas as suas relações. Para todos os decretos emitidos pela Prefeitura do Rio de Janeiro determinando a suspensão do pedágio, a LAMSA obteve decisões judiciais favoráveis que estabeleceram novamente o direito de cobrança da tarifa prevista no contrato de concessão. A Invepar e a LAMSA, em linha com as melhores práticas de governança corporativa, manterão o mercado e o público em geral devida e oportunamente atualizados sobre informações relevantes relacionadas a este tema. Rio de Janeiro, 22 de maio de 2019 INVESTIMENTOS E PARTICIPACÕES EM INFRAESTRUTURA S.A. - INVEPAR Enio Stein Junior Diretor de Relações com Investidores da Invepar LINHA AMARELA S.A. – LAMSA João Garcia Couri Neto Diretor Financeiro da LAMSA


O comunicado foi processado automaticamente. Acesse o conteúdo completo a partir do documento original
22/05/2019PCARAçãoFREDocumento original

COMPANHIA BRASILEIRA DE DISTRIBUIÇÃO Companhia Aberta de Capital Autorizado CNPF/MF n.º 47.508.411/0001‐56 FATO RELEVANTE A Companhia Brasileira de Distribuição (“Companhia”), em atendimento ao disposto nas Instruções CVM nº 384/03 e nº 358/02, comunica ao mercado em geral que formalizou a renovação da contratação do Credit Suisse (Brasil) S.A. Corretora de Títulos e Valores Mobiliários, com sede na Rua Leopoldo Couto de Magalhães Jr., 700, 10º andar (parte), São Paulo - SP, inscrito no CNPJ/MF sob o nº 42.584.318/0001-07 (“Formador de Mercado”), para a prestação de serviços de formador de mercado de suas ações preferenciais (PCAR4) negociadas na B3 S.A. - Brasil, Bolsa, Balcão, mediante celebração de um aditivo ao contrato que vigorará até 3 de maio de 2020, podendo ser (a) prorrogado automaticamente por períodos sucessivos de 1 (um) ano cada, caso não haja manifestação contrária de qualquer das partes, ou (b) resilido a qualquer tempo e sem qualquer ônus mediante comunicação escrita enviada à outra parte com, no mínimo, 30 (trinta) dias de antecedência da data de resilição. O objetivo da operação é promover o melhor ambiente para negociação das ações da Companhia, reforçando o compromisso com os investidores e com as melhores práticas de negociação no mercado. A Companhia informa, ainda, que nesta data existem em circulação no mercado 155.548.974 ações preferenciais de sua emissão (nos termos do §3º do artigo 8º da Instrução CVM nº 567, de 17 de setembro de 2015), e que não existe qualquer acordo ou contrato entre o Formador de Mercado e seu acionista controlador regulando o exercício do direito de voto ou a compra e venda de valores mobiliários de emissão da Companhia. São Paulo, 22 de maio de 2019. Daniela Sabbag Diretora de Relações com Investidores


O comunicado foi processado automaticamente. Acesse o conteúdo completo a partir do documento original
22/05/2019ORPDFIIAGODocumento original

Planner Corretora de Valores S.A. - Av. Brigadeiro Faria Lima, 3900 10º andar – São Paulo, SP OURO PRETO DESENVOLVIMENTO IMOBILIARIO I FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIARIO - FII CNPJ/MF Nº 19.107.604/0001-60 EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA DE COTISTAS A PLANNER CORRETORA DE VALORES S.A., instituição financeira com sede na Cidade de São Paulo, Estado de São Paulo, na Avenida Brigadeiro Faria Lima, nº 3.900, 10º andar, Itaim Bibi, CEP 04538-132, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 00.806.535/0001-54, devidamente autorizada pela Comissão de Valores Mobiliários (“CVM”) para o exercício da atividade de administração de carteiras de títulos e valores mobiliários, conforme o Ato Declaratório nº 3.585, de em 2 de outubro de 1995, na qualidade de instituição administradora (“Administradora”) do OURO PRETO DESENVOLVIMENTO IMOBILIARIO I FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIARIO - FII , inscrito no CNPJ/MF sob o nº 19.107.604/0001-60 (“Fundo”), vem, por meio desta, nos termos do Artigo 19 da Instrução CVM nº 472, de 31 de outubro de 2008, conforme alterada (“Instrução CVM 472”), convocar os cotistas do Fundo (“Cotistas”) para a Assembleia Geral Ordinária de Cotistas (“Assembleia”) a se realizar em 24 de junho de 2019, às 11h00min, na Avenida Brigadeiro Faria Lima, 3900, São Paulo - SP, CEP 04538-132, para deliberar sobre: (i) Apreciação sobre as Demonstrações Financeiras devidamente auditadas do exercício social findo em 30 de junho de 2018. Os Cotistas poderão, ainda, se manifestar por meio de comunicação escrita ou correio eletrônico (e-mail), recebida até o início da Assembleia. São Paulo, 22 de maio de 2019. PLANNER CORRETORA DE VALORES S.A.


O comunicado foi processado automaticamente. Acesse o conteúdo completo a partir do documento original
22/05/2019ORPDFIIAGODocumento original

PROPOSTA DO ADMINISTRADOR OURO PRETO DESENVOLVIMENTO IMOBILIARIO I FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIARIO - FII CNPJ/MF Nº 19.107.604/0001-60 A PLANNER CORRETORA DE VALORES S.A., instituição financeira com sede na Avenida Brigadeiro Faria Lima, nº 3.900, 10º andar, Itaim Bibi, na cidade e estado de São Paulo, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 00.806.535/0001-54, na qualidade de instituição administradora do OURO PRETO DESENVOLVIMENTO IMOBILIARIO I FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIARIO - FII, inscrito no CNPJ/MF sob o nº 19.107.604/0001-60 (“Administradora” e “Fundo”, respectivamente), vem, por meio desta, submeter aos cotistas as demonstrações financeiras devidamente auditadas do exercício social findo em 30 de junho de 2018, para deliberação na Assembleia Geral Ordinária de Cotistas, a ocorrer sede da Administradora no dia 24 de junho de 2019, às 11h00min. São Paulo, 22 de Maio de 2019. PLANNER CORRETORA DE VALORES S.A. Administradora


O comunicado foi processado automaticamente. Acesse o conteúdo completo a partir do documento original
22/05/2019TBOFFIIAACDocumento original

TBOF informou que vai pagar no dia 31/05/2019 o valor de 0.433940973134328 a quem possuir cotas do fundo no dia 22/05/2019


O comunicado foi processado automaticamente. Acesse o conteúdo completo a partir do documento original
22/05/2019CNTOAçãoAACDocumento original

GRUPO SBF S.A. Companhia Aberta CNPJ n.º 13.217.485/0001-11 NIRE 35300390458 COMUNICADO AO MERCADO São Paulo, 22 de maio de 2019 - A Grupo SBF S.A. (B3: CNTO3) ("Companhia" ou "Centauro"), vem, em atendimento ao artigo 30, inciso XXXII, da Instrução CVM 480, de 7 de dezembro de 2009, conforme alterada ("Instrução CVM 480"), prestar as informações requeridas no Anexo 30-XXXII da Instrução CVM 480, referente ao aumento de capital aprovado pelo Conselho de Administração em 13 de maio de 2019, às 11:30, decorrente do exercício do Plano de Opções da Companhia, conforme dados abaixo: I. Data da Assembleia Geral de acionistas em que o plano foi aprovado O Plano de Opções da Companhia foi aprovado na Assembleia Geral Extraordinária realizada em 16 de dezembro de 2016 ("Plano 2016"), juntamente com o 1º Programa de Opção de Compra de Ações para o ano de 2016, vinculado ao Plano 2016 ("Programa 2016"). II. Valor do aumento de capital e do novo capital social Em decorrência do exercício da opção de compra de ações, o capital social da Companhia aumentou R$ 2.786.612,00 (dois milhões, setecentos e oitenta e seis mil, seiscentos e doze reais). Em virtude de tal aumento, o capital social da Companhia passou de R$ 974.268.650,80 (novecentos e setenta e quatro milhões, duzentos e sessenta e oito mil, seiscentos e cinquenta reais e oitenta centavos) para R$ R$ 977.055.262,80 (novecentos e setenta e sete milhões, cinquenta e cinco mil, duzentos e sessenta e dois reais e oitenta centavos). III. Número de Ações emitidas de cada espécie e classe Em virtude do aumento de capital descrito acima, foram emitidas 696.653 (seiscentas e noventa e seis mil, seiscentas e cinquenta e três) ações ordinárias, todas nominativas, escriturais e sem valor nominal, e o capital social da Companhia passou a ser composto por 207.451.508 ações (duzentas e sete milhões, quatrocentas e cinquenta e uma mil e quinhentas e oito) ações ordinárias, todas nominativas, escriturais e sem valor nominal. As novas ações emitidas terão os mesmos direitos conferidos às demais ações da Companhia, nos termos do Estatuto Social da Companhia e da legislação aplicável, fazendo jus ao recebimento integral de dividendos e demais proventos de qualquer natureza que vierem a ser declarados pela Companhia. IV. Preço de emissão das novas ações O preço de emissão é de R$ 4,00 (quatro reais) por ação, conforme estipulado no Programa 2016. V. Cotação de cada uma das espécies e classes de ações da Companhia nos mercados em ...


O comunicado foi processado automaticamente. Acesse o conteúdo completo a partir do documento original
22/05/2019PETRAçãoFREDocumento original

www.petrobras.com.br/ri Para mais informações: PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. – PETROBRAS | Relações com Investidores e-mail: [email protected]/[email protected] Av. República do Chile, 65 – 1002 – 20031-912 – Rio de Janeiro, RJ. Tel.: 55 (21) 3224-1510/9947 | 0800-282-1540 Este documento pode conter previsões segundo o significado da Seção 27A da Lei de Valores Mobiliários de 1933, conforme alterada (Lei de Valores Mobiliários) e Seção 21E da lei de Negociação de Valores Mobiliários de 1934 conforme alterada (Lei de Negociação) que refletem apenas expectativas dos administradores da Companhia. Os termos: “antecipa”, “acredita”, “espera”, “prevê”, “pretende”, “planeja”, “projeta”, “objetiva”, “deverá”, bem como outros termos sim ilares, visam a identificar tais previsões, as quais, evidentemente, envolvem riscos ou incertezas, previstos ou não, pela Companhia. Portanto, os resultados futuros das operações da Companhia podem diferir das atuais expectativas, e, o leitor não deve se basear exclusivamente nas informações aqui contidas. Petrobras aprova o modelo de venda adicional de sua participação na BR Distribuidora — Rio de Janeiro, 22 de maio de 2019 – A Petróleo Brasileiro S.A. – Petrobras, em continuidade ao comunicado de 26/04/2019, informa que seu Conselho de Administração aprovou o modelo de venda adicional de sua participação na Petrobras Distribuidora (BR) a ser conduzida através de uma oferta pública secundária de ações (follow-on). Após a oferta, a participação remanescente da Petrobras no capital social da BR será inferior a 50%. Todos os atos necessários para realização da oferta estarão sujeitos à aprovação dos órgãos internos da Petrobras, notadamente quanto ao preço e percentual efetivo das ações a serem ofertadas, bem como à análise e à aprovação dos respectivos entes reguladores, nos termos da legislação aplicável. A presente comunicação não deve ser considerada como anúncio de oferta e a realização da mesma dependerá de condições favoráveis dos mercados de capitais nacional e internacional. Esta operação está alinhada à otimização do portfólio e à melhoria de alocação do capital da companhia, visando a geração de valor para os nossos acionistas.


O comunicado foi processado automaticamente. Acesse o conteúdo completo a partir do documento original
22/05/2019NATUAçãoFREDocumento original

JUR_SP - 33520580v1 - 2324004.441916 NATURA COSMÉTICOS S.A. CNPJ/MF n° 71.673.990/0001-77 Companhia Aberta NIRE 35.300.143.183 FATO RELEVANTE Aquisição da Avon e Reestruturação Societária Natura Cosméticos S.A. (“Natura”), nos termos da Lei das Sociedades por Ações (Lei 6.404/1976) e da Instrução n° 358/2002 da Comissão de Valores Mobiliários (“CVM”), informa a seus acionistas e ao mercado em geral que chegou a um acordo com a Avon Products, Inc, companhia existente de acordo com as leis de Nova Iorque (“Avon”), para adquirir a Avon em uma operação que envolve troca de ações (all-share merger), que resultará na combinação de seus negócios, operações e das bases acionárias da Natura e da Avon (a “Transação”). Uma nova sociedade holding para o grupo, Natura Holding S.A. (“Natura & Co” ou “Natura Holding”), será a titular de todas as ações da Natura e da Avon, como resultado de uma reestruturação societária a ser para implementada no contexto da Transação. I. A Companhia Combinada Com a consumação da Transação, a Natura &Co será detida aproximadamente 76% pelos acionistas da Natura no momento imediatamente anterior ao fechamento, e aproximadamente 24% pelos acionistas da Avon no momento imediatamente anterior ao fechamento, e suas ações serão listadas no segmento Novo Mercado da B3 S.A. – Brasil, Bolsa e Balcão em São Paulo (“B3”). Além disso, a Natura &Co terá American Depositary Shares evidenciadas por American Depositary Receipts (“ADRs”) listados na New York Stock Exchange (“NYSE”). Com a consumação da Transação, a Natura &Co se tornará o quarto maior grupo exclusivo de beleza do setor no mundo ao unir empresas de forte compromisso com a geração de impacto social positivo e o empoderamento das mulheres. A combinação cria um grupo de excelência em cosméticos, multimarca e multicanal, com conexão direta com as consumidoras. Juntas, as empresas ocuparão posição de liderança na venda por relações, por meio das mais de 6,3 milhões de Representantes e Consultoras da Avon e da Natura, presença geográfica global, com mais de 3,2 mil lojas, além de uma crescente força digital. Com a Avon, a Natura &Co terá faturamento anual superior a US$ 10 bilhões1, mais de 40 mil colaboradores e presença em cem países. Natura &Co espera que a combinação desses negócios resulte em sinergias estimadas entre US$ 150 milhões e US$ 250 milhões anuais, algumas das quais serão reinvestidas para aumentar ainda mais sua presença nos canais digitais e mídias sociais, em pesquisa e de ...


O comunicado foi processado automaticamente. Acesse o conteúdo completo a partir do documento original
22/05/2019SAPRAçãoFREDocumento original

COMPANHIA DE SANEAMENTO DO PARANÁ - SANEPAR COMPANHIA ABERTA Registro na CVM nº 01862-7 CNPJ nº 76.484.013/0001-45 FATO RELEVANTE A Companhia de Saneamento do Paraná – SANEPAR, em cumprimento ao disposto na Instrução CVM nº 358/2002 e dando continuidade à divulgação das informações referentes ao reajuste tarifário, comunica a seus acionistas, investidores e ao mercado em geral que o Tribunal de Contas do Estado do Paraná, em reunião do Tribunal Pleno do Órgão, determinou nesta data, pela fixação do “Reajuste Tarifário Anual de 2019” em percentual de 8,37%, a ser aplicado nas contas de água e esgoto. Em que pese a aplicação de índice parcial, a Companhia informa que envidará esforços no sentido de (i) demonstrar que o percentual de 12,13% aprovado pela Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Infraestrutura do Paraná – AGEPAR atende aos preceitos estabelecidos na metodologia regulatória e (ii) reestabelecer o seu direito ao alusivo reajuste. A Companhia manterá seus acionistas, investidores e o mercado em geral informados a respeito deste processo. Curitiba, 22 de maio de 2019. Abel Demetrio Diretor Financeiro e de Relações com Investidores


O comunicado foi processado automaticamente. Acesse o conteúdo completo a partir do documento original
22/05/2019BRDTAçãoFREDocumento original

www.br.com.br/ri Para mais informações: PETROBRAS DISTRIBUIDORA S.A. | Relacionamento com Investidores e-mail: [email protected] Rua Correia Vasques, 250, Cidade Nova - 20211-140, Rio de Janeiro - RJ | Brasil Telefone: (+55) 21 2354-4015 Fato Relevante Petrobras Distribuidora informa que recebeu pedido de cooperação de sua controladora para follow-on — Rio de Janeiro, 22 de maio de 2019. A Petrobras Distribuidora S.A. (“Companhia”) (B3: BRDT3), em atendimento ao disposto na Instrução CVM nº 358, de 3 de janeiro de 2002, conforme alterada, vem informar aos seus acionistas e ao público em geral que recebeu, em 22/05/2019, pedido de cooperação de sua acionista controladora, Petróleo Brasileiro S.A. – Petrobras, informando que seu Conselho de Administração aprovou o modelo de venda adicional de sua participação na Petrobras Distribuidora (“BR”) a ser conduzida através de uma oferta pública secundária de ações (follow-on). Neste pedido de cooperação foi informado que, após a oferta, a participação remanescente da Petrobras no capital social da BR será inferior a 50%. Nesta data, a Petrobras Distribuidora, também a pedido da Petrobras, convoca AGE para deliberar sobre alterações do Estatuto Social para adequação desta potencial nova composição acionária. Nesta comunicação da Petrobras, também nos foi informado que a referida oferta está condicionada às aprovações dos órgãos competentes, inclusive das instâncias internas da Petrobras, notadamente quanto ao preço e percentual efetivo das ações a serem ofertadas. A Companhia manterá o mercado informado acerca do assunto objeto deste fato relevante. JOSÉ ROBERTO LETTIERE Diretor Executivo Financeiro e de Relações com Investidores (CFO/IRO) PETROBRAS DISTRIBUIDORA S.A. CNPJ n.º 34.274.233/0001-02 NIRE 33.3.0001392-0 Companhia Aberta www.br.com.br/ri Para mais informações: PETROBRAS DISTRIBUIDORA S.A. | Relacionamento com Investidores e-mail: [email protected] Rua Correia Vasques, 250, Cidade Nova - 20211-140, Rio de Janeiro - RJ | Brasil Telefone: (+55) 21 2354-4015 Material Fact Petrobras Distribuidora receives cooperation request from its controlling shareholder for a follow-on operation — Rio de Janeiro, May 22, 2019. Petrobras Distribuidora S.A. (“Company”) (B3: BRDT3) in compliance with the provisions set forth in CVM Rule 358, of January 3, 2002, as amended, informs its shareholders and the market in general that on May 22, it received a request for cooperation from its controlling shareholder, Petróleo Brasileiro S. ...


O comunicado foi processado automaticamente. Acesse o conteúdo completo a partir do documento original
22/05/2019ADHMAçãoFREDocumento original

ADVANCED DIGITAL HEALTH MEDICINA PREVENTIVA S.A. CNPJ/MF nº 10.345.009/0001-98 NIRE 35.300.362.462 FATO RELEVANTE MUDANÇA NA ADMINISTRAÇÃO A ​Advanced Digital Health Medicina Preventiva S.A. (“Companhia”, “ADH”), em atendimento ao art. 157, §4º da Lei no 6.404/76 e nos termos da Instrução CVM nº 358/02, informa aos seus acionistas e ao público em geral que, em Reunião do Conselho de Administração realizada em 22 de maio de 2019, a Sra. ​Caroline Schiafino Andreis​, portadora do RG n.º 207.441.599-9 SSP/SP, inscrita no CPF/MF sob o n.º 997.669.730-91, domiciliada no Município de São Paulo, no Estado de São Paulo, na Rua Belterra n.º 291, apto 51-C, Santo Amaro – CEP 04747-140, foi eleita Diretora de Relações com Investidores da Companhia, cargo que ocupará cumulativamente com o de Diretora Presidente, em substituição à Sra. Thaise Saeter, que teve sua renúncia recebida e aceita na mesma data. Na mesma reunião, a Sra. ​Etiene da Silva du Jardin​, brasileira, casada, publicitária, inscrita no CPF/MF sob n.º 966.530.860-20, domiciliada na Rua João Ramalho n.º 1441, Bairro Perdizes, São Paulo/SP – CEP 05008-002, foi nomeada Diretora de Produto. A Sra. Etiene, profissional qualificada e com experiência reconhecida no mercado, somará esforços com a atual administração, contribuindo com a estratégia da Companhia sobre o produto InYou. São Paulo, 22 de maio de 2.019. Caroline Schiafino Andreis Diretora Presidente e Diretora de Relações com Investidores ADVANCED DIGITAL HEALTH MEDICINA PREVENTIVA S.A. CNPJ/MF nº 10.345.009/0001-98 NIRE 35.300.362.462 RELEVANT FACT CHANGE IN ADMINISTRATION Advanced Digital Health Medicina Preventiva S.A. (“Company”, “ADH”), in compliance with art. 157, paragraph 4 of Law 6,404/76 and pursuant to CVM Instruction 358/02, hereby informs its shareholders and the general public that, at a meeting of the Board of Directors held on May 22, 2019, Ms. ​Caroline Schiafino Andreis​, bearer of the Identity Card nº 207.441.599-9 SSP/SP and enrolled in the Individual Taxpayers’ Register/Ministry of Finance (CPF/MF) under nº 997.669.730-91, residing and domiciled in the City of São Paulo, State of São Paulo, at Belterra Street, nº 291, apt. 51-C, Santo Amaro, ZIP 04747-140, was appointed as Investor Relations Officer, position she’ll occupy cumulatively with Chief Executive Officer, in replacement of Ms. Thaise Saeter, who has hers resignation accepted on the same date. At the same meeting, MS. ​Etiene da Silva du Jardin, ​Brazilian, married, p ...


O comunicado foi processado automaticamente. Acesse o conteúdo completo a partir do documento original
22/05/2019NATUAçãoFREDocumento original

JUR_SP - 33525893v1 - 2324004.428493 NATURA COSMÉTICOS S.A. CNPJ/MF nº 71.673.990/0001-77 Companhia Aberta NIRE 35.300.143.183 FATO RELEVANTE Natura Cosméticos S.A. (“Companhia” ou “Natura”), nos termos do art. 157, §4º, da Lei 6.404, de 15 de dezembro de 1976, conforme alterada (“Lei nº 6.404/76”), e da Instrução da Comissão de Valores Mobiliários (“CVM”) nº 358, de 3 de janeiro de 2002, conforme alterada (“Instrução CVM 358/02”), tendo em vista as informações publicadas hoje nos artigos “Brazil’s Natura agrees to buy Avon in all-stock deal (Natura concorda em comprar Avon em uma transação exclusivamente em ações) na edição online do Financial Times, reproduzido por outros veículos de comunicação, vem comunicar a seus acionistas e ao mercado em geral que: • A Companhia informa que, conforme divulgado em Fato Relevante datado de 22 de março de 2019, vem mantendo discussões com a Avon Products, Inc. (“Avon”) a respeito de potencial transação envolvendo ambas companhias. • A Companhia confirma que está em discussões avançadas com a Avon a respeito da aquisição de Avon, em uma operação que envolve troca de ações (all-share merger), que resultaria na combinação de seus negócios, operações e das bases acionárias da Natura e da Avon (“Transação”). • As partes estão atualmente negociando os termos e condições contratuais finais da Transação. • Qualquer potencial Transação estaria sujeita às aprovações regulatórias aplicáveis, assim como à aprovação pelos órgãos de administração e bases acionárias das partes • Não há como garantir que uma Transação definitiva será anunciada ou ainda os outros termos de qualquer eventual acordo. A Companhia manterá seus acionistas e o mercado em geral atualizados sobre quaisquer novas informações relevantes e não pretende comentar rumores de mercado acerca da estimativa de tempo para o anúncio de potencial transação com Avon. São Paulo, 22 de maio de 2019. JOSÉ ANTONIO DE ALMEIDA FILIPPO Diretor Financeiro e de Relações com Investidores JUR_SP - 33525893v1 - 2324004.428493 NATURA COSMÉTICOS S.A. CNPJ/MF nº 71.673.990/0001-77 Publicly-Held Company NIRE 35.300.143.183 MATERIAL FACT Natura Cosméticos S.A. (“Company” or “Natura”), in compliance with the provisions of the Brazilian Corporate Law No. 6,404/1976 and with the provisions of the Brazilian Securities Commission (“CVM”) Ruling No. 358/2002, in light of the information published today on the article “Brazil’s Natura agrees to buy Avon in all-stock deal” on the online editio ...


O comunicado foi processado automaticamente. Acesse o conteúdo completo a partir do documento original
22/05/2019BSLIAçãoAGODocumento original

1 ATA DAS ASSEMBLEIAS GERAIS ORDINÁRIA E EXTRAORDINÁRIA DOS ACIONISTAS DO BRB-BANCO DE BRASÍLIA S.A., REALIZADAS EM 30-04-2019.................….............................................................. INSCRIÇÃO NO CADASTRO NACIONAL DE PESSOA JURÍDICA Nº 00.000.208/0001-00....................... NIRE: 53300001430............................................................................................................................. Aos trinta dias do mês de abril de dois mil e dezenove, às dez horas, na sede social do BRB-BANCO DE BRASÍLIA S.A., situada no Setor Bancário Sul, Quadra 01, Bloco “E”, Edifício Brasília, 4º andar, Brasília/DF, reuniram-se, em primeira convocação, seus acio-nistas representando mais de dois terços do capital social, consoante assinaturas no “Li-vro de Registro de Presença de Acionistas” nº 2, fls. 45. Aberta a reunião convocada para esta data e hora, tomou assento à mesa o Dr. MARLON TOMAZETTE, representante do Acionista Controlador, o Distrito Federal, que procedeu à composição da mesa, indagando aos presentes se existia alguma objeção ao seu nome, tendo sido aclamado Presidente da Assembleia, denominado doravante Presidente. Logo após, o Presidente declarou instala-da a Assembleia Geral Ordinária, convidando a mim, Dagoberto Faria Gomes, acionista, para tomar assento à mesa e exercer a função de Secretário. Iniciando os trabalhos, o Presidente solicitou ao Secretário que procedesse à leitura do Edital de Convocação das Assembleias, publicado no Diário Oficial do Distrito Federal e no Correio Braziliense, nos dias 1º, 02 e 03-04-2019, com o seguinte teor: “BRB-BANCO DE BRASÍLIA S.A. CNPJ: 00.000.208/0001-00 ASSEMBLEIAS GERAIS ORDINÁRIA E EXTRAORDINÁRIA DOS ACIO-NISTAS EDITAL DE CONVOCAÇÃO O Conselho de Administração do BRB-Banco de Brasília S.A. convida os senhores Acionistas para se reunirem em Assembleias Gerais Ordinária e Extraordinária que se realizarão em sua sede social, situada no Setor Bancário Sul Qua-dra 01 Bloco “E” - Edifício Brasília – 4º andar – nesta Capital, às 10 horas do dia 30 de abril de 2019, com a seguinte ordem do dia: 1- Quanto à Assembleia Geral Ordinária: a) eleger membro do Conselho Fiscal indicado pelo Acionista Controlador. 2- Quanto à As-sembleia Geral Extraordinária: a) destituir e eleger membros do Conselho de Administra-ção indicados pelo Acionista Controlador. b) destituir e eleger membros do Conselho Fis-cal indicados pelo Acionista Controlador. c) deliberar sobre proposta de rem ...


O comunicado foi processado automaticamente. Acesse o conteúdo completo a partir do documento original
21/05/2019VLIDAçãoFREDocumento original

FATO RELEVANTE Valid assina contrato com o Inep para a impressão segura do Enem 2019 Rio de Janeiro, 21 de maio de 2019 – A Valid Soluções S.A. ("Companhia") (B3: VLID3 ON) comunica aos seus acionistas e ao mercado em geral que assinou o contrato 06/2019 com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), autarquia ligada ao Ministério da Educação (MEC), para a impressão segura das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019. De acordo com o contrato, a Valid fica responsável pela diagramação, manuseio, embalagem, rotulagem e entrega aos Correios dos cadernos de provas e instrumentos de aplicação do Enem deste ano. O documento determina, ainda, que a Companhia deve cumprir as mesmas condições oferecidas que vigoravam no contrato com o prestador de serviços anterior, conforme a previsão legal. O valor máximo do contrato pode chegar a R$ 151 milhões, dependendo da quantidade de cadernos e instrumentos impressos. Levando em consideração a quantidade de inscritos para o Enem 2019, o faturamento não deverá atingir o valor máximo do contrato. Reiterando o que já havia sido informado em Fato Relevante anterior, a Valid foi escolhida pelo Inep pois era a empresa seguinte na ordem de classificação na licitação realizada em 2016. A medida está em conformidade com os ditames estabelecidos na Lei nº 8.666/93, que estabelece normas gerais sobre licitações e contratos administrativos. Rita Cristiane Ribeiro Carvalho Diretora Financeira e de Relações com Investidores SOBRE A VALID A Valid (B³: VLID3 - ON) torna a sua vida digital mais segura com soluções que garantem identificação em documentos, smartphones, cartões com chip, certificados digitais, aplicativos bancários, meios de transporte e onde mais os dados de clientes de todo o mundo estiverem. Seis mil funcionários em 17 países consideram as particularidades de cada cultura e região para criar soluções personalizadas e integradas, colocando a Valid como relevante player global na esfera da vida conectada. Identificando objetos, transações e pessoas com segurança, é hoje a maior empresa na emissão de documentos de identificação no Brasil, 5ª maior produtora de SIM Cards do mundo e está entre as 10 maiores fabricantes de cartões bancários do planeta. Você se conecta, a Valid protege. Para saber mais, acesse www.valid.com. http://www.valid.com/ MATERIAL FACT Valid signs a contract with Inep for the secure printing of Enem 2019 Rio de Janeiro, May 21, 2019 - Valid Soluções ...


O comunicado foi processado automaticamente. Acesse o conteúdo completo a partir do documento original
21/05/2019PETRAçãoFREDocumento original

Petrobras manifesta interesse no exercício do direito de preferência na licitação dos volumes excedentes ao Contrato de Cessão Onerosa — Rio de Janeiro, 21 de maio de 2019 – A Petróleo Brasileiro S.A. – Petrobras informa que manifestou hoje ao Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) o interesse em exercer o direito de preferência na licitação dos volumes excedentes ao Contrato de Cessão Onerosa no regime de Partilha de Produção, nos termos da Lei 12.351/2010 e do Decreto Federal 9.041/2017. A Diretoria Executiva aprovou a manifestação do interesse no exercício do direito de preferência nas áreas de desenvolvimento de Búzios e Itapu, com percentual de 30%, considerando os parâmetros divulgados na Resolução do CNPE nº 08, de 09 de maio de 2019, e na Portaria do Ministério de Minas e Energia (MME) nº 213, de 23 de abril de 2019. A Petrobras também poderá ampliar sua participação mínima de 30%, na data de realização do leilão, para as áreas de desenvolvimento em que manifestou o interesse em exercer seu direito de preferência. Em relação às áreas nas quais não manifestou o interesse no direito de preferência, a companhia poderá participar em condições de igualdade com os demais licitantes, seja como operador ou não-operador. O valor correspondente ao bônus de assinatura a ser pago, caso haja confirmação do percentual de participação nos termos acima pelo CNPE, será de R$ 20.988 milhões. Em linha com as determinações do Conselho de Administração, em reunião realizada ontem, a Petrobras reitera que a assinatura do aditivo ao Contrato de Cessão Onerosa deve ocorrer antes da realização do leilão dos volumes excedentes, sujeita às condições já informadas pela Petrobras ao mercado nesta data sobre essa matéria.


O comunicado foi processado automaticamente. Acesse o conteúdo completo a partir do documento original
21/05/2019IVPRAçãoFREDocumento original

INVESTIMENTOS E PARTICIPAÇÕES EM INFRAESTRUTURA S.A. – INVEPAR CNPJ/MF nº: 03.758.318/0001-24 NIRE nº: 33.3.002.6.520-1 LINHA AMARELA S.A. – LAMSA CNPJ/MF nº: 00.974.211/0001-25 NIRE nº: 3.330.016.238-1 FATO RELEVANTE A INVESTIMENTOS E PARTICIPAÇÕES EM INFRAESTRUTURA S.A. - INVEPAR, (“Invepar” ou “Companhia”), sociedade anônima de capital aberto, em atendimento à Instrução da Comissão de Valores Mobiliários nº 358 de 03 de janeiro de 2002, conforme alterada, informa ao mercado que nesta data a Prefeitura do Município do Rio de Janeiro, na qualidade de Poder Concedente, notificou sua controlada Linha Amarela S.A. - LAMSA (“LAMSA”) a respeito do Decreto Municipal nº 45.969 datado de hoje, determinando a suspensão da cobrança da tarifa de pedágio no sentido Barra da Tijuca – Ilha do Governador. A determinação, que já foi objeto de decretos anteriores e cujos efeitos foram suspensos por meio de decisões judicias, foi cumprida pela LAMSA e as providências legais estão sendo tomadas para reverter esta decisão da Prefeitura. A Invepar e LAMSA reiteram que a decisão da Prefeitura do Rio de Janeiro é unilateral e que nos seus entendimentos não encontra respaldo no contrato de concessão firmado pela LAMSA, além deferir a segurança jurídica nas relações institucionais. A LAMSA cumpre rigorosamente o seu contrato de concessão e, assim como todo o grupo Invepar, segue o compromisso com a ética, a transparência e a integridade em todas as suas relações. A Invepar e a LAMSA, em linha com as melhores práticas de governança corporativa, manterão o mercado e o público em geral devida e oportunamente atualizados sobre informações relevantes relacionadas a este tema. Rio de Janeiro, 21 de maio de 2019 INVESTIMENTOS E PARTICIPACÕES EM INFRAESTRUTURA S.A. - INVEPAR Enio Stein Junior Diretor de Relações com Investidores da Invepar LINHA AMARELA S.A. – LAMSA João Garcia Couri Neto Diretor Financeiro da LAMSA


O comunicado foi processado automaticamente. Acesse o conteúdo completo a partir do documento original
21/05/2019VILGFIIFREDocumento original

1 Vinci Logística FII Fato Relevante 21 DE MAIO DE 2019 VINCI LOGÍSTICA FII ADQUIRE PARTICIPAÇÃO NO FERNÃO DIAS BUSINESS PARK A VINCI REAL ESTATE GESTORA DE RECURSOS LTDA. com sede na Avenida Bartolomeu Mitre, nº 336, 5º andar, Leblon, na Cidade do Rio de Janeiro, Estado do Rio de Janeiro, inscrita no CNPJ sob o nº 13.838.015/0001-75, na qualidade de gestora do VINCI LOGÍSTICA FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO – FII, inscrito no CNPJ sob o nº 24.853.004/0001-22 (“Fundo”) e a BRL TRUST DISTRIBUIDORA DE TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS S.A. com sede na Rua Iguatemi, nº 15, 19º andar, Itaim Bibi, na Cidade de São Paulo, Estado de São Paulo, inscrita no CNPJ sob o nº 13.486.793/0001-42, na qualidade de administradora do Fundo, informam aos cotistas e ao mercado em geral o que segue: Na presente data, o Fundo adquiriu a fração ideal de 61% do empreendimento denominado “Fernão Dias Business Park” (“Ativo”), localizado na Estrada Municipal Maria Margarida Pinto Dona Belinha, 742, próximo ao km 891,5 da Rodovia Fernão Dias, Município de Extrema, Estado Minas Gerais. O preço de aquisição da referida fração foi de R$ 98.231.736,57 e representa aproximadamente 62,7% dos recursos líquidos captados no âmbito da oferta pública de cotas da 2ª Emissão de cotas do Fundo, encerrada ontem, dia 20 de maio de 2019, conforme anúncio de encerramento divulgado ao mercado. O Fundo que já detinha 39% do Ativo, passa a deter a totalidade do empreendimento, o qual se encontra 100% locado. Receita e Resultado Esperado O NOI anual esperado para a referida participação é de R$ 9,2 milhões, o equivalente a um rendimento aproximado de R$ 0,35/cota ao mês, já considerando que o Fundo, após a 2ª Emissão de cotas, passou a ter um total de 2.197.403 cotas emitidas. Sobre o Ativo – Fernão Dias Business Park Localizado a apenas 700 m da rodovia Fernão Dias e próximo a alça de retorno, o empreendimento possui 54.632 m² de Área Bruta Locável, sendo composto por 9 módulos que podem ser unificados, permitindo múltiplas opções para implantação de fábricas ou centros de distribuição e logística em um só local, módulos estes divididos em duas naves, sendo que uma delas com sistema cross-docking. Atualmente, 44% dos contratos são típicos e 56% são atípicos, todos com garantia locatícia. Entre os locatários estão Pet Love, Comfrio, Intecom e Netshoes. 2 Vinci Logística FII Fato Relevante 21 DE MAIO DE 2019 O condomínio conta um rigoroso sistema de segurança, com proteção perimetral, portaria blindada e ...


O comunicado foi processado automaticamente. Acesse o conteúdo completo a partir do documento original
21/05/2019CESPAçãoAACDocumento original

CESP – COMPANHIA ENERGÉTICA DE SÃO PAULO Companhia Aberta CNPJ nº 60.933.603/0001-78 NIRE 35.300.011.996 | Código CVM 02577 AVISO AOS ACIONISTAS CESP – COMPANHIA ENERGÉTICA DE SÃO PAULO (“Companhia”), em complemento aos fatos relevantes divulgados em 19 de outubro de 2018, 10 de dezembro de 2018, 09 de janeiro de 2019, 05 de abril de 2019 e 12 de abril de 2019, bem como aos comunicados ao mercado divulgados em 11 de dezembro de 2018, 02 de janeiro de 2019 e 07 de janeiro de 2019, com referência à oferta pública de aquisição de ações ordinárias (“Ações ON”) e preferenciais classe B (“Ações PNB”) de emissão da Companhia (“OPA” ou “Oferta”) a ser realizada pela VTRM ENERGIA PARTICIPAÇÕES S.A. (“VTRM” ou “Ofertante”), comunica aos acionistas e ao mercado em geral o quanto segue: Nos termos do instrumento da OPA (“Edital”), cujo leilão está agendado para o dia 24 de maio de 2019 no âmbito da B3 S.A. – Brasil, Bolsa, Balcão (“B3”), o preço a ser ofertado por VTRM aos titulares de Ações ON e Ações PNB corresponde, respectivamente, a R$ 11,83 e R$ 14,79 por ação, devendo tais valores ser atualizados e ajustados na forma do Edital, notadamente em seus itens 4.7 e 4.8. Nesse sentido, informa-se que, observados os termos e condições do Edital, os acionistas que aderirem à Oferta no leilão farão jus a: (i) no caso dos titulares de Ações ON, R$ 11,28 por ação; e (ii) no caso dos titulares de Ações PNB, R$ 14,32 por ação. Ressalta-se que, de acordo com VTRM, os valores acima já refletem, na forma do item 4.7 do Edital, a atualização pela Taxa SELIC, e, conforme o item 4.8.1, os ajustes para refletir os dividendos declarados pela Companhia nos termos do Aviso aos Acionistas divulgado em 29 de abril de 2019. A Companhia reitera, ainda, que o Edital, com a íntegra dos termos e condições da Oferta, encontra-se disponível para consulta nos websites da Companhia (http://ri.cesp.com.br/), do Banco Santander (Brasil) S.A. (www.santander.com.br/br/pessoa-juridica/corporatefinance/ofertas-em-andamento) (“Instituição Intermediária”), da CVM (http://www.cvm.gov.br) e da B3 (http://www.b3.com.br), e também nas sedes da Companhia, da Ofertante e da Instituição Intermediária. http://ri.cesp.com.br/file:///C:/Users/pmgomes/AppData/Local/Microsoft/Windows/Temporary%20Internet%20Files/Content.Outlook/OF0LIRYT/www.santander.com.br/br/pessoa-juridica/corporatefinance/ofertas-em-andamentofile:///C:/Users/pmgomes/AppData/Local/Microsoft/Windows/Temporary%20Internet%20Files/Content.Outloo ...


O comunicado foi processado automaticamente. Acesse o conteúdo completo a partir do documento original
21/05/2019BBASAçãoFREDocumento original

Companhia Aberta CNPJ 00.000.000/0001-91 NIRE: 5330000063-8 Relações com Investidores / Investor Relations www.bb.com.br/ri [email protected] +55 11 4298-8000 FATO RELEVANTE Em conformidade com o § 4º do art. 157 da Lei nº 6.404, de 15 de dezembro de 1976 e com a Instrução CVM nº 358, de 03 de janeiro de 2002, e em complemento ao Fato Relevante de 09/05/2019, o Banco do Brasil S.A. informa o novo valor por ação referente à distribuição de JCP complementar do 1º trimestre de 2019, tendo em vista alteração no saldo de ações em tesouraria até a data-base, 21/05/2019. Valor da Remuneração Ações BB – ON Valor por ação JCP complementar R$ 0,41483872575 Brasília (DF), 21 de maio de 2019. Carlos Hamilton Vasconcelos Araújo Vice-Presidente de Gestão Financeira e Relações com Investidores Public-held Company Corporate Taxpayer´s Registry No. 00.000.000/0001-91 Company Registry No. 5330000063-8 Rule 12g3-2(b) Exemption # 82-35186 Banco do Brasil Investor Relations www.bb.com.br/ir [email protected] +55 11 4298-8000 MATERIAL FACT Pursuant to Law 6,404/76, dated December 15th, 1976, Article 157, paragraph 4th, and CVM (Brazilian Securities and Exchange Commission) Regulation 358, dated January 3rd, 2002; and in addition to the Material Fact, dated May 9th, 2019, Banco do Brasil S.A. hereby informs the new amount per share referring to the distribution of Additional IOC 1Q19, in view of the change in the balance of treasury shares up to the record date, 05/21/2019. Amount BB Voting Shares Value per share Additional IOC R$ 0,41483872575 Brasília (DF), May 21st, 2019. Carlos Hamilton Vasconcelos Araújo CFO


O comunicado foi processado automaticamente. Acesse o conteúdo completo a partir do documento original
21/05/2019CRFBAçãoAACDocumento original

ATACADÃO S.A. CNPJ/MF nº 75.315.333/0001-09 AVISO AOS ACIONISTAS PAGAMENTO DE JUROS SOBRE CAPITAL PRÓPRIO AJUSTE NO VALOR POR AÇÃO Comunicamos aos senhores acionistas do Atacadão S.A. (B3: CRFB3) (“Grupo Carrefour Brasil” ou “Companhia”) a modificação do valor por ação dos juros sobre capital próprio informado no Aviso aos Acionistas divulgado em 16 de abril de 2019, tendo em vista a variação na quantidade de ações emitidas pela Companhia em decorrência dos exercícios de opções de compra de ações, no âmbito do Plano de Opção de Compra de Ações da Companhia (Outorga Única). O montante bruto de juros sobre capital próprio a ser pago por ação de emissão da Companhia será de R$ 0,045371926, e não mais de R$ 0,045373203, como fora divulgado anteriormente, mantendo-se o montante total bruto de juros sobre capital próprio de R$ 90.000.000,00 (noventa milhões de reais). Permanecem válidas as demais informações quanto à distribuição de juros sobre capital próprio constante do Aviso aos Acionistas divulgado em 16 de abril de 2019. São Paulo, 21 de maio de 2019. Atacadão S.A. Sébastien Durchon Diretor Vice-Presidente de Finanças e Diretor de Relações com Investidores Grupo Carrefour Brasil ATACADÃO S.A. Corporate Taxpayer’s ID (CNPJ/MF): 75.315.333/0001-09 NOTICE TO SHAREHOLDERS PAYMENT OF INTEREST ON SHAREHOLDERS’ EQUITY ADJUSTMENT OF VALUE PER SHARE We hereby inform the shareholders of Atacadão S.A. (B3: CRFB3) (“Carrefour Brazil Group” or “Company”), the change in the amount per share of interest on shareholders’ equity informed in the Notice to Shareholders published on April 16, 2019, due to the variation in the number of shares issued by the Company as a result of the exercise of options, within the scope of the Company’s Single Grant Stock Option Plan. The gross amount of interest on shareholders' equity to be paid per share issued by the Company will be R$0.045371926, and not R$0.045373203, as previously disclosed, maintaining the total gross amount of interest on shareholders’ equity of ninety million of reais (R$90.000.000,00). The remaining information regarding the distribution of interest on shareholders’ equity included in the Notice to Shareholders released on April 16, 2019 remains valid. São Paulo, May 21, 2019 Atacadão S.A. Sebastien Durchon Chief Financial Executive Officer and Investor Relations Officer Grupo Carrefour Brasil


O comunicado foi processado automaticamente. Acesse o conteúdo completo a partir do documento original
21/05/2019MAXRFIIFREDocumento original

BTG Pactual Praia de Botafogo, 501 - 5º Andar - Torre Corcovado - Botafogo - 22250-040 - Rio de Janeiro - RJ - Brasil – Tel. +55 21 3262 9600 www.btgpactual.com FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO – FII MAX RETAIL CNPJ/MF N.º 11.274.415/0001 70 Código CVM: 31000-3 FATO RELEVANTE A BTG PACTUAL SERVIÇOS FINANCEIROS S.A. DTVM, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 59.281.253/0001-23, (“Administradora”), na qualidade de administradora do FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO – FII MAX RETAIL, inscrito no CNPJ/MF sob o nº 11.274.415/0001 70, código CVM nº 31000-3 (“Fundo”), comunica aos cotistas e ao mercado em geral que o Fundo firmou os seguintes acordos com a LOJAS AMERICANAS S/A (“Locatária”): i. acordo referente à Ação Revisional de Aluguel, Processo nº 1121631-94.2014.8.26.0100, do imóvel sito em Brasília-DF, Asa Sul, SCS Quadra 04, Bloco A, Loja 110, no qual a Locatária pagará ao Fundo a quantia de R$ 308.673,80 (trezentos e oito mil, seiscentos e setenta e três reais e oitenta centavos) relativa às diferenças das atualizações dos alugueis dos anos de 2015 a 2018. O referido pagamento será feito em 24 (vinte e quatro) parcelas, iguais e sucessivas, no valor de R$ 12.861,41 (doze mil, oitocentos e sessenta e um reais e quarenta e um centavos) cada, com vencimento da primeira parcela em maio de 2019 e as demais nos meses subsequentes. ii. acordo referente à Ação Revisional de Aluguel, Processo nº 1121521-95.2014.8.26.0100, do imóvel sito em Nilópolis-RJ, Avenida Mirandela, nºs 290/294/298/304 e 308, no qual a Locatária pagará ao Fundo a quantia de R$ 842.484,43 (oitocentos e quarenta e dois mil, quatrocentos e oitenta e quatro reais e quarenta e três centavos) relativa às diferenças das atualizações dos alugueis dos anos de 2015 a 2018. O referido pagamento será feito em 24 (vinte e quatro) parcelas, iguais e sucessivas, no valor de R$ 35.103,52 (trinta e cinco mil, cento e três reais e cinquenta e dois centavos) cada, com vencimento da primeira parcela em maio de 2019 e as demais nos meses subsequentes. iii. acordo referente à Ação Revisional de Aluguel, Processo nº 1121506-29.2014.8.26.0100, do imóvel sito em Taguatinga-DF, na Quadra D, CSA 01, Lotes 02, 03, 04, 16 e 17, no qual a Locatária pagará ao Fundo a quantia R$ 845.250,45 (oitocentos e quarenta e cinco mil, BTG Pactual Praia de Botafogo, 501 - 5º Andar - Torre Corcovado - Botafogo - 22250-040 - Rio de Janeiro - RJ - Brasil – Tel. +55 21 3262 9600 www.btgpactual.com duzentos e cinquenta reais e quarenta e ci ...


O comunicado foi processado automaticamente. Acesse o conteúdo completo a partir do documento original
21/05/2019CPREAçãoFREDocumento original

CPFL Energias Renováveis S.A. Companhia Aberta CNPJ sob o nº 08.439.659/0001-50 e NIRE 35.300.335.813 FATO RELEVANTE A CPFL Energias Renováveis S.A. (CPRE3) (“CPFL Renováveis” ou “Companhia”), em atendimento ao disposto no art. 157, §4° da Lei das S.A. e na Instrução CVM n° 358/02, vem comunicar aos seus acionistas e ao mercado em geral que recebeu, nesta data, da sua acionista controladora indireta, CPFL Energia S.A. (“CPFL-E”), correspondência com o seguinte teor: “Ao Sr. Alessandro Gregori Filho, Diretor de Relações com Investidores da CPFL Energias Renováveis S.A. A CPFL Energia S.A. (“CPFL Energia”) comunica que celebrou, com sua controladora, State Grid Brazil Power Participações S.A. (“State Grid”), um Memorando de Entendimentos vinculante (“MOU”) tendo como objetivo estabelecer as bases que regularão as negociações para uma potencial operação envolvendo a aquisição, pela CPFL Energia, da totalidade da participação que a State Grid detém diretamente na CPFL Energia Renováveis S.A. (“CPFL-R”), companhia aberta controlada indiretamente pela CPFL Energia. A operação tem como objetivos, entre outros, a criação de potenciais sinergias entre a CPFL Energia e suas controladas, correspondendo a um primeiro passo de uma possível reestruturação mais ampla ainda a ser avaliada, permitindo, ademais, que a CPFL Energia passe a deter todas as ações de emissão da CPFL-R, com exceção das ações detidas pelos seus acionistas minoritários, mitigando assim a necessidade de que a CPFL Energia emita novas ações numa potencial consolidação futura envolvendo a CPFL-R, o que poderia comprometer o cumprimento da exigência do art. 10 do Regulamento do Novo Mercado mesmo após a realização da pretendida oferta pública, conforme divulgada por meio dos fatos relevantes datados de 2, 22 e 24 de abril de 2019 (“Oferta”). http://www.cpflrenovaveis.com.br/ri/ Os termos do MOU foram negociados de forma independente pelos representantes da CPFL Energia. Além das condições usuais neste tipo de operação, tais como a negociação e celebração de contratos definitivos, o MOU prevê condições para a efetivação da operação, dentre elas: (i) que a operação está sujeita à conclusão bem sucedida da Oferta, tendo em vista que a CPFL Energia pretende usar até a totalidade dos recursos líquidos obtidos com a tranche primária da Oferta para financiar a aquisição; (ii) que a operação está sujeita à aprovação pelos órgãos competentes de cada parte; (iii) que o valor a ser pago pela CPFL Energia pela ...


O comunicado foi processado automaticamente. Acesse o conteúdo completo a partir do documento original
21/05/2019TRPNAçãoAACDocumento original

AVISO AOS ACIONISTAS A Tarpon Investimentos S.A. (“Companhia”), sociedade anônima aberta com ações ordinárias negociadas no Novo Mercado da Brasil, Bolsa, Balcão (B3) sob o código TRPN3, vem pelo presente Aviso aos Acionistas comunicar o que segue: Os acionistas da Companhia aprovaram, por unanimidade, em assembleia geral extraordinária realizada em 6 de março de 2019, a redução do capital social da Companhia, mediante a restituição aos seus acionistas do montante de R$33.388.030,79, sem o cancelamento de ações (“Redução de Capital”). A eficácia da Redução de Capital ficou condicionada, entre outros eventos, à obtenção, no âmbito da Oferta Pública de Aquisição de ações da Companhia em curso, realizada por Mangue Participações Ltda. (“OPA”), da adesão mínima necessária para o cancelamento de registro de companhia aberta da Companhia (“Condição da OPA”). Tendo em vista que, em 6 de maio de 2019, encerrou-se o prazo legal para oposição de credores à Redução de Capital, sem que tenha havido qualquer manifestação contrária de credores neste período; e que a liquidação da OPA está prevista para ocorrer no dia 25 de junho de 2019 (“Data de Liquidação da OPA”), a Companhia informa que, caso implementada a Condição da OPA: (a) farão jus ao recebimento da restituição de capital os acionistas titulares de ações de emissão da Companhia com base na posição por eles detida ao final do pregão do dia útil imediatamente anterior ao dia 18 de junho de 2019, data prevista para o leilão da OPA (“Data do Leilão”); (b) as ações de emissão da Companhia passarão a ser negociadas ex-direito à restituição de capital a partir da Data do Leilão, inclusive; e (c) o pagamento a tais acionistas, à título de restituição de parte do valor de suas ações, será feito na Data de Liquidação da OPA, no montante bruto de R$0,743694 por ação, em moeda corrente nacional. A Companhia manterá oportunamente seus acionistas informados sobre procedimentos e demais detalhes acerca da Redução de Capital. Outros esclarecimentos poderão ser obtidos no telefone (11) 3074-5800 ou por e-mail [email protected] São Paulo, 19 de maio de 2019. MARCELO GUIMARÃES LOPO LIMA Diretor de Relações com Investidores mailto:[email protected] TO SHAREHOLDERS TARPON INVESTIMENTOS SA (“Company”), a publicly-listed company with common shares traded on Brazil, Bolsa, Balcão’s (B3) Novo Mercado under the ticker code TRPN3, hereby announces as follows: The shareholders of the Company have unanimously approved, during the ...


O comunicado foi processado automaticamente. Acesse o conteúdo completo a partir do documento original
21/05/2019EALTAçãoAGODocumento original

ELECTRO AÇO ALTONA S.A. SOCIEDADE DE CAPITAL ABERTO CNPJ 82.643.537/0001-34 NIRE 42300011304 BLUMENAU - SC ATA DA ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA REALIZADA NO DIA 30 DE ABRIL DE 2019 1. DATA, HORA E LOCAL: 30 de abril de 2019, às 14:00 horas, na sede social da companhia, Rua Eng.º Paul Werner, 925, Blumenau – SC.2. PRESENÇAS: Acionistas representando 88,68% (oitenta e oito vírgula sessenta e oito por cento) das ações com direito a voto, e acionistas representando 41,79% (quarenta e um vírgula setenta e nove por cento) sem direito a voto, considerando a ausência de votos à distância conforme mapas de votação divulgados pela Companhia no dia 24 de abril de 2019, que subscrevem esta ata e constam registrados no Livro de Presença N.º 3, folha 43 e 43v, havendo, portanto, quórum para instalação desta Assembleia Geral Ordinária para deliberação das matérias constantes da ordem do dia. Registre-se ainda a presença do representante dos Auditores Independentes da Berkan Auditores Independentes S.S., Sr. Fernando Machado dos Santos, CRC – 0335520/O9.3. PUBLICAÇÕES: Os documentos a que se refere o artigo 133 da Lei 6.404/76 foram publicados no Jornal de Santa Catarina, no dia 29 de março de 2019, p. 12, e no Diário Oficial do Estado de Santa Catarina no dia 29 de março de 2019, p. 116 a 126, e ficaram a disposição dos acionistas na sede social e no site da Companhia, a partir da data das publicações até a presente data. O edital de convocação foi publicado no Diário Oficial do Estado de Santa Catarina nos dias 29 de março de 2019, 01 e 02 de abril de 2019, nas páginas 80, 32 e 25, respectivamente, e no Jornal de Santa Catarina, nos dias 29, 30 e 31 de março de 2019, e 01 de abril de 2019, nas páginas 11, 14 e 13, respectivamente, O relatório anual dos Administradores e as Demonstrações Financeiras foram arquivadas na CVM e BOVESPA com protocolo n.º 005380DFP311220180100081737-74, no dia 29/03/2019. Na mesma data, 29/03/2019, foi publicada na CVM e BM&F Bovespa a Proposta da Administração para Assembleia, protocolo nº 005380IPE300420190104355304-93. Avisos aos acionistas: conforme Art. 133 parágrafo 5.º da Lei 6.404/76, fica dispensada a publicação do anúncio a que se refere este artigo, por ter sido publicado um mês antes da Assembleia. 4. MESA: Sr. Cacídio Girardi, Presidente, e Sra. Simone Buechler de Gennaro.5. VOTO A DISTÂNCIA: O Presidente da mesa esclarece que, nos termos da Instrução CVM nº 481/09 e alterações posteriores, adotou o sistema de votação a distânci ...


O comunicado foi processado automaticamente. Acesse o conteúdo completo a partir do documento original